Ver Feed RSS

Magal

Deu a Louca na Anatel

Avalie este Post de Blog
Informação: AESP - Associação de Emissoras de Rádio e Televisão do
Estado de São Paulo - 17/07/2010


Que tal você comprar um carro, pagá-lo integralmente e só levar 30% dele? Ei, isso existe, sim, no país — e com anuência explícita do Estado. Nesse caso, você não adquire um carro, claro, mas o serviço de banda larga 3G (a internet pelo celular, com uso de um modem). Hoje, se um consumidor se tornar cliente de uma operadora, poderá escolher vários planos: de 600Kbps, 1Mbps e até 7Mbps, que custam entre R$ 70 e R$ 190. No entanto, quando for baixar um vídeo — principalmente em horários de pico, como às 20h — ele só consegue usar 10% da velocidade. E aí, quem conhece lembra: o PC trava, o modem não conecta, o vídeo demora horas para descer ao desktop e a irritação chega fácil, fácil. Mas, pasmem, o distinto usuário paga o total do plano contratado.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), acionada por vários órgãos de defesa do consumidor, resolveu agir. E pôs esta semana em consulta pública algumas ideias a fim de alterar essa relação empresa-cliente — que é para lá de estranha. E sabe o que aconteceu? O inacreditável! A Anatel propõe que, em horários de maior uso, a prestadora deve garantir uma velocidade de conexão à banda larga, tanto no download quanto no upload , de, no mínimo, 30% do valor previsto no plano de serviço do usuário!

Caros leitores, sei que é difícil acreditar, mas essa é a verdade. A Anatel está assumindo, com todas as letras, que as operadoras podem cobrar R$ 100 por um plano, mas só entregar 30% do serviço contratado.
Isso é, no mínimo, “legalizar” propaganda enganosa, gente! Certamente os janotas engravatados da Anatel usarão argumentos técnicos e legais para justificar tanta estultice.

Provavelmente dirão que, na pior das hipóteses, a proposta fixa regras para a tecnologia 3G — hoje, é um salve-se quem puder. Mas é um absurdo ver o Estado abdicar de seu poder assim tão facilmente. E vejam que não estamos falando de algo pequeno: os acessos móveis, no Brasil, ultrapassaram a casa dos 185 milhões em junho. Até o fim do ano, a banda larga móvel supera a tradicional. É um universo que rende muito, mas muito mesmo, dinheiro.

E tem mais: as operadoras alegam que exigir o fornecimento da totalidade do serviço o encareceria demasiadamente, desestimulando o uso. Ora, o que falta — e ao Estado cabe estimulá-la — é concorrência. Com ela, viriam mais investimentos e, consequentemente, mais qualidade e velocidade.

P.S.: No Reino Unido, onde os consumidores também enfrentam problemas
com a banda larga, uma pesquisa constatou que 49% deles aceitariam, de bom grado, pagar mais para ter um serviço igualitário (todos os usuários usando, ao mesmo, a velocidade comprada). Nós também.
Categorias
Noticias

Comentários

  1. Avatar de Nando
    para as grandes praticamente não se aplicam regras ...
  2. Avatar de FMANDU
    Cara para você entender melhor do que esta se tratando, assista essa video aqui e entenda o por que dessa garantia de banda pelas prestadoras.
    Olhar Digital : Central de Videos : Cotas para banda larga
  3. Avatar de cleitonrodrigue
    Acredito que não seria possivel conseguirmos velocidades adequadas em horario de pico, como 100% 90% 80%, pois o gargalo da net independe so das operadoras. Porém penso que a ANATEL esta nivelando por baixo, ou seja, disponibiliza o minimo possivel pra ninguem ter com que reclamar, porém acho que seria nescessário elevar este valor para no minimo 50%, pois senão inibi as operadoras a fazerem investimentos, pois quem aceita 30% aceita, 25%...10%. Sou a favor de elevar este valor, para estimular o crescimento das redes.
  4. Avatar de Genis
    isso é normal, os pequenos não tem vez, duvido seu um cliente nosso fazer estas reclamação para a tia ana, se vamos ter que garantir tambem 30%, olha lá se não vamos ter que garantir 200%.
  5. Avatar de hyperpotato
    Discordo de Você, no horario de pico fica exatamente no gargalo pq as operadoras oferecem oque nao devem, se elas oferececem oque tem pra entrega, eles conseguiriam com certeza atingir o 100%, invez de um plano de 2mb, oferecessem 512k.
    É oque nos pequenos provedores fazem, ninguem oferece ADSL de 1Mb por R$ 49,90 pq sabem que nao vao poder entregar no horario de pico pros clientes.

