Ver Feed RSS

Olhos que ardem...

The Developer’s Conference 2009

Avalie este Post de Blog
The Developer’s Conference 2009’ acontecerá em São Paulo, Florianópolis E RIO DE JANEIRO


Com os profissionais mais influentes da comunidade Java, evento terá Ed Burns falando sobre tecnologias para web 2.0 como JavaServer Faces e AJAX, Rod Johnson, criador do Spring Framework e fundador da SpringSource e Mike Keith da Oracle, líder das especificações de integração com banco de dados: Java Persistence API e Enterprise Java Beans 3.0

São Paulo, 25 de Setembro de 2009.

Maior evento Java do país, o The Developer’s Conference 2009, este ano em sua 3ª edição, contará com a participação dos principais nomes da comunidade Java mundial: Mike Keith, representante da Oracle nas principais especificações que relacionam Java e Banco de dados: EJB3 e JPA; Ed Burns, engenheiro da Sun, líder da especificação JavaServer Faces, utilizada para desenvolvimento de aplicações Web 2.0 da Sun Microsystems e Rod Johnson, fundador da SpringSource, autor de diversos Best Sellers e um dos principais causadores da revolução que tem acontecido em Java EE. O evento acontecerá nas cidades de São Paulo (SP), nos dias 6 e 7 de novembro, em Florianópolis (SC) no dia 09 de novembro e no Rio de Janeiro em 11 de novembro.

Dirigido a desenvolvedores experientes, arquitetos de software, gerentes de projetos e professores universitários, o The Developer’s Conference 2009, contará com a abertura de Rod Johnson, que em sua primeira visita ao Brasil, fará apresentação sobre o presente e o futuro de Spring e Spring Roo.

O líder da especificação de JavaServer Faces, Ed Burns tem como objetivo promover discussão ao redor deste tema, bem como abordar as especificações as quais Mike Keith participa que são relacionadas a Java Enterprise Edition 6 e JPA. A proposta é formar um ciclo de discussão e aprendizado, tratando desde aspectos de negócios e computação em nuvem, até discussões técnicas sobre frameworks, arquiteturas e Java EE 6. Haverá tradução simultânea para as palestras, debates e também para “Perguntas & Respostas”.

Este ano, o TDC 2009 traz como inovação os Lightning Talk: apresentações rápidas com tutoriais, demonstrações práticas, ou casos de sucesso de profissionais brasileiros usando as tecnologias em questão. Com uma abordagem dinâmica e motivadora, o evento também irá promover dois debates sobre “O Futuro do Java” e “Cloud Computing”.

Com expectativa de atingir 1200 participantes, o evento este ano seguirá o formato single track que não traz palestras simultâneas, a fim de envolver maior número de pessoas em todas as apresentações.

O The Developer’s Conference 2009, promovido pela Globalcode, terá espaço também para expositores e patrocinadores montarem seus estandes e promoverem suas marcas junto a este público. Neste ano, grandes empresas como Google, Oracle, Anhembi Morumbi, InfoQ Brasil, DevMedia, Revista Mundo Java e outras irão compor o quadro de apoiadores e expositores, mas sem dúvida há espaço para pequenas e médias empresas participarem do evento.

The Developer’s 2009 São Paulo
Data: 6 e 7 de Novembro
Local: Teatro Anhembi Morumbi
Endereço: Rua Dr. Almeida Lima, 1.134 – Brás.
Horário: das 9h00 às 18h00
Preço: R$ 250,00
Mais informações: http://www.thedevelopersconference.com.br ou informaçõ[email protected] ou 11- 3145-2230

The Developer’s 2009 Florianópolis
Data: 9 de Novembro
Local: Mercure Apartments Florianópolis Itacorubi
Endereço: Rodovia Admar Gonzaga 600, Itacorubi
Horário: das 9h00 às 18h00
Preço: R$ 125,00
Mais informações: http://www.thedevelopersconference.com.br ou informaçõ[email protected]ou 48- 3025-8575

The Developer’s 2009 Rio de Janeiro
Data: 11 de Novembro
Local: (a ser definido)
Horário: das 9h00 às 18h00
Preço: R$ 125,00
Mais informações: http://www.thedevelopersconference.com.br ou informaçõ[email protected] ou 11- 3145-2230

Biografias dos palestrantes internacionais:

Rod Johnson - é australiano, PhD em música e formado em Ciências da Computação. Criador do framework Spring, Johnson atualmente assume a função de CEO Fundador da Spring Source, ícone da comunidade Java. O projeto open-source Spring Portfolio foi criado a partir do código contido no best seller escrito por ele: “Expert One-on-One J2EE Design and Development”, publicado em 2002. Outro livro polêmico escrito por ele e publicado em 2004 traz o título “J2EE without EJB”. Johnson também foi entrevistado pelo líder da especificação JSF 2.0, Ed Burns, no seu livro Secrets of Rock Star Programmers.

