Ver Feed RSS

animetaldeath

ThunderCache 4 no Debian Lenny 5.0.4 + Squid 2.7 STABLE3

Avalie este Post de Blog
Bem pessoal aqui vou mostrar como instalar o ThunderCache 4 no Debian Lenny 5.0.4 i386
E pra muitos a melhor parte é que com possibilidade do uso com o Squid 2.7 STABLE3

Vamos lá, primeiramente baixem a seguinte ISO:
GNU/Linux Debian Lenny 5.0.4(netinst)[150MB]

Ligue o servidor de cache com os HDs já devidamente instalados.

Dê boot na ISO já queimada em mídia.

Configure a interface de rede manualmente cancelando a detecção automática do cliente DHCP.

Instate o sistema usando no mínimo 2 HDs de preferência Serial-ATA 300 de 7200rpm deixando:
No HD do sistema:
1 partição do tipo SWAP de 1GB começando no início do disco
1 partição do tipo EXT3 com o tamanho restante do disco[inicializável e para montar na raiz "/"]
No HD de cache:
1 partição do tipo EXT3[para montar em "/thunder"]

Escolha um mirror para o repositório APT-GET e prossiga com a instalação.

Aguarde a instalação dos pacotes básicos e quando o instalador lhe perguntar se quer instalar o Ambiente Gráfico
e o Sistema Básico desmarque-as e conclua a instalação.

Logue como usuário root.

Digite:
Código:
apt-get update
apt-get install unzip zip squid ssh postgresql

[Opcional] - Continue a instalação de um cliente SSH[exemplo: PuTTY]

Entre no diretório home do usuário root:
Código:
cd ~
Baixe o pacote ThunderCache 4 e descompacte-o:
Código:
wget http://www.bmsoftware.org/thunderdist/thunder_linux.zip
unzip thunder_linux.zip
Entre na pasta descompactada agora chamada "thunder_linux":
Código:
cd thunder_linux
Edite o arquivo "install.sh" substituindo somente o 8.4 por 8.3 nas linhas POSTGRESMAIN e POSTINIT:
arquivo original
Código:
#!/bin/bash

POSTGRESMAIN=\\\\\"/etc/postgresql/8.4/main\\\\\"
POSTINIT=\\\\\"/etc/init.d/postgresql-8.4\\\\\"
...

arquivo editado

Código:
#!/bin/bash

POSTGRESMAIN=\\\\\"/etc/postgresql/8.3/main\\\\\"
POSTINIT=\\\\\"/etc/init.d/postgresql-8.3\\\\\"
...
Dê permissão de execução ao arquivo editado:
Código:
chmod +x install.sh
Instale o ThunderCache 4:
Código:
./install.sh
Edite o arquivo /usr/local/thunder/etc/thunder.conf informando seu usuário e senha e na linha TRANSPARENT
altere de true para false:
Código:
LOGIN seu_login_aqui
PASSWORD sua_senha_aqui
...

TRANSPARENT false
Limpe o arquivo squid.conf:
Código:
cd /etc/squid
cp squid.conf squid.conf.original 
egrep -v \\\\\"^#|^$\\\\\" squid.conf.original > squid.conf
Edite o arquivo squid.conf comentando a linha hierarchy_stoplist cgi-bin ?, dê acesso para seus clientes ao proxy,
deixe o Squid como transparente, não crie o cache_dir e insira esses comandos ao final do arquivo:
Código:
cache_peer 127.0.0.1 parent 8080 0 proxy-only no-digest
dead_peer_timeout 2 seconds
cache_peer_access 127.0.0.1 allow all
Crie um script de firewall para compartilhar a internet e ativar o proxy transparente:
Código:
nano /etc/init.d/firewall
Ainda dentro do arquivo /etc/init.d/firewall digite:
Código:
#!/bin/bash

iniciar(){

echo 1 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward
echo \\\\\"Compartilhamento da internet ativado\\\\\"

iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp --dport 80 -j REDIRECT --to-port  3128
iptables -t nat -A POSTROUTING -o eth0 -j MASQUERADE
echo \\\\\"Proxy transparente ativado\\\\\"

echo \\\\\"Regras de firewall ativadas\\\\\"