    Citação Postado originalmente por cleitonrodrigue
    Acredito que não seria possivel conseguirmos velocidades adequadas em horario de pico, como 100% 90% 80%, pois o gargalo da net independe so das operadoras. Porém penso que a ANATEL esta nivelando por baixo, ou seja, disponibiliza o minimo possivel pra ninguem ter com que reclamar, porém acho que seria nescessário elevar este valor para no minimo 50%, pois senão inibi as operadoras a fazerem investimentos, pois quem aceita 30% aceita, 25%...10%. Sou a favor de elevar este valor, para estimular o crescimento das redes.
  6. Avatar de cleitonrodrigue
    Eu concordo que é uma p... sacanagem pagar por 100 e ter 25%, mas n acredito que este quadro mude, pois os investimentos para se garantir 100% full time são exorbitantes, e n é so por parte das operadoras, inclui o governo(moroso por natureza), e na verdade todas as companhias do mundo que detem os backbones, dificilmente elas se unirão para GARANTIR A FELICIDADE DO USUARIO. Minha opinião eh que não eh possivel garantir um link full para o usuario, mas n se deve ter um valor tão baixo, acho que trabalhar na faixa de 2/3 seria aceitavel, mais que isso acredito ser pedir de mais e menos abuso. Outra coisa, nestes casos tambem esta faltando mais transparencia por parte de algumas operadoras, por exemplo se não da pra atender um cliente com 2Mbs entao sejam onestos e falem para o cliente e deixe claro o valor minimo do acesso(geralmente em micro letras), talvez o problema nem seja a questão tecnica mais a omissão de informações, que facilitaram a venda.
    Atualizado 21-07-2010 em 21:53 por Magal
  7. Avatar de lfaria
    Propaganda enganosa.
    - Velocidade X com garantia de 30%
    - Velocidade Y com possibilidade de chegar a 3Y em alguns momentos do dia como brinde.
    - Velocidade Z e deixa o cliente descobrir sozinho o que ele tem de fato.
    3 formas de se dizer a mesma coisa.
    :-)
    Lauro Faria
    BDI BBS - Banco de Dados Integrado - Lan House, Mikrotik, Wordpress, Suporte, Atualidades e Blog.
  8. Avatar de mamaunet
    NoBrasil, os grandes sempre se entendem (Anatel x Operadoras), e nos os pequenos (usuários) que levam a pior, ou melhor os 10% rsrs...
  9. Avatar de alamdias
    Bem, olhando de uma forma mais macro, temos vários fatores que interferem nessa coisa de banda contratada, e banda efetivamente entregue.
    Olhemos pelo lado do youtube. Eu mesmo já cansei de horários de pico, dependendo do servidor que o vídeo está, não conseguir assistir o vídeo em uma fibra de 30/30. Até mesmo outros sites.
    O que ocorre ao meu ver, é que há um lapso geral da rede mundial. Não importa o que realmente você entrega, dependo do que o cliente quer, não vai conseguir fazer.
    Mas..... o caso do 3G, no meu ver, do lado técnico e teórico, no brasil, já nasceu mortou, condenado e por fim, uma grande piada. Foram raras as vezes que testei em diversos lugares, com diversos modens e diversas operadores, e em diversos horários, e fica assim.: 25% das vezes nos testes, deram certo, o resto, balela, furada e lentidão.

