• Israel Impede Entrada de iPad por Causa de Wi-Fi

    Nem tente levar um iPad para utilizar em Israel, pois o governo israelense bloqueou a entrada do tablet da Apple em todo o seu território. E a ordem da alfândega é confiscar todos os dispositivos que tentarem entrar no país. Inclusive, as autoridades afirmam que já apreenderam 10 unidades do iPad ainda nos aeroportos, e os turistas somente poderão recuperá-los no momento em que deixarem o território. O motivo? O Ministro das Comunicações de Israel culpa o Wi-Fi do iPad, ao qual ele acredita ser um "padrão americano" de baixa potência, diferentemente do padrão europeu para o Wi-Fi.

    E a eletrônica de Israel se baseia nos padrões europeus. Há relatos de que o ministério das comunicações de Israel já esteja trabalhando com a Apple e sua distribuidora local, a iDigital, para poderem aprovar a importação de iPads no país. O problema é que essa autorização poderá demorar muito.

    E quando o iPad começar a ser vendido para outros países (incluindo os em território europeu) eles acham que vão ocorrer alterações no hardware para atender o mercado local? Ou os Europeus já aceitam os padrões de comunicação e hardware dos produtos da Apple em todo o seu território (o que parece ser mais óbvio)? No caso afirmativo para a segunda opção, como ficaria então a importação deste produto para Israel, se o mesmo iPad já seria aprovado em toda a Europa?

    E mesmo que os produtos sejam diferentes em "padrões", será que a alfândega israelense se mobilizará para tentar distinguir se os iPads que estarão entrando em seu território seriam europeus ou americanos? Ou isso será mais uma grande confusão "sem solução"?

    O mais interessante em toda essa história é que não há nenhuma informação detalhada sobre a proibição. O própŕio artigo no jornal Haaretz, que primeiro alertou sobre o problema, informa que o diretor de comunicação do Ministério, Eden Bar tal, informou que não havia detalhes suficientes vindos ad Apple para alertar os viajantes à tempo. Ele também afirmou que a iDigital não tem "nenhuma informação", e o próprio ministério estava lutando para ter as devidas especificações.

    Será que o problema não é puramente estratégico? O governo israelense pode não saber nada sobre o padrão utilizado no iPad, e talvez precise das especificações para monitoramento. Bar Tal também informou que esse produto também é "novo nos Estados Unidos, e eu imagino que, apesar do atraso da Apple (no comércio internacional do iPad), em breve haverá um iPad que atenda as especificações européias".

    Bar Tal também reservou algumas palavras duras para as pessoas que pensavam poder trazer qualquer tecnologia para seu país, o que reforça a idéia de "controle" por parte do governo. Ele afirma que "as pessoas que compraram o dispositivo nos Estados Unidos não podem forçar as suas necessidades em outras pessoas".

    Para se ter uma idéia, o iPhone somente chegou de forma oficial a Israel em dezembro de 2009. Mas de dois anos após o lançamento de sua primeira versão nos Estados Unidos. Um importador do produto informou na época ao Haaretz que o Ministério das Comunicações também reclamou quanto a falta de compatibilidade com os padrões europeus.


    Notícias relacionadas:

    - Comércio Paralelo do iPad
    - iPad Atrasado no Mercado Global
    - Google Android Tablet
    - Novos MacBook Pro à Venda


    Links de Interesse:

    - Israel Cites Wi-Fi Issue in iPad Ban
    - Israel Bans iPad Imports Over Wi-Fi Issue


    Sobre o Autor: saryshagan


    Comentários 4 Comentários
    1. Avatar de kleberbrasil
      kleberbrasil -
      ridículo isso, impedir o uso de tecnologia com alegações evasivas é um verdadeiro retrocesso.
    1. Avatar de kleberbrasil
      kleberbrasil -
      ridículo isso, impedir o uso de tecnologia com alegações evasivas é um verdadeiro retrocesso.
    1. Avatar de alamdias
      alamdias -
      e o pior, é que esses caras, são os TOP´s em fabricação de rádios wireless, inclusive esses jumentos de microondas etc..

      tenso e sem sentido.

      abraços
    1. Avatar de lemke
      lemke -
      Só falta eles alegarem que isso é culpa do "judaísmo ortodoxo".

      Totalmente incoerente isso.
    + Enviar Comentário

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L