Ver Feed RSS

acris

porque o livro didático/científico não está online?

Avaliação: 3 votos, 5,00 média.
Hoje em dia muitas revistas científicas ou são totalmente online ou têm, além da versão impressa, uma versão online, disponível para todos.
Estou escrevendo um manual, um livro didático sobre uma teoria. O motivo pelo qual concordei em escrever este livre, junto com o outro autor, era ter um material didático acessível para minhas aulas. Se eu fosse americana, provavelmente consideraria acessível qualquer material comprável... mas não sou americana e não concordo com isso.
Ok, xerocar o livro não resolve, ainda tem um preço e, acima de tudo, é pirataria, pois a licença dos livros impressos, justamente em virtude de seu alto custo de produção, não permite que sejam copiados.
Se as universidades seguissem à risca essa premissa, ou seríamos todos presos, ou não poderíamos mais dar aulas, já que os alunos não teriam acesso às leituras obrigatórias.
Já conheci de perto um aluno de medicina que foi ameaçado de ter que desistir do curso porque não podia pagar o livro obrigatório de uma determinada disciplina. O livro, hoje, custaria uns 300 ou 400 reais e o professor somente aceitava a última ediçao (reciclagem? que nada...).
O conhecimento que estes livros contém, de fato são valiosos, mas será que este valor deve ser medido em cruzeiros ou dólares?
Eu quero lançar um livro para poder partilhar conhecimento... isso deveria ter um custo?
Bom, digamos que seja impossível fazer esse livro sem ter uma editora por trás. Será que não seria possível fazer uma edição online a baixo custo? Pense bem, na nossa área fazer mais de mil exemplares é quase uma loucura, raríssimos livros justificam isso... Mil exemplares significa alto custo por exemplar. Se eu fizer 500, o valor aumenta um pouco. Mas e se eu fizer 500 e também vender uma edição online, ou em CD, não cnsegiria um custo muito menor pela cópia vendida?
Ah, falamos em outro artigo sobre o problema das cópias vendidas sem direito de replicação.... Qual o interesse em fazer isso se todo mundo copia? Qual o interesse em proibir o xerox se todo mundo xeroca?
Eu quero que meu livro esteja disponível digitalmente, quero que seja licença creeative commons. Eu vou discutir isso com minha editora. Mas devo admitir um detalhe - falha minha! - o livro enconmendado pela editora faz parte de uma colecao em papel, de licença restrita... será que haverá da editora brasileira espaço para esse tipo de negociação? Eu espero que sim.
A meu ver, está na hora de mudar esse panorama, achar um novo espaço editorial, que não precisa acabar com os livros em papel - há sempre quem gosta deles - mas que não impede outros leitores de terem acesso a seu conteúdo, o qual, apesar do mito do direito autoral, não seria realizável sem um conhecimento coletivo enorme que passa de geração em geração de cientistas e professores.

PS: Obrigada ao Duca pela idéia de disponibilizar trabalhos científicos aqui na Underlinux. Excelente

Atualizado 04-04-2008 em 12:05 por acris

Categorias
Não Categorizado

Comentários

  1. Avatar de Não Registrado
    Olá,

    Sobre o que será o livro?

    Você já viu algo com a Conrad Editora ( [url]http://www.conradeditora.com.br/[/url] )?
    Comprei um livro copyleft deles (Inclusão Digital e Software Livre - Org. do Sérgio Amadeu)

    Segundo notícia do própio Sérgio Amadeu a Editora Perseu Abramo liberou 43 livros...
    [url]http://samadeu.blogspot.com/2007/10/editora-perseu-abramo-libera-43-livros.html[/url]

    Att.,

    Rodrigo - [email]nurmberg@gmail.com[/email]
    Engenharia de Computação - UEPG
  2. Avatar de Não Registrado
    Esqueci deste link
    [url]http://aurelio.wordpress.com/2006/05/15/e-book-ou-livro-impresso-como-publicar-sua-obra/[/url]
  3. Avatar de acris
    Obrigada pelas dicas, Rodrigo. Essa batalha ainda vai longe, pois o contrato já havia sido feito antes do livro existir (aliás, um livro de semiótica). Mas com certeza vou pensar duas vezes antes de haver uma próxima vez.
  4. Avatar de woodson
    Existem novas tecnologias que irão substituir, em parte, as publicações em papel. O Papyrus é uma delas, em que podemos ler num monitor flexível e sem luz própria os livros armazenados em sua memória. Enfim, são livros armazenados na forma de um papiro, só que de cristal líquido e que precisa de luz incidente, como no livro de papel, para ser lido.
    Essa tecnologia resolve, a meu ver, dois problemas terríveis, o do desmatamento ou do uso da terra para plantação de árvores para a produção da celulose e o da portabilidade e leitura confortável que a publicação em papel possui. Assim, podemos carregar os livros que comprarmos a um custo menor e ON-LINE .
    Quanto a disponibilidade dos livros no formato digital, acho que qualquer esforço deve ser recompensado e a propriedade intelectual deve ser, de alguma forma, incentivada!
  5. Avatar de acris
    Uau, woodson, que bárbara essa tecnologia. Você sabe o link para que todos possam conhecê-la melhor?
    acris
  6. Avatar de woodson
    Agora você me apertou sem me abraçar. Eu ouvi falar sobre essa tecnologia. Como meu irmão Afonso tem uma oficina aqui em casa e trabalha com computadores, não pus em dúvida quando ouvi falar, mas não li nada sobre isso. Vou perguntar onde ele teve essa informação e te passo.:star:
    Só encontrei isso, que não parece ser a tecnologia de que falei:
    [url]http://www.ebookreader.com.br/loja/[/url]
    e essa notícia que ao que me parece mostrar o fracasso desse aparelho já em 2005 devido a sua fragilidade:
    [url]http://www.businessweek.com/technology/content/dec2005/tc20051229_155542.htm[/url]
  7. Avatar de woodson
    [url]http://gizmodo.com/gadgets/amazon-kindle-live/amazon-kindle-e+book-reader-launch-live-324292.php[/url]
  8. Avatar de heldergeovane
    Não sei se conhecem, mas existe um espaço para livros didáticos livres (ou tutoriais, apostilas e coisas do gênero), mantido pela Wikimedia Foundation: o Wikilivros. Trata-se de uma wiki, assim como a Wikipédia e o Wikisource, então todos podemos contribuir (eu faço isso na área de matemática!). Todo o material é disponibilizado sob a GFDL, então fazer cópias ou melhorias aos trabalhos de lá é permitido, e incentivado!!! Se quiserem experimentar, o endereço é: [url=http://pt.wikibooks.org/]Página principal - Wikibooks[/url]
    Atualizado 17-12-2008 em 11:27 por heldergeovane (acentuação)
  9. Avatar de heldergeovane
    Aliás, recentemente teve início uma parceria com a PediaPress, para que os trabalhos possam ser impressos. Vejam no site da editora ([url=http://pediapress.com/]PediaPress – Home[/url]) e também na descrição do recurso no próprio Wikilivros ([url=http://pt.wikibooks.org/wiki/Ajuda:Colec%C3%A7%C3%B5es]Ajuda:Colecções - Wikibooks[/url])
  10. Avatar de kakinho
    Otima a ideia do wikilivro

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L