Ver Feed RSS

pabloferretti

Para quem disse que o Wimax estava morto! Até a Sky tá querendo!!!

Avalie este Post de Blog

Comentários

  1. Avatar de mlrodrig
    No Under-Linux, acho que sou o profeta do fim do WiMax. Não porque torço pelo LTE, mas apenas porque é um fato (novamente, não matem o portador das más notícias). Então acho que devo me posicionar sobre a citada notícia.

    Se eu ganhasse R$ 1,00 para cada notícia desse tipo, já estaria rico. Os fabricantes de WiMAX estão fazendo a parte deles, digo, os poucos que ficaram, pois é cada vez menor o número de fabricantes apoiando essa tecnologia. Assim esse poucos estão bravamente lutando (ponto positivo por motivação para eles) para tentarem não serem esquecidos.

    A grande massa das operadoras de telefonia celular (o filão do mercado LTE/WiMAX) já está quase que todo ganho pelo LTE. (NOTA: antes que alguém venha de novo com aquele papo que WiMAX é para provedor de acesso Internet em 5,8Ghz, recomendo pesquisar um pouco antes de falar sobre o tema).

    Não creio que o WiMAX vá morrer já, vai ser como Betamax, FDDI, ISDN para não citar muitos. Vai ser uma curiosidade rondando o mercado, mas nunca vai ser significativa.

    Neste caso, é só ler o artigo até o fim, para ver que os próprios autores do teste veem uma ENORME quantidade de problemas. Vale também lembrar que o LTE também se aplica na frequência de 2,5Ghz, sendo assim é mais provável que, mesmo que a Anatel venha a atender a demanda das operadoras de TV a cabo, o LTE e não o WiMAX seja utilizado pelas operadoras.
  2. Avatar de pabloferretti
    Eu também acredito no LTE, mas será que vamos ter acesso a essa tecnologia para uso em nossas redes ? Será que não vai ser WIMAX x LTE = " PROVEDORES x ADSL + LTE + FO " Pois derrepente os fabricantes de WIMAX que sobraram vão querer nos atender ganhar alguma coisa no que investiram, e as grandes operadoras forçar os fabricantes de LTE a não fabricarem terminais de baixo custo e ERBS que possamos adquirir e usarmos em frequências não licenciadas, eis a minha duvida! Portanto entregar 10 mbps, por uns 5 anos não vale a pena ? até agora vivemos apenas com o 802.11 a/b/g entregando miseros 256 kbps em modo B, ou até uns 4 mbps no modo A!, até que apareça uma outra tecnologia que nos beneficie" eu também acredito em papai noel e coelhinho da pascoa" rss.. Brincadeira a parte, é que do jeito que a banda toca se não corrermos para entregar mais velocidades vamos ser esquecidos!

    Citação Postado originalmente por mlrodrig
    No Under-Linux, acho que sou o profeta do fim do WiMax. Não porque torço pelo LTE, mas apenas porque é um fato (novamente, não matem o portador das más notícias). Então acho que devo me posicionar sobre a citada notícia.

    Se eu ganhasse R$ 1,00 para cada notícia desse tipo, já estaria rico. Os fabricantes de WiMAX estão fazendo a parte deles, digo, os poucos que ficaram, pois é cada vez menor o número de fabricantes apoiando essa tecnologia. Assim esse poucos estão bravamente lutando (ponto positivo por motivação para eles) para tentarem não serem esquecidos.

    A grande massa das operadoras de telefonia celular (o filão do mercado LTE/WiMAX) já está quase que todo ganho pelo LTE. (NOTA: antes que alguém venha de novo com aquele papo que WiMAX é para provedor de acesso Internet em 5,8Ghz, recomendo pesquisar um pouco antes de falar sobre o tema).

    Não creio que o WiMAX vá morrer já, vai ser como Betamax, FDDI, ISDN para não citar muitos. Vai ser uma curiosidade rondando o mercado, mas nunca vai ser significativa.

    Neste caso, é só ler o artigo até o fim, para ver que os próprios autores do teste veem uma ENORME quantidade de problemas. Vale também lembrar que o LTE também se aplica na frequência de 2,5Ghz, sendo assim é mais provável que, mesmo que a Anatel venha a atender a demanda das operadoras de TV a cabo, o LTE e não o WiMAX seja utilizado pelas operadoras.
  3. Avatar de netdeejay
    Caro amigo, em algum momento eu disse que já trabalhava com Wimax a 4 anos motivado por uma pergunta que respondi. Mas vamos lá: Existem várias melhorias no que tende o uso do LTE e Wimax em termos de acesso de alta velocidade. O LTE vence disparado. Apesar de ser caro montar uma ERB / BTS (digo infra + rádios) - o que atenderia também os clientes (CPE´s) ainda estão muito caros e não existem ainda no Brasil um caminho claro para investimento neste porte. E toma CAPEX e OPEX neles. O que faremos ? ou fica claro o caminho ou o LTE vai morrer na praia. Claro que isso que digo é a grosso modo, mas temos que ter o entendimento sobre novas tecnologias e as aplicabilidades. Wimax e LTE são tecnologias maravilhosas. Sobre a idéia de aplicar 5.8ghz (blá,blá,blá,blá,blá,blá) em provedores de acesso pequenos (ufa!!! - isso dá umas 300 linhas no post) - esquece, é muito caro e não dá para ganhar dinheiro com isso, os equipamentos custam fortunas. São muito mais robustos que esses routerbords da vida, mas valem a pena o preço se você estiver montando uma infra estrutura bem robusta (PN - Private Networks). Sobre as polêmicas de 5.8 e outras frequências, favor lerem artigos do teleco.com.br - teleco.com.br - Tudo sobre o Wimax - Vale a pena dar uma olhada! - ISTF - Anatel autoriza WiMax para banda larga no celular - Equipamentos - Unlicensed 5.8 GHz WiMAX - WiMAX 5.8 GHz Solutions - Wavesat Announces Availability of World - Qualquer dúvida, entrar em contato.

    João 8:32 - "E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará ." - Jesus é PODER !!!
    Atualizado 14-04-2010 em 01:00 por netdeejay
  4. Avatar de sbraitti
    Então, eu estou envolvido em um projeto para atender a prefeitura de uma cidade com WiMAX em 3.400-3.410GHz (frequencia aberta para as prefeituras). Tanto as ERB's como as CPE's são fabricadas no Brasil, o preço ainda não é muito convidativo.. Assim que eu tiver com os radios em mãos e funcionando, dou um parecer pra vocês!!

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L