• Finalizado Microsoft Office 2010

    Para os que não agüentavam mais esperar, uma boa notícia: a Microsoft acaba de anunciar que finalizou o Microsoft Office 2010, a mais nova versão de seu conjunto de aplicativos para escritório que ainda domina a maioria dos desktops no mundo. Com isso, nesta sexta-feira, a empresa de Redmond anunciou o término dos trabalhos de desenvolvimento da próxima versão de toda a sua família Office, que inclui o Office 2010, o SharePoint 2010, o Visio 2010 e o aclamado Project 2010.

    Os produtos estão "liberados para fabricação", que é a etapa final da engenharia da companhia, e os consumidores poderão ter o deleite de encontrar os mesmos nas prateleiras das principais lojas dos Estados Unidos à partir de junho de 2010. O seu lançamento oficial será no dia 12 de maio deste ano, em plena Nova York, e a Microsoft já está recebendo pedidos de reservas (pre-order) para o Office em sua loja online. A empresa também ressaltou que para aqueles que compraram o Office 2007, que os mesmos terão direito a uma atualização gratuita para o 2010.

    De acordo com o Vice-Presidente Takeshi Numoto, o "RTM é o marco final da engenharia de um lançamento de produto, em que nossa equipe de engenharia colocou sua alma e coração para atingir esse marco". Numoto havia postado essas informações em seu Blog, e acrescentou que "É também um momento oportuno para ressaltar nossa sincera gratidão as mais de 5.000 organizações e parceiros que trabalharam conosco nesta rápida implantação e testes dos produtos".

    A Microsoft também já está planejando junto aos fabricantes de PC, para os mesmos embarcarem uma versão reduzida dessa nova versão do Office Starter, para que os usuários possam experimentar o novo Office gratuitamente em seus novos computadores.

    Esta versão do Office promete grandes mudanças. E a principal delas será a versão Web de seu conjunto de aplicativos de escritório, com suas aplicações distintas podendo ser acessadas pela Internet, como o Word, Excel, Power Point e OneNote. O sistema Web terá dois focos: o empresarial e o doméstico. No empresarial, as companhias serão capazes de utilizar o office via Web através do Office Web Apps via servidor SharePoint. Jpa os usuários domésticos, ou melhor, seus consumidores, poderão ter acesso gratuito aos aplicativos do Office via Web através do Windows Live.

    E já não era sem tempo. Afinal, o Google não somente já disponibiliza seu Google Docs há anos e de forma gratuita na Web, como já realizou fantásticas implementações como a capacidade de edição simultânea de documentos via Web, com direito a chat em tempo real para comunicação entre os usuários.

    E todos os aplicativos Web do Google são compatíveis com formatos de arquivos da Microsoft. E se Redmond quiser realmente seu lugar na Web com seus aplicativos de escritório, terá de mostrar muito mais do que o Google Docs já é capaz de fazer.

    Já para a versão Desktop, a Microsoft desenvolveu sua primeira versão 64-bit do Office, assim como outras mudanças, como a edição de video via Power Point, edição de fotos via Word, além de uma função "paste preview" melhorada. A versão Beta do Office 2010 foi liberada para testes a algum tempo atrás, e a Microsoft estima que existam mais de 7,5 milhões de pessoas utilizando essa versão.

    A Microsoft ainda continua tendo como foco principal, o modelo de negócios de software fechado. E mesmo com o mundo inteiro aderindo em diversos graus o open-source, e a crescente adesão de uso de softwares livres e de Código Aberto por pessoas físicas e jurídicas, a Microsoft ainda lidera no mercado de programas para escritório com o seu Office, não a toa denominado como seu "carro-chefe" entre seus produtos comercializados.


    Links de interesse:

    - Microsoft finalizes Office 2010
    - Office 2010, SharePoint 2010 go RTM
    - Office 2010 clears last hurdle to release


    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L