• Start-up Israelense Utiliza Matemática para Detecção de Ameaças Cibernéticas

    Devido as empresas enfrentarem uma ameaça crescente de ataques cibernéticos, a start-up israelense ThetaRay resolveu apostar no potencial da Matemática, com o intuito de proporcionar a detecção precoce de todo e qualquer tipo de ameaça, permitindo o desligamento de sistemas antes que o dano possa ser causado. Nesse contexto, o primeiro investidor da empresa foi Jerusalem Venture Partners. Agora, existe também um suporte de alto potencial, que conta com renomadas companhias como a General Electric, que utiliza ThetaRay para proteger infra-estruturas críticas, como usinas de energia e o maior banco de Israel, Hapoalim, que implantou a tecnologia para detectar anomalias em contas bancárias.


    Ambas as empresas participaram de uma rodada de financiamento, há dois meses em que ThetaRay levantou a quantia de US $ 10 milhões. O nível de valorização do ThetaRay não foi divulgado. Além de tudo isso, provedores de segurança cibernéticos não está protegendo gateways com defesas adequadas como firewalls para se concentrar na detecção e prevenção de ataques, antes mesmos que eles penetrem nos ambientes organizacionais. Ressaltando que a ThetaRay foi fundada por dois professores, Roland Coifman de Yale e Amir Averbuch da Universidade de Tel Aviv, que dedicaram quase uma década de pesquisa para desenvolver algoritmos que analisam grandes quantidades de dados, e podem detectar uma anomalia, de forma imediata.


    Saiba Mais:

    [1] YNet News - Business, Finance and Technology http://www.ynetnews.com/articles/0,7...582745,00.html

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L