Ver Feed RSS

Tecnologia de Redes, Mobilidade e Inovação

O projeto Google de super banda-larga

Avalie este Post de Blog
O Google anunciou o término do período das inscrições de comunidades para o projeto de fibra ótica para rede de super banda-larga com 1Gbps. Esse projeto tem como meta fornecer à baixo custo acesso Internet de altíssima velocidade para pelo menos 50.000 usuários (podendo chegar a até 500.000 usuários).

http://under-linux.org/attachments/f...da-backup-.gif

Através desse projeto o Google irá pesquisar os efeitos, benefícios e aplicações de uma rede de super banda-larga entre os membros dessa comunidade-cobaia.

Alguns críticos apontaram que o projeto irá criar uma ilha de super banda-larga e que o projeto serve apenas para promover o nome Google. Eu particularmente não acredito que o Google irá criar essa rede e sumir, creio que essa rede estará associada a um data center de alta performance, com uma grande variedade de novas aplicações.

Vamos imaginar, por um momento, o que pode ocorrer quando um grupo de desenvolvedores de software com a criatividade e competência do Google se encontra com uma comunidade interligada em Gigabit?

Um total de 600 comunidades se inscreveram, o que dará ao Google a oportunidade de selecionar aquela com maior potencial de absorver esse potencial.

Na minha opinião, esse projeto tem o potencial de criar um campo de pesquisas para novas aplicações e novos modo de interação entre as pessoas. Desde acesso a vídeos de alta definição no Youtube substituindo a televisão a cabo até vídeo-reuniões, chegando a criação de aplicações que talvez nem existam hoje.

A banda larga tem uma tendência de crescimento continua e o gigabit, que pode parecer exagero ou impossível hoje, deve ser a banda larga mínima daqui a - sei lá - 10 anos. Eu ainda me lembro quando participei de um evento a 10 anos atrás aonde a Embratel demonstrava uma conexão de Internet de 100Kbps - era um avião...

Eu acho que esse laboratório do Google irá ajudar a mostrar para onde a sociedade pode ir no futuro com mais banda e quais aplicações podem ser criadas. Vale a pena prestar atenção neste projeto, pois muito do futuro pode sair dali.

Para saber mais

[1] Think big with a gig: Our experimental fiber network
[2] Next steps for our experimental fiber network
Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         fiber_house..gif
Visualizações:	1054
Tamanho: 	14,2 KB
ID:      	10372  

Atualizado 02-04-2010 em 12:49 por mlrodrig

Categorias
Artigos

Comentários

  1. Avatar de yondaime
    e vamo que vamo.
  2. Avatar de cytron
    Na europa é comum a banda-larga de 1Gbps.
    Mas aposto que esse 1Gbps do google será bem diferente... afinal, é o google, dominador do mundo kkkk.
  3. Avatar de mlrodrig
    Citação Postado originalmente por cytron
    Na europa é comum a banda-larga de 1Gbps.
    Mas aposto que esse 1Gbps do google será bem diferente... afinal, é o google, dominador do mundo kkkk.
    Na verdade a Europa tem banda larga entre 6 e 50Mbps e em apenas algumas localidades. Em regiões não tão populadas, eles tem banda larga como aqui no Brasil (1 a 2Mbps).

    No Japão e algumas regiões da Ásia (Korea do Sul por exemplo) chega-se na casa dos 100Mbps. No caso do Google, teremos de 10 a 20x mais que isso.
  4. Avatar de izzix
    Citação Postado originalmente por mlrodrig
    Na verdade a Europa tem banda larga entre 6 e 50Mbps e em apenas algumas localidades. Em regiões não tão populadas, eles tem banda larga como aqui no Brasil (1 a 2Mbps).

