Ver Feed RSS

ThyagoComputer

Teles têm o pior atendimento, diz Procon

Avalie este Post de Blog
Teles têm o pior atendimento, diz Procon
Um estudo organizado pelo Ministério da Justiça com base em dados coletados pelos Procons de cada estado mostra que as empresas de telefonia oferecem o pior serviço de atendimento ao consumidor.

A análise, exibida nesta terça-feira (28), na sede do Ministério da Justiça em Brasília leva em conta reclamações feitas por consumidores desde dezembro de 2008, quando entrou em vigor a nova lei de call centers, até maio deste ano. Segundo o relatório, as teles sozinhas respondem por 57% das queixas.



A lei de call centers impôs regras como o atendimento telefônico ao consumidor em até um minuto, o funcionamento de serviços SAC 24 horas por dia para serviços regulados, a opção de cancelar um serviço rapidamente e a oferta de atendimento humano logo nas primeiras opções do menu de eletrônico.

Entre as empresas que oferecem serviços de telefonia fixa, a Oi concentrou 60% das reclamações. Este cálculo levou em conta as queixas contra a própria Oi e contra a Brasil Telecom, incorporada pela Oi este ano. Já entre as companhias de telefonia móvel, a líder em reclamações foi a Claro (31%), seguida pela TIM (20%).

Um dos argumentos apresentados pelas teles para o elevado número de reclamações é o fato de elas atenderem um grande número de clientes. Enquanto o número de brasileiros com conta em banco ou com TV a cabo fica na casa das dezenas de milhões, só as empresas de telefonia móvel contabilizam 157 milhões de linhas ativas no Brasil.

O chefe do Departamento de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, Ricardo Morishita, rebateu o argumento e afirmou que as teles "formam um setor que tem cinco vezes mais demanda, mas consegue ser cinco vezes pior”.

Presente no evento, o ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou que as autuações repetidas mostram que, para muitas empresas, ainda é mais fácil e barato pagar a multa do que adequar-se à legislação.

Desde dezembro de 2008, a Oi soma 37 autuações no valor de R$ 2,5 milhões e a Claro, 29 autuações no valor de R$ 1,112 milhão de órgãos de proteção ao consumidor, aponta o relatório do ministério.

Entre as queixas mais comuns estão a falta de opção no menu inicial para cancelar a assinatura, a espera pelo atendimento superior a um minuto e funcionários que desligam o telefone antes de concluir o atendimento.

A Secretaria de Defesa do Consumidor disse que apertará a fiscalização sobre as teles e pediu que os consumidores não desistam de reclamar a organismos como o Procon e agências reguladoras.

Segundo a Secretaria, as queixas prestadas pelos clientes são o principal elemento do órgão para monitorar a qualidade destes serviços, que são concessões públicas.

Fonte: INFO Online
Categorias
Não Categorizado

Comentários

  1. Avatar de beirsdorf
    EU ACHO EH POUCO, a oi é pior em atendimento e qualidade de sinal. eles fazem muita propaganda enganosa. bem feito pra eles.
  2. Avatar de scraipt
    manda fecha a "M*#$(*&" da Claro.

    ainda mais agora que mudou para a nova central NGN .. ta uma merda..defeito de placa e tudo mais, até ouvir a ligação dos outros aqui na região 016 ta acontecendo..


    tsc tsc tsc..
  3. Avatar de Sukkubus
    Por todos os lados... só é reclamação deste tipo de serviço. Nem o Procon faz mais nada... Olha agora a Telefônica... se explicando em propaganda, colocando ações de PDCA em site para quem quiser acompanhar... Não tem para onde correr, é tudo uma droga só.

+ Enviar Comentário





Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L