Ver Feed RSS

acris

O movimento num evento online assíncrono - UEADSL

Avalie este Post de Blog
Como avaliar a movimentação de um evento online assíncrono?

Pensemos: quando vamos a um evento presencial, uma platéia lotada já denota o sucesso da apresentação. Soma-se a isso a confusão nos corredores, as filas de almoço e cafezinho... Ou seja, as pessoas no espaço dão a medida da grandiosidade do evento.

E num evento online assíncrono?

No UEADSL, você chega no evento por uma página na internet. Olha a programação, escolhe a palestra e, no lugar de transitar por corredores cheios (ou vazios), basta um clique para, quase como mágica, estar "sentado" na "sala" da palestra. Silenciosamente, lê o artigo (e isso é a apresentação do trabalho). Então vê que algumas pessoas fizeram comentários. Isso corresponde à sessão de perguntas. Se você quiser, faz uma também.

É uma situação menos tumultuada e há quem sinta falta do burburinho.

Digamos que o burburinho seja uma parte boa de um evento. Se ficarmos nisso, um evento online assíncrono é ruim, chato. Mas vamos à sessão de perguntas.

Num evento presencial, não importa o tamanho da sala nem o número de pessoas presentes. O que determina o número de perguntas feitas e respondidas é o tempo disponível para elas. Então, em geral, quanto mais gente presente, menor o número de perguntas por pessoa.

Num evento online, esse limite não existe. No UEADSL, não é raro uma única apresentação ter mais de 30 comentários, o que seria impossível num evento presencial. Pensando que metade são perguntas e metade respostas, poderíamos concluir que somente 15 pessoas "assistiram" a esta hipotética apresentação? Não: 15 quiseram colocar sua opinião e colocaram. Outra muitas leram o trabalho, ou seja, "estiveram presentes, enchendo a sala". No UEADSL nós contamos isso usando as estatísticas do Wordpress e algumas consultas ao banco de dados. Podemos saber quantas pessoas de fato leram o artigo completo (pelo número de cliques no link) e quantas estiveram presentes (pelo número de acessos ao artigo).

Como em qualquer evento, presencial ou não, estar "presente" não é garantia de ter prestado atenção, lido até o fim, então essa qualidade de participação, que nossos números não permitem computar, também não pode ser computada num evento presencial e não vamos nos preocupar com ela agora. Afinal, ninguém diminui das estatísticas os que dormiram a palestra inteira...

O UEADSL já teve entre 13 mil e 21 mil visitas no mês do evento, o que nos dá uma média de 3 mil e 5 mil participantes, descontando a participação dos autores em suas palestras, de modo que podemos ter uma noção. Desconta-se o número de palestrantes vezes 4 do total de visitas pois é o número médio de visitas que cada palestrante fez ao seu próprio trabalho para responder aos comentários. Depois divide-se o número de visitas que sobraram pelo número de palestras e obtemos:

  • 2010.2 -> a média de presenças por palestra foi de 73 participantes
  • 2011.1 -> o evento mais movimentado até agora, com uma média de 146 participantes por palestra
  • 2011.2 -> a média de participantes por palestra foi de 120.

Realmente, números impressionantes para quem está acostumado com eventos acadêmicos. Mesmo com uma margem de erro bem grande, reduzindo esse número pela metade, um público de 35 pessoas é, na maioria dos eventos, uma sala cheia.
Estamos acompanhando as visitas agora para saber como será esta edição 2012.1.
No ano passado, o mês anterior ao evento contou com 2.577 visitas, este ano foram 4.866 visitas em maio.
No dia 1/6 computamos 1.324 visitas e ontem, segundo dia do evento, foram 1.441.
Se você está participando, é melhor ter calma na hora de pegar a fila do cafezinho... ops! Não! ufa! é online! pode ir calmamente buscar seu café que a palestra espera você voltar para continuar ;-)

Atualizado 07-04-2015 em 11:44 por acris

Categorias
Artigos

Comentários


+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L