Ver Feed RSS

lucianogf

O que é parceria (Parceria SCM)

Avaliação: 3 votos, 4,67 média.
Quem é proprietário de pequeno provedor de internet wireless a matéria é bem interessante.

Em 2007 quando comecei a comprar os equipamentos para montar meu provedor e verificando as documentações necessárias me deparei com a necessidade de licença da anatel para entrar em atividade. Pelo custo da licença tive que encontrar outra alternativa, foi aí que descobri a tal da "parceria de SCM".

Final de 2007 entrei em contato com algumas empresas para pedir informações sobre parceria, umas nem se quer me responderam outras tinham preços muito altos, até que encontrei uma com valor viável.

Negociei com tal empresa certinho, porém, nesta época não tinha entrado recurso (R$) suficiente para eu fazer a parceria, pois tinha que pagar mensalidade, e sem clientes é complicado pagar conta.

Entrei em atividade dia primeiro de janeiro de 2008, logo no começo do ano entrei em contato novamente com essa empresa dizendo que poderíamos dar continuidade ao processo pois eu já tinha dinheiro para fazê-lo. Aí me disseram que eu precisaria ter um link dedicado para fechar o contrato, caso contrário não fariam. OK! Vai eu contratar um link dedicado.

Até a instalação do link passou algum tempo, após o link instalado entrei em contato novamente com a tal empresa, aí sim demos continuidade ao contrato. Assinei o contrato dia 12 de maio de 2008.

Dia 16-05-2008 tive uma surpresa totalmente desagradável, visita da Anatel. Tive os serviços interrompidos e meus equipamentos lacrados. Neste mesmo dia a empresa da parceria estava recebendo o contrato pelo correio. Liguei pra eles pra falar sobre o ocorrido e tive uma resposta "Nossa, que azar o seu, hein?". :O

Após dois meses que fui lacrado recebi a multa da Anatel no valor de R$ 2.014,00 (dois mil e quatorze reais), liguei para a empresa novamente e me pediram R$ 600,00 para fazer a defesa da multa.

Quinze dias após o recebimento da multa, chega em meu endereço uma intimação da Polícia Federal, teria que prestar esclarecimentos de interesse da justiça.

E o registro da estação? Toda vez que ligava para a empresa era sempre a mesma resposta "Está enrolado na Anatel".

Começo de janeiro de 2009 recebo outra intimação da Polícia Federal, dessa vez era só para pegar mais alguns dados meus e para eu ter conhecimento que estava sendo INDICIADO, e o que isso quer dizer? Agora vou sofrer processo federal, a pena para condenação é R$ 10.000,00 de multa e de 2 a 4 anos de detenção.

Agora vem a parte mais interessante da parceria, na investigação da PF, havia um documento da Anatel relatando que entraram em contato com a tal empresa e informaram que tinham contrato comigo mas que haviam rompido por eu não ter cumprido certas exigências contratuais. QUE BELEZA, NÉ?

Infelizmente, ou felizmente, a distância que me separa da tal empresa é bem grande e eu não posso ir pessoalmente falar cara-a-cara com os responsáveis por essa MALDITA empresa.

Todo esse período que fiquei trabalhando sem registro não fiz propaganda, com isso consegui um número ínfimo de clientes perante as espectativas de estar trabalhando e fazendo propaganda.

Fora meu caso, já tive conhecimento de outros casos, com outras empresas que fazem o mesmo serviço, o cara é visitado pela Anatel, lacrado e quando liga para a empresa eles simplesmente dizem "Problema seu! Não podemos fazer nada!".

Então pessoal, mmmmmuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito cuidado com esse negócio de parceria, quem tiver condições, não precisam ser muitas, contrate um engenheiro e tire a licença própria.
- Ah! Mas é muito caro.

Caro? Imagina como vai ficar caro pra mim agora.

Devem existir outras empresas que fazem parceria e o parceiro não tem problemas, mas eu desconheço!

Ah, e não menos importante, a empresa que fiz parceria é a MEGALINK PROVEDORES DE ACESSO AS REDES DE TELECOMUNICAÇÕES LTDA, sediada em Fortaleza-CE.

Mas o que é mesmo parceria?
Uma relação de mão-dupla: os parceiros partilham seus recursos de modo a trocar benefícios mútuos e chegar a objetivos comuns; tem como objetivo integrar a organização com a comunidade, conseguir recursos e dar visibilidade à sua organização.