    No Japão e algumas regiões da Ásia (Korea do Sul por exemplo) chega-se na casa dos 100Mbps. No caso do Google, teremos de 10 a 20x mais que isso.
    Tanto na Europa quanto na Asia já existe internet 1 Gbps, no Japão a maioria das conexões vai de 100 Mbps a 1 GB, meu primo tem em portugal uma conexão de 1 Gbps da Zon...
  5. Avatar de mlrodrig
    Citação Postado originalmente por izzix
    Tanto na Europa quanto na Asia já existe internet 1 Gbps, no Japão a maioria das conexões vai de 100 Mbps a 1 GB, meu primo tem em portugal uma conexão de 1 Gbps da Zon...
    Se você tiver dinheiro e estiver em uma endereço favorável, até no Brasil você contrata conexões de 1Gbps (A RNP tem). A Zon, por exemplo, tem serviço de 1Gbps em uma pequena área de Lisboa (e outras poucas regiões) ao custo de mais de R$ 500,00 por mês. Um preço salgado até mesmo para uma pais desenvolvido e não está disponível de maneira universal.

    O conceito desse projeto do Google é somar várias características: dar banda larga de 1Gbps a preço acessível (==baixo custo), de forma que todos naquela comunidade (que pode chegar a até 500.000 pessoas) possam ter essa disponibilidade. Essa soma de fatores hoje só está disponível em bandas de 50 ou 100Mbps.

    Essa massa crítica de pessoas, em uma mesma comunidade, interagindo a 1Gbps vai ser um laboratório muito interessante.
  6. Avatar de cytron
    Para nós, brasileiros, esses R$ 500,00 é muita coisa realmente, o prećo na Zon é 249,90 EUROS, é como eu disse, para nós é muita coisa, mas ninguém contrata Zon pra pagar com REAL do brasil ehehe, aqui 500,00 leva um mês ralando pra ganhar, lá no máximo em uma semana.

    Meu pai mora lá, é carpinteiro, não ganha muito bem, mas é cerca de 90,00 EUROS por dia. O que nos "assusta" é a diferenća de capital, mas lá é normal pagar 3 EUROS em um cafezinho.

    O problema é querer ficar calculando em real... kkkk, alguém pagaria uns R$ 7,50 por um cafezinho? kkkkkkk

    Aqui no Brasil a internet de 100 Mb está comećando a ficar conhecida, principalmente em Brasília e Belo Horizonte.

    Um dia desses assisti uma reportagem onde um especialista disse que o Brasil está pronto para fornecer internet de 300 Mb, mas o monopólio e o cartel não deixa, pois primeiro querem sugar nosso sangue, depois que não tiver mais geito... aí eles liberam mais net kkkkkkkkkkkk, fazer o que né!
  7. Avatar de izzix
    Citação Postado originalmente por mlrodrig
    Se você tiver dinheiro e estiver em uma endereço favorável, até no Brasil você contrata conexões de 1Gbps (A RNP tem). A Zon, por exemplo, tem serviço de 1Gbps em uma pequena área de Lisboa (e outras poucas regiões) ao custo de mais de R$ 500,00 por mês. Um preço salgado até mesmo para uma pais desenvolvido e não está disponível de maneira universal.

    O conceito desse projeto do Google é somar várias características: dar banda larga de 1Gbps a preço acessível (==baixo custo), de forma que todos naquela comunidade (que pode chegar a até 500.000 pessoas) possam ter essa disponibilidade. Essa soma de fatores hoje só está disponível em bandas de 50 ou 100Mbps.

    Essa massa crítica de pessoas, em uma mesma comunidade, interagindo a 1Gbps vai ser um laboratório muito interessante.
    Bom quanto ao valor do Zon eu acho uma pechincha é só ver o valor do Turbo Ultra de 100 mbps da Oi R$ 990,00 ou da GVT por R$ 499,90.

    É verdade que a RNP tem conexão de vários gigas até 10 gigabits em alguns segmentos de rede todavia vale salientar que a RNP é uma rede de pesquisa e é interligada a outras redes de pesquisas e a internet 2 por backbone exclusivos. Redes de pesquisa com vários gigas não são novidade.

    É claro que o projeto do Google é muito relevante principalmente pra ele que estuda com tanta voracidade o comportamento dos usuários da internet para cada vez mais traçar com maior precisão estratégias de marketing e vendas em suas redes de anúncio.

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L