• A Segurança Cibernética na América Latina

    A Trend Micro, trabalhando com a Organização dos Estados Americanos, lançou um estudo descrevendo o estado atual da segurança cibernética na América Latina. O trabalho conjunto é intitulado "Tendências de Segurança Cibernética do Caribe e as Respostas dos Governos da América Latina". A região apresenta um cenário de ameaças que difere de outras partes do mundo, com diferenças importantes nas ameaças vistas. Isso inclui o cibercrime em foruns subterrâneo, bem como a capacidade dos governos para responder a essas ameaças.


    Além disso, a prevalência continuada de ameaças antigas como arquivo infectados, é um indicador da falta de consciência da população no uso seguro do computador e uso da Internet. Como parte do estudo, foram entrevistados representantes de vários governos-membros da OEA. As respostas revelaram que os cidadãos permanecem indiferentes e sem saber dos perigos do cibercrime e das práticas nefastas de hacking.

    Os usuários de Internet na América Latina nem sempre mantem suas soluções anti-malware up-to-date, e dão pouca atenção às questões de segurança. Isto pode ser bastante problemático, a longo prazo, considerando-se que o uso da Internet está aumentando a uma das maiores taxas do mundo. Como está acontecendo agora, o uso inseguro da Internet está alimentando os altos níveis de criminalidade cibernética da América Latina; o cenário de ameaças da região está repleto de grupos organizados, liderados por uma mistura de motivos políticos e financeiros. O que o faz se destacar são as novas técnicas empregadas e as ações de malware, que estão proliferando de forma cada vez mais ousada.


    Saiba Mais:

    [1] TrendLabs http://blog.trendmicro.com/trendlabs...latin-america/

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L