• Redes de Ensino Superior com 300% de Probabilidade de Conter Malware

    Um grupo de pesquisadores de OpenDNS descobriu que as redes de ensino superior tem 300% mais probabilidade de conter malware do que os seus homólogos da empresa e do governo. O estudo também revelou que a praga EXPIRO, tem como alvo o setor do ensino superior com mais freqüência do que qualquer outra família de malware existente. Os resultados foram reunidos a partir da rede OpenDNS, que se estende por mais de 50 milhões de usuários em 160 países.


    Usando análise de Big Data, teoria dos grafos e aprendizado de máquina, OpenDNS tem desenvolvido capacidades de segurança preditivas, que permitem que Umbrella por serviço OpenDNS poderá, automaticamente, detectar e bloquear mais de 80 milhões de pedidos de ameaças por dia. "Nossa pesquisa mostra que, enquanto instituições de ensino superior enfrentam os mesmos ataques cibernéticos como empresas e agências do governo, eles tendem a ser comprometidos por um malware e botnets a uma taxa muito maior", disse Dan Hubbard, diretor de tecnologia da OpenDNS e chefe da Umbrella Security Labs.

    "É evidente que as faculdades e universidades devem operar redes mais abertas e apoiar um número infinito de dispositivos de acesso que os coloca em maior risco; no entanto, através da implementação de algumas das melhores práticas fundamentais de segurança, é possível reduzir significativamente e conter a atual taxa de infecções."


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=15802

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L