Ed Burns – engenheiro sênior na Sun, líder da especificação de JavaServer Faces, uma das mais importantes tecnologias Java para Web, no Java Community Process. Trabalhou em uma ampla variedade de tecnologias web desde 1994, incluindo os browsers NCSA Mosaic e Mozilla, o Sun Java Plugin e o container Tomcat. Burns é bacharel em Ciência da Computação pela Universidade de Illinois em Urbana-Champaign. Ele é autor dos livros: JFS Complete Reference e Secrets of Rock Start Programmers. Atualmente, Burns é

Mike Keith - possui cerca de 20 anos de experiência em pesquisa, programação e mentoring em sistemas de persistência e enterprise. Keith trabalha e representa a Oracle em vários expert groups na indústria de tecnologia, incluindo Java EE 6 e OSGi (EEG). Foi co-líder da especificação inicial da Java Persistence API (JPA) e co-autor do primeiro livro de referência “Pro EJB 3: Java Persistence API”. Também foi co-autor da segunda edição “Pro JPA 2”. Atualmente, Keith tem o cargo de Enterprise Architect na Oracle.
Categorias
Under-Linux , Noticias

Comentários

  1. Avatar de Yara Senger
    Em nome da comissão organizadora do The Developers Conference agradeço o apoio na divulgação, e reforço que esperamos a comunidade de Software Livre e Java no evento, afinal de contas há muita sinergia entre Java e Software Livre.

    Um abraço,
    Yara
  2. Avatar de mirac
    Os materiais supra citadas, eu pessoalmente acredito ser altamente direcionadas pelas acessoria de impresa ligadas a Motorola, Nokia ou empresas ligadas a consorcio LTE rival a wimax.

    Eu vou postar aqui um pouco do meu conhecimentos particular para nossos colegas, estas informacoes nao divugados na midia brasileira de forma mais profundas.

    Guerra do padronizacao do Wimax.

    Haviam 3 principais grupos que queriam controlar e ditar regras do wimax.
    Americano, Europeu e Aseatico.
    A forca inicial sem duvida eram dos americanos e dos europeus, mas haveriam surpresas.

    Historia do grupo aseatico Wimax.

    No inicio as forcas estravam divididas entre Coreia e Japao na Asea (Curiosamante como foi a copa do mundo de 2002). Apos rounds iniciais os japoneses desistiram, peceberam que estavam muito atrasados na corrida e verificaram que sairia mais barato aderir a padrao coreano e economicamente mais vantajoso devido proximidade geografica e cultural.


    O consorcio aseatico(coreano) inicial eram cabecas de chave.

    A- Softwere – POSDATA, empresa de softwere controlada pela POSCO que eh uma das maiores empresas de aco do mundo.
    B- Transmissores – KT Korea telecom, 4a maior empresa do mundo de elecomunicacao.
    C- Receptores – Samsung (este acho que dispensa apresentacao).

    Apos formada os 3 principais, inciaram os trabalhos de recrutamentos das empresas adjacentes, a Lg que eh concorrente da Samsung mas com a mesma nascionalidade decidiu apoiar imediatamente.

    No inicio tudo indicava que o grupo dos Americanos ou Europeu iriam vencer, mas a historia comecou mudar quando entra no grupo coreano com o apoio dos japoneses, a Nextel e a Intel de origens americanas contrariando as empresas de mesma nascionalidade. E apartir deste momento comecou ter uma adesao maior a este bloco deixando de ser somente coreana e sim multinascional.
    E finalmente no ano retrasado no forum internacional wimax convencionou que o grupo da “SAMSUNG, INTEL e NEXTEL” seria padrao mundial wimax.

    1- LTE x WIMAX.

    Na minha opiniao, esta disputa LTE x WIMAX eh um novo round da guerra das gigantes da TI que perderam a guerra da padronagem wimax e querem reverter.
    E esta reversao eh estrategico para as empresas como Nokia e a Motorola, pois nos moldes atuais iriam favorecer as concorrentes que sao a Samsung e a LG que ja possuem varias patentes e acordos firmadas no wimax.
    Enquanto isto a maioria das gigantes chinesas ainda nao possuem uma posicao clara, pois jogam nos dois times, Wimax e LTE, eles posuem flexibilidade devido grandiosidade do mercado e o controle do Mercado pela politica, como foi GSM e CDMA, eles jogaram dos dois lados ate decider qual seguir nos rounds finais.
    O final desta Guerra ainda eh muito nebulosa, ainda mas infelizmente eu acredito que haja numa divisao em 2 blocos de acordo com a proximidade politica e economica.
    Nao da para empresas simplesmente abandoner Wimax pelo LTE pelos investimentos de desenvolvimento e infra-extruturas ja construidos.
    Havera coexistencia das duas tecnologias durante um bom tempo como CDMA e GSM.

    2- WIFI x (LTE & Wimax)

    Eu tenho afinidade pessoal com Wimax ou LTE, pois como postado num outra artigo do autor, Wimax ou LTE nao eh para nos e sim para as gigantes, mas acredito que o desenvolvimento do Wimax e LTE ira gerar tecnologias que possam ser aplicadas no Wifi como as tecnologias TDMA e MIMO.

    l
    Mirac
  3. Avatar de Duca
    Valeu pelas elucidações, padrinho!

+ Enviar Comentário




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L