}

parar(){
iptables -F
iptables -t nat -F
iptables -P INPUT ACCEPT
iptables -P OUTPUT ACCEPT
echo 0 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward
echo \\\\\"Regras de firewall desativadas\\\\\"
}

case \\\\\"$1\\\\\" in
\\\\\"start\\\\\") iniciar ;;
\\\\\"stop\\\\\") parar ;;
\\\\\"restart\\\\\") parar; iniciar ;;
*) echo \\\\\"Use os parametros start, stop ou restart\\\\\"
esac
Dê permissão de execução ao script de firewall:
Código:
chmod +x /etc/init.d/firewall
Ative o firewall na inicialização do sistema inserindo o seguinte comando ao final do arquivo /etc/init.d/rc.local:
Código:
invoke-rc.d firewall start
[Opcional] - Para quem acha que o relatório demora muito para atualizar coloque-o para rodar de 5 em 5 minutos:
Código:
crontab -e

*/5 * * * * /usr/sbin/logrotate -f /usr/local/thunder/etc/thunder.rotate
*/5 * * * * /usr/local/thunder/etc/log.sh
Reinicie o servidor de cache:
Código:
reboot
Pronto tudo deverá estar funcionando, o Squid 2.7 STABLE3 como proxy(s/cache) para controle de
acesso e o ThunderCache 4 como parent proxy para o cache dinâmico e estático da web, espero ter ajudado!

Este tutorial foi baseado no manual de instalação do Biazus e na minha própria experiência de implementação do sistema, fui!
Categorias
Artigos , Dicas

Comentários

Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
  1. Avatar de Pirigoso
    usa squid stable7
  2. Avatar de wimigasltda
    Sabemos que não precisa da squid, já que o sistema tem cache-squid próprio.
    O grande problema é para quem tem mais de 50 acessos simultaneos ao cache, vai ficar muito lento. Será que com o squid instalado, fazendo parente proxy não fica lento.
    Ou
    Somente comprando o thunder 4.X mesmo é que se resolve o problema, alias comprando e pagando mensalmente.
    Para mim é invialvel, visto que tenho em baixos picos 300 acesso simultaneos ao cache.
    Muito bom chefe.
  3. Avatar de animetaldeath
    Citação Postado originalmente por wimigasltda
    Sabemos que não precisa da squid, já que o sistema tem cache-squid próprio.
    O grande problema é para quem tem mais de 50 acessos simultaneos ao cache, vai ficar muito lento. Será que com o squid instalado, fazendo parente proxy não fica lento.
    Ou
    Somente comprando o thunder 4.X mesmo é que se resolve o problema, alias comprando e pagando mensalmente.
    Para mim é invialvel, visto que tenho em baixos picos 300 acesso simultaneos ao cache.
    Muito bom chefe.
    Fica excelente amigão desempenho maravilhoso, thundercache agora foi liberado 1500 acessos simultaneos para free(pelo menos por enquanto), squid tem muuuuuta função que o thundercache não possui, por isso sua utilidade como proxy muuuitos sabem disso! squid + thunder é sem sombra de duvidas uma dupla imbativel em termos de proxy/cache.
  4. Avatar de ivangalves
    Caro colega Animetaldeath em uma tentativa em colocar o Thunder4 no debian o script me gerou um erro de formatação das partições pois no script pedia para formatar em ext4 e no debian só deu ext3.
  5. Avatar de animetaldeath
    Citação Postado originalmente por ivangalves
    Caro colega Animetaldeath em uma tentativa em colocar o Thunder4 no debian o script me gerou um erro de formatação das partições pois no script pedia para formatar em ext4 e no debian só deu ext3.
    Opa amigão se vc reparar acima no tutorial é pedido para vc configurar a montagem do HD de cache logo durante a instalação pois o fstab do debian lenny só trabalha com ext3, mesmo porque durante o tutorial NÃO é pedido em nenhum momento que você rode os install2.sh e install3.sh, abraço!
Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L