    É sabido que para as "grandes" não existem leis. Conto-lhes meu caso, que devo para a Tim, realmente, mas "tento" pagar fazem 4 meses o acordo feito de 629,00. O problema é que eles somente aceitam o pagamento via boleto registrado pelos correios, mas pela 8 vez, o boleto não chega e o acordo cai, tenho que ligar, esperar em torno de 56 minutos (acreditem) entre transferências de ligação, quedas e musiquinha legal da Tim, para pedir novo boleto, que demora até 15 dias para chegar na minha residência. E não chega. E pasmem, estou ao lado de uma agência dos Correios.

    Vendam 200k e por gentileza, entreguem.. o mesmo para 300k, 450k, 600k, 1mb, 10mb. Lembre-se, ninguém colocou uma arma na sua cabeça e falou " perdeu, perdeu, vai ter que me vender 2mb, se vira, anda logo, senão atiro"... foi você quem ofereceu, se ofereceu, se vira e entrega.. acho que a coisa é assim.

    Um salve para a galera e abraços !
  10. Avatar de lfaria
    Acredito que todo mundo que trabalha com isso sabe das dificuldades técnicas. O que não pode é ignorar isso e tentar enganar o cliente.

    Em relação a cobrança, eu tenho uma "tese" incompleta que diz que as operadoras não querem receber o pagamento. Incompleta pois não consegui perceber por que motivo. Ou é isso ou é incompetência pura! São raras os casos que se resolve rápido.(Estou numa Lan House e assisto a muitos casos iguais ao do Alam.

    Canso de assistir reportagens na TV de "sacos de um kilo de feijão com 950g" e dá um monte de autoridade falando. Por que isso não acontece com a Internet? :-)

    Lauro Faria
    BDI BBS - Banco de Dados Integrado - Lan House, Mikrotik, Wordpress, Suporte, Atualidades e Blog.
  11. Avatar de stevens144
    mas as leis estão sempre disponiveis para consulta... e lá sempre esteve q a prestadora tem a obrigação de entregar no minimo 10% do valor do link contratado... se ela está obrigando 30% é pq as operadoras comecaram a usar desta vantagem "ou brecha" que havia na lei.
  12. Avatar de cleitonrodrigue
    Citação Postado originalmente por stevens144
    mas as leis estão sempre disponiveis para consulta... e lá sempre esteve q a prestadora tem a obrigação de entregar no minimo 10% do valor do link contratado... se ela está obrigando 30% é pq as operadoras comecaram a usar desta vantagem "ou brecha" que havia na lei.
    Bom dia Stevens144, gostaria de saber onde na legislação tem esta norma de 10%, grato.
  13. Avatar de alamdias
    Acho que ele se refere aos contratos, pq lei não encontrei nada. Mas nos contratos já vi uma porrada.

    Abraços
  14. Avatar de Antonio C. Carlos
    Eu acho que deu a louca nos brasileiros quando elegem gente tão incompetente para administrar o país. Desde que venderam nosso país para multinacionais elas cobram o que querem e servem como querem os clientes; não tem quem nos defenda. Que lei é essa que a gente compra um produto/serviço e recebe outro? Se daqui a pouco eles quiserem vc compra um carro e leva só 30%? Como, que absurdo, eu assinei a banda larga da telefôncia por 5 anos e fui literalmente roubado durante todo este tempo pagando por algo que só recebia de 4 a 10%, sendo que no contrato dizia pelo menos 20%, mas nunca a velocidade atingiu se quer 20 %. Agora sou cliente de outra empresa, mas acho que deve haver mesmo uma conivencia do governo porque nem nesta que é um pouco melhor, dificilmente atinge mais que 30 a 40% do contratado.

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L