Ver Feed RSS

Notícias Sobre TI e Linux

Microsoft Promete Abrir os Arquivos do Outlook

Avalie este Post de Blog
A Microsoft está mostrando mais uma vez que tem interesse em estreitar suas relações com o movimento open-source. A empresa de Redmond, conhecida mundialmente pelo seu sistema operacional Windows, acaba de anunciar que vai oferecer de forma livre, a documentação sobre o formato de arquivos de dados do seu cliente de e-mails, o Microsoft Outlook. Os arquivos de dados do Outlook, conhecidos como arquivos PST, serão liberados sob seu programa Open Specification Promise, tornando o formato livre para uso por qualquer indivíduo, sem que o mesmo venha a ter problemas com licenças ou mesmo patentes de software.


No passado, o formato de arquivo PST, que contém informações para e-mail, calendário e contatos, precisou sofrer engenharia reversa para que os desenvolvedores de softwares compatíveis pudessem ter acesso as informações, e assim, gerar compatibilidade entre arquivos abertos correspondentes e o Outlook.

Em um sistema Windows com o Outlook instalado, é possível ler e escrever arquivos PST através da API de mensagens (MAPI), ou através do Modelo de Objeto do Outlook (Outlook Object Model). Graças a engenharia reversa, ambos são razoavelmente documentados. Mas o acesso a essa documentação de abertura de formato de arquivo PST que será fornecida pela Microsoft, possibilitará que os desenvolvedores sejam capazes de obter acesso direto aos dados de arquivos PST, além da plataforma Windows, e mesmo sem que o Outlook esteja instalado.

Isso permitirá aos desenvolvedores open source criarem utilitários de importação de dados para outros clientes de e-mail, tornando a migração dos usuários menos indolor. Eles poderão até memos, efetuar atualizações de informações de forma direta no Outlook, através de um aplicativo de sincronização. De acordo com Paul Lorimer, gerente do Grupo de Interoperabilidade do Office da Microsoft, a documentação ainda está em seus estágios iniciais e eles estão engajados diretamente com especialistas da indústria e clientes interessados, para garantir que a documentação final seja clara e útil. Só nos resta agora esperar para ver o resultado.


Saiba Mais:

[1] Heise Online: http://www.h-online.com/open/news/it...es-841739.html
[2] Portal da Microsoft: http://www.microsoft.com/
[3] Microsoft Open Specification Promise: http://www.microsoft.com/Interop/osp/default.mspx

Comentários


+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L