Ver Feed RSS

blog.dennyroger.com.br

“Palestras em inglês ou português?” e a caminho para a França

Avalie este Post de Blog
Recentemente recebi dezenas de apresentações, em formato PDF, das palestras ministradas em um dos maiores eventos de segurança da informação da América Latina. Alguns conteúdos são interessantes, incluindo o material da minha palestra, estou brincando , mas outros conteúdos não estão a altura do evento.

Uma das coisas que eu não concordo é a pessoa elaborar uma apresentação metade em português e a outra metade em inglês. Isso é péssimo ! Aproveitando o gancho do assunto, em um outro evento, aquele do tipo “panelinha” – só participam quem for convidado ou só os amigos - , alguns palestrantes, brasileiros, apresentavam o tema em português, porém, todo o conteúdo estava em inglês. E olha que estamos no Brasil!

Na minha opinião isso não é culpa dos palestrantes. A culpa é da organização dos eventos que não possui diretrizes sobre o assunto. O evento sendo no Brasil e o palestrante sendo brasileiro, o conteúdo deve ser TODO em português. Isso facilita a vida de quem não fala ou entende bem o idioma inglês.

Falando nisso é engraçado quando alguém me pergunta: “Voce fala inglês fluente?”. Eu sempre respondo que não. Nasci no Brasil, apesar do nome “Denny Roger” sou brasileiro. , e falo português. Por exemplo, como você fala “saliva” em inglês? Por ai você vai vendo que quem nasce aqui não fala inglês fluente. Conseguimos desenvolver o nosso ponto de vista em outro idioma, porém, fluente…. acho um pouco difícil. Mas ai já estamos falando de conceitos e estou parecendo um Geek tratando dessa forma o assunto. Então, vamos mudar de assunto e voltar ao conteúdo das palestras sobre segurança da informação.

Um ponto que gosto muito são os palestrantes estarem falando sobre segurança na aplicação. Isso é um tema que o Ricardo Kiyoshi e eu estamos apresentando, na prática, desde 2002. Agora o pessoal acordou para o assunto, acho que começou a doer o bolso. Ou seja, estão invadindo cada vez mais e mais pela aplicação (porta 80 – HTTP). Mas ainda falta aquele lance de transformar um assunto “intangível” de forma “tangível”. Ou melhor, demonstrar ao vivo e a cores como são realizadas as invasões nas aplicações WEB. Tem muita gente falando de conceito sem nunca ter realizado um teste de invasão na camada de aplicação. O esquema é apresentar ao vivo como isso tudo funciona. Dessa forma, o pessoal que está assistindo a palestra consegue entender melhor o assunto.

Ainda esta semana embarco para a França. Como será que anda a segurança da informação por lá? Este mês (outubro /2009) serão realizados diversos eventos de segurança na França. Será que os gringos estão “por dentro” do que rola sobre fraudes? Dúvido!!!! O Brasil é campeão em desenvolver técnicas de fraudes financeiras. Dessa forma, conseguimos exportar o nosso conhecimento para o mundo todo. Não estou falando de aplicar fraude e sim das técnicas de forense, proteção e resposta ao incidente.

Em breve, no blog, cenas dos próximos capítulos sobre a segurança da informação na Europa.

Abraços,

Denny Roger
[email protected]
Categorias
Não Categorizado

Comentários

  1. Avatar de MarceloGOIAS
    Meu caro,

    Concordo em gênero, número e grau com seu ponto de vista. Aliás, considero um absurdo. Muitos mal sabem falar e escrever corretamente o português mas se autodenominam "fluentes" em inglês. Agora toda palestrinha tem coffee-break. Cultura de um povo que gosta de ser colonizado (desta vez pelos americanos).
  2. Avatar de caicarabruno
    Deny masi uma vez parabéns, pelo conteúdo. Trabalho numa multinacional qeu também tem o mesmo problema,. Muitas palestras são apresentadas em inglês e ja chegaram a cometer a "Gafe" de fazer isto num cliente! E infelizmente perdemos o cliente.
    Deny estou me formando agora e estou entrando no m,ercado de trabalho agora. Quero trabalhar com Segurança, Quais dicas vocÊ da para um iniciante??

    Abraços

    Bruno Queiroz

+ Enviar Comentário




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L