• Google Android Tablet

    Após a Apple ter lançado seu tablet iPad, e a HP ter anunciado o lançamento do HP Slate, seu produto concorrente, agora parece ser a vez do Google. pelo menos é o que dizem os rumores. Todos sabemos que esses rumores começaram um dia após o anúncio do iPad feito pela Apple em janeiro deste ano de 2010, onde o Google apresentou imagens e simulações do que seria seu tablet. Mas agora a coisa é séria e foi confirmado por Eric Schmidt, CEO do Google.

    De acordo com os rumores, o Google já está praticamente pronto para começar a comercializar seu próprio tablet. O gadget terá a forma de uma lousa (slate em inglês) e terá o poderio de um computador. O mesmo estará rodando o Android como sistema operacional (alguém esperava algo diferente?). E para completar uma fonte anônima disse que o Google já está trabalhando junto com várias editoras para embarcar no dispositivo livros e revistas digitais.


    E isso significa problemas para a Apple. Afinal, a própria HP já anunciou que seu tablet vem com muito mais funcionalidades que o iPad. E com o tablet do Google não vai ser diferente. Com certeza, o ataque de ambas as companhias será certeiro. Infelizmente, muitas das especificações desse produto ainda estão guardadas as sete chaves dentro da companhia. A mídia ainda não sabe qual hardware, ou aplicativos, que estarão disponíveis, ou mesmo qual fabricante irá produzi-lo.

    Mas parece que Schmidt já andou apresentando o pequeno possante para algumas pessoas em uma recente festa em Los Angeles. Inclusive, pessoas ligadas diretamente ao projeto que não quiseram se identificar, disseram que o produto está sendo testado às escondidas junto a editoras, para explorar a comercialização de livros e revistas digitais, além de outros conteúdos que possam vir embarcados no tablet, de interesse comercial.

    Claro que essas fontes podem estar aplicando a velha estratégia de marketing, de vazamento controlado de informações, ou podem ser somente alguns indivíduos corajosos, sem medo de perder o emprego, divulgando informação sigilosa sem autorização.

    Sabendo o princípio do sistema operacional Android, é possível até mesmo extrapolar o que poderia vir embarcado, de aplicativos e funcionalidades em geral. Em primeiro lugar, esse poderá ser um dispositivo bastante aberto para a sua Comunidade em todo o mundo, visto a mesma logística aplicada pela empresa para seus smartphones rodando o Android. Isso permitirá uma miríade de customizações no dispositivo.

    Tudo isso vai de encontro ao que a Apple acredita, e o que tem feito ao longo dos anos. E no iPad ela conseguiu nos mostrar o futuro que almeja: o uso altamente controlado dos usuários em seu dispositivo. Nesse quesito o Google ganhará em disparada na aceitação do público, de desenvolvedores a usuários. No tablet do Google, até seus usuários terão a liberdade de configurar a interface do jeito que mais gostam, além de alterar componentes ao seu bel prazer.

    O mesmo princípio se aplica aos aplicativos que vierem embarcados no dispositivo. Comparado com a Apple e seu jeito "coleira-com-enforcador" de ser, o mercado de apps do Google Android permite que qualquer um submeta seus programas sem nenhum impedimento. Os dispositivos atuais que utilizam o Android (com exceção dos da AT&T) também permitem que o usuário efetue o download de apps de fontes não-oficiais. Aposto que esse comportamento será uma brilhante estratégia de marketing e de usabilidade para que o Google entre de sola nesse mercado de Tablet.


    Links de Interesse:

    - The Google Android Tablet: Coming Soon?
    - NYT: Google Android Tablet Imminent
    - Report: Google Working on Android-Based Tablet

    Sobre o Autor: code

    Administrador e Editor do Portal Under-Linux, desenvolvedor Linux e FOSS para Linux, autor de livros e artigos, atuando na área de Educação Digital e P&D com AI.

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L