Ver Feed RSS

Notícias Sobre TI e Linux

Oracle Esclarece Planos para OpenOffice e Demais Programas da Sun

Avalie este Post de Blog
A Oracle atualizou sua FAQ onde oferece perguntas e respostas sobre o planejamento da aquisição da empresa Sun Microsystems. A atualização dessa versão traz uma série de novas declarações sobre o futuro de programas como o GlassFish, OpenOffice, NetBeans e VirtualBox. A Oracle diz que pretende continuar a desenvolver o GlassFish, o servidor da Sun de aplicações Web, assim como a implementação de código aberto de Java EE da qual será um "apoio ativo a grande comunidade do GlassFish". A empresa também diz que vai "intervir no alinhamento da infra-estrutura comum" entre o servidor Oracle WebLogic e o GlassFish.


O futuro do OpenOffice como código aberto parece estar assegurado: "Após o fechamento da transação, a Oracle planeja continuar a desenvolver e dar suporte ao OpenOffice como projeto de código aberto". A empresa também planeja oferecer uma licença comercial do OpenOffice para grandes clientes, que necessitam de suporte e ferramentas empresariais.

Ainda de acordo com a FAQ, o NetBeans continua sendo uma opção de código aberto e "complementando duas ferramentas livres", a Oracle JDeveloper e o Oracle Enterprise Pack para o Eclipse, que a companhia já oferece. O JDeveloper continuará sendo a "ferramenta de desenvolvimento estratégica" para o Fusion, o middleware da Oracle. Porém a empresa afirma que o desenvolvimento das novas gerações de aplicativos será possível tanto via JDeveloper e Enterprise Pack, quanto via NetBeans.

O VirtualBox, a aplicação de código aberto para virtualização da Sun, está incluída na lista de produtos que a Oracle planeja continuar o desenvolvimento. Porém, neste caso, o documento não informa nada sobre a natureza open-source do VirtualBox.

Uma das seções que permanece inalterada, refere-se ao MySQL, o item que está sendo investigado pelo Órgão Regulador de Competição da Comissão Européia. Está escrito que a Oracle pretende "investir mais dinheiro em desenvolvimento no MySQL que a própria Sun tem feito até o momento" e que a mesma pretende adicionar o MySQL a sua atual linha de produtos de bancos de dados.


Sinceramente, esse documento não pode ser considerado como nenhuma garantia de "sobrevivência" desses projetos de código aberto. Acho que a única escolha plausível para os usuários, será a criação imediata de forks desses mesmos projetos, para manter a liberdade e a qualidade desses softwares livres e de código aberto da Sun, para todos os seus usuários espalhados pelo mundo.


Saiba Mais:

[1] Heise Online: http://www.h-online.com/open/news/it...ce-843661.html
[2] Oracle FAQ: http://www.oracle.com/ocom/groups/pu...ent/038563.pdf
[3] OpenOffice: http://openoffice.org/
[4] VirtualBox: http://www.virtualbox.org/
[5] MySQL: http://www.mysql.com/
[6]GlassFish: http://glassfish.org/
[7] Comunidade GlassFish: http://java.sun.com/javaee/community/glassfish/
[8] NetBeans: http://www.netbeans.org/

Comentários

  1. Avatar de Aurium
    O fork do OpenOffice já existe e é muito interessante: [url=http://go-oo.org]Your Office Suite[/url]
  2. Avatar de Edilmar
    Discordo da criacao de um fork antes de alguma decisao mais "radical" da Oracle.
    Pois temos problemas com diversos softwares que viram "forks" do original e depois
    acaba virando uma "bagunca" de versoes diferentes e que, em determinandos casos
    se tornam inclusive incompativeis entre si. É mais sensato aguardar um pouco, haja
    vista que a SUN tem uma cultura de open-source que nao acredito que sera jogada
    pela "janela" simplesmente pela Oracle!
  3. Avatar de tuxdahora
    Citação Postado originalmente por Edilmar
    Discordo da criacao de um fork antes de alguma decisao mais "radical" da Oracle.
    Pois temos problemas com diversos softwares que viram "forks" do original e depois
    acaba virando uma "bagunca" de versoes diferentes e que, em determinandos casos
    se tornam inclusive incompativeis entre si. É mais sensato aguardar um pouco, haja
    vista que a SUN tem uma cultura de open-source que nao acredito que sera jogada
    pela "janela" simplesmente pela Oracle!
    Mas também temos muitos casos bem sucedidos de forks "apressados" mas que "salvaram o dia" (ou melhor, o projeto de software livre). Essas são as vantagens (e para alguns, as desvantagens) do mundo open-source: a qualquer momento alguém pode criar um fork de qualquer projeto, independente se o mesmo está indo muito bem, ou ameaçado de extinção. Por sinal, isso acontece a toda hora... :-D

    Mesmo no mundo open-source temos problemas e opiniões divergentes. Eu já acho válido a criação de forks, contanto que beneficiem a comunidade, e sempre busquem fazer o que o projeto original não se empenhava em fazer: sempre tentar melhorar e/ou, integrar e ajudar a comunidade com as opções disponíveis junto a softwares ou soluções similares e igualmente livres e/ou, se manter livre, etc.

    A Sun realmente possui uma ótima filosofia (e desenvolvimento) open-source. Por sinal, a Sun não só cria, como patrocina projetos open-source de terceiros. Essa empresa é a "patrocinadora" principal do projeto PostgreSQL, que eu uso e não trocaria ele pelo MySQL nem por todo o dinheiro do mundo (e seria o primeiro a fazer um fork desse projeto caso o visse ameaçado)!

    Sabemos o quanto essa empresa se preocupa com o software livre. Por sinal, sou usuário de um deles, o NetBeans. E como no caso do PostgreSQL, não troco o Netbeans pelo eclipse por nada nesse mundo ;-)

    E vamos dar uma "colher-de-chá" para esse fork. Ele está sendo criado por ninguém menos que o próprio criador do MySQL que, descontente com a Oracle após a aquisição da Sun Microsystems, resolveu "agir". Aposto que ele não estaria metido nisso só por diversão. Minha opinião: vamos dar a ele o "benefício da dúvida" e ver no que vai dar.

    Um abraço.

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L