Comentários

Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
  1. Avatar de Magal
    Grande Cacique, por essas e outras que tenho minha própria licença.
  2. Avatar de caicarabruno
    HAha Estou em vias de tirar a minha falta pouco, mas onde eu consigo u mlink dedicado bom q não me de problemas em SP ? Embratel ou Telefônica ? qual o valro do mega ??
    Vlw galera
  3. Avatar de lucianogf
    Com relação ao link em SP não tenho a minima idéia.

    Não leve a mal, mas este tipo de dúvida você deve postar no fórum.

    valeu
  4. Avatar de browserboy
    Primo, conheci a forma como eles trabalham as parcerias, e eu tinha certeza que iria acontecer isso um dia. Acabei tirando a minha propria licença e hoje tenho 6 parceiros sim, inclusive que já foram visitados pela nossa amiga ANATEl. Nenhum teve problemas. A parceria que deve ser montada é pura e simplesmente a de prestação de serviços onde eu contrato a tua empresa para dar suporte no meu provedor, é como se o provedor que você montou fosse meu e tua empresa apenas faz a instalação, manutenção e cobrança dos clientes. Além disso eu sei que tenho o preço menor que o deles e a dor de cabeça é zero.
  5. Avatar de marcos do vale
    Existem todo o tipo de gente em qualquer ramo de negócio.
    Aqui eu trabalho em parceria com a Local Net.
    O Fabrício da Local Net é 100%. Já tive visita da ANATEL, inclusive com autuação.
    Passei tudo pra eles resolverem. Nunca me incomodei.
  6. Avatar de bodoquenanet
    Luciano, se puder me add no msn, gostaria de falar com vc sobre o assunto. bodoquena.net@hotmail.com
  7. Avatar de vcnetwork
    Olha, comecei minha empresa como um provedor de Internet em dez de 2006. E como não queria ficar totalmente ilegal... Eu fiz uma parceria com uma empresa... a qual demoraram 10 meses pra licenciar minha estação, nisso fiquei pagando um monte de coisa como nosso colega mensionou, contador, aluguel, link... e sem funcionar... Qnd saiu... foi tranquilo... Ah! Poucos dias fui visitado pela Anatel... Mas ocorreu tudo bem, mas mesmo assim, estou em finalização de processo de Outorga Propria, e aconselho a todos... conseguiu mais de 50 clientes já sabe no que está se metendo... se realmente quizer continuar no ramo... Tire sua SCM propria...
  8. Avatar de 1929
    REalmente o melhor caminho é tirar a própria.
    Mas me diga uma coisa Luciano. Quando a fiscalização bateu aí, o contrato no mesmo dia estava batendo lá na parceira, certo?
    E quando eles chegaram a tua estação estava operando, ou estava tudo desligado?
    Pois mesmo com o contrato de parceria, precisa primeiro aguardar o registro sair lá na Anatel.
    Pelo que eu entendi, neste teu caso, foi uma enorme falta de sorte se te pegaram com tudo ligado.
    A empresa não iria se responsabilizar se tivesse tudo ligado, pois além do contrato assinado, tem a questão do registro.
    Perdoe-me se entendi errado.
  9. Avatar de lucianogf
    Sim, estava com tudo ligado e funcionando. Não tenho outra fonte de renda, tinha que trabalhar.
    O problema é que se antes mesmo de eu contratar o link eles tivessem dado entrada no registro da estação já era cerviço adiantado, mas não fizeram.
    É uma empresa muito enrolada. O cara teve coragem de dizer que eu sumi, é até engraçado, sempre estive aqui, não mudei de endereço muito menos de telefone ou e-mail.
  10. Avatar de lucianogf
    Ahh.. não menos importante, quando assinei contrato disseram que seria em torno de 30 dias para a estação estar registrada.
  11. Avatar de guiangelus
    entao amigo como vc mesmo disse, vc tava com os equipamentos ligado sem antes ter a autorizacao aii fica ate dificil, duma empresa q te aluga a licenca, acar com a responsabilidade de vender a licenca e ainda por cima nao prejudicar os outros provedores ja licenciados. é ter uma nocao do q ta fazendo, se é seu ganha pao, pensava nisso num eh!
  12. Avatar de lucianogf
    uma coisa é a pessoa dizer a você que você não pode operar antes de estar com a estação registrada a outra é não dizer nada.
    não postei aqui para simplesmente denegrir a imagem de alguém ou de uma empresa, postei pois fui, literalmente, passado pra trás, por falta de informações, por incapacidade ou por pilantragem mesmo dessa empresa!
  13. Avatar de guiangelus
    nao cara nem disse isso, se caso eles nao informaram a ti sobre nao funcionar nