Ver Feed RSS

Novidades do Mundo Open Source

Microsoft Admite Ter Violado GPL

Avalie este Post de Blog
Para facilitar a instalação do Windows 7 em equipamentos que não possuam DVD (por exemplo netbooks) a Microsoft oferece aos clientes o "Windows 7 USB/DVD Download Tool". Ele permite com que seja utilizado um pen drive USB para realizar a instalação do Windows 7.
Esse programa é graciosamente oferecido pela Microsoft sem custo extra para quem adquire o Windows 7

General Public License
[PIC=right]http://under-linux.org/wiki/images/a/a3/Gnu_gpl..png[/PIC]
No entanto a comunidade open source descobriu que a maior parte do código do Windows 7 USB/DVD Download Tool é na verdade baseado em uma aplicação open source criada e disponibilizado dentro do GPL. Isso quer dizer que o Windows 7 USB/DVD Download Tool deveria também ser disponibilizado dentro da licença GPL (ao invés da licença padrão proprietária Microsoft) e o seu código fonte deveria ser disponibilizado para download sem custos.

Utilizando o programa Reflector.FileDisassembler, um programador estudando os aspectos internos do Windows 7 descobriu que o Windows 7 USB/DVD Download Tool possuía uma grande quantidade de chamadas e propriedades idênticas ao projeto ImageMaster ainda em desenvolvimento dentro da comunidade Codeplex (http://www.codeplex.com/ImageMaster).

A GPL (para ser mais exato, o ImageMaster está sobre GPLv2) sobre qual o ImageMaster é disponibilizado não proíbe a Microsoft (nem qualquer outra empresa) de distribuir ou modificar o software, mas obriga quem o fizer a disponibilizar o resultado sobre a mesma licença juntamente com o código fonte.

Ao ser confrontada com os fatos, a Microsoft anunciou que irá em breve resolver a questão, que o ocorrido foi um erro e que o código foi disponibilizado por uma empresa que presta serviço à Microsoft. Apesar de acusar este prestador de serviços pela falha, ela admite que deveria ter detectado a violação.

A Microsoft ainda não informou como irá resolver o problema. Ela pode re-escrever a aplicação completamente (sem incluir código aberto), disponibilizar o programa sobre o GPLv2 com código fonte ou simplesmente abortar totalmente a oferta desse tipo de solução.

Para Saber Mais

[1] Dottech: Windows 7 USB/DVD Download Tool: Windows 7 Installer for Netbooks
[2] Broadband DSLReports: Microsoft ships stolen GPL code in Windows 7

Atualizado 14-11-2009 em 21:56 por mlrodrig

Categorias
Não Categorizado

Comentários

Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
  1. Avatar de osmano807
    Letra C: abortar
  2. Avatar de ederpardeiro
    Não sabia disso não, mas conforme você disse, o sistema de INSTALAÇÃO "é baseado em GPL", sendo assim a ferramenta que permite a instalação por pen-drive não é cobrada.
    Porque deveria a Microsoft disponibilizar o codigo fonte do SO inteiro para download???? Não entendi essa parte...
  3. Avatar de ederpardeiro
    Ah... entendi... acho que não tinha lido direito, desculpas... realmente... foi uma falha... Na minha opinião, acho que eles vão reescrever o código
  4. Avatar de osmano807
    Tá, mas o SO é baseado em linux. Quer uma prova bem escrota (que talvez não acredite?)

    C:\Windows\system32\drivers\etc\hosts
  5. Avatar de leandropls
    Eles deveriam distribuir o código fonte, uma vez que o software já foi distribuído com a violação. A licença não prevê um pedido de desculpas e o cancelamento da distribuição, mas sim a liberação do código fonte.

    Quanto à alegação de que o SO é baseado em linux, é falsa. O /etc/hosts existe em inúmeros sistemas operacionais baseados (os unix-like, de uma maneira geral). Aliás, a própria Microsoft teve um sistema operacional unix, chamava-se Xenix (ver na Wikipedia).
Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo

+ Enviar Comentário




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L