Ver Feed RSS

Tecnologia de Redes, Mobilidade e Inovação

Compatibilidade de Aplicações com IPv6

Avalie este Post de Blog
A quantidade de endereços tradicionais (o IPv4) disponíveis está diminuindo rapidamente. Essa história vem sendo contada a algum tempo mas parece que agora é sério.

O DHCP, CIRD e NAT ajudaram a dar um tempo de sobrevida ao IPv4, mas não fez milagres. Não quero dizer que todo mundo vai ter mudar para IPv6 amanhã. Mas creio que mais 1 ou 2 anos ele será parte da vida de todo mundo que lida com redes.

Já existe bastante gente se interessando em aprender como funciona o IPv6 e testar. O mais interessante é que isso, ao meu ver, não é o mais importante. O IPv6 nasceu para ser plug&play.

Eu sei, vai ter um monte de comentários dizendo que nunca é plug&play, que sempre surge alguma dificuldade, etc. Sim, pode surgir um ou outro problema, mas IPv6 nasceu para ser muito mais simples que IPv4 e todas implementações que eu tenho visto foram muito simples.

No entanto a maior preocupação deveria ser com os aplicativos. Por exemplo: você vai montar um servidor de FTP, qual aplicação usar? Se você estiver montando um servidor para durar 6 meses, não faz diferença se essa aplicação suporta IPv6, mas se esse servidor tiver que prestar serviço por alguns anos, então ai seria boa idéia já usar um que suporte IPv6, para não ter que mudar tudo de novo depois.

Não estou falando de ativar o IPv6 já, apenas de prestar atenção e selecionar uma aplicação já que já suporte IPv6, assim quando for necessário, bastará ativar o IPv6 e pronto.

Para quem se interessa, o portal Deep Space 6 tem uma listagem muito boa:

Current Status of IPv6 Support for Networking Applications

Na verdade, o portal Deep Space 6 - The Linux IPv6 Portal como um todo é muito bom para quem se interessa pelo assunto IPv6 em Linux.
Categorias
Não Categorizado

Comentários


+ Enviar Comentário




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L