• Reino Unido não mais Oferece Preferência ao Código Aberto

    O governo do Reino Unido eliminou sua preferência por código aberto no seu documento "Government Service Design Manual", publicado em Março deste ano de 2013. As alterações foram feitas silenciosamente no manual, removendo uma declaração dizendo que o código aberto era uma escolha preferencial de sistemas operacionais, software de rede, servidores web, bancos de dados e linguagens de programação, substituindo tudo isso por uma nova seção: "Level playing field".


    Nesta seção lê-se:

    "Com o crescimento do software livre/de código aberto, muitos produtos de alta qualidade (banco de dados, sistemas operacionais, linguagens de programação, ferramentas de desenvolvimento, etc) estão livremente disponíveis para o governo a seus fornecedores para uso e melhoria. Porém, um grande mercado ainda existe para produtos de software comercial, e a disponibilidade do software de código aberto não significa automaticamente que você não pode escolher uma tecnologia proprietária se a mesma se encaixa em suas necessidades".
    Liam Maxwell, CTO do governo, contou a Computer Weekly que a mudança foi feita para refletir uma revisão das prioridades que move a criação de mercados competitivos à tona. A única concessão ao código aberto dada no documento está no parágrafo que se segue, onde se diz que haverá uma preferência para o código aberto quando um software com funcionalidade idêntica esteja sendo comparado. Esse é um mero eco da política do passado que foi facilmente usada por fornecedores de software proprietário introduzindo diferenciações cosméticas.

    A mudança fez com que seja muito menos provável que o uso extensivo do código aberto já em andamento no site web Gov.uk refletirá em outros projetos de TI do governo, onde existe menor uso de código aberto e onde tem sido descrito como uma "oligarquia" de grandes fornecedores proprietários de TI que dominam esses setores. Se as diretrizes do governo com relação ao código aberto sobreviverem ao lobyy dessas "oligarquias", ainda precisa ser analisado.

    Saiba Mais:

    - Heise Online: Open source preference blunted in UK Government guide (em Inglês)

    Sobre o Autor: code

    Administrador e Editor do Portal Under-Linux, desenvolvedor Linux e FOSS para Linux, autor de livros e artigos, atuando na área de Educação Digital e P&D com AI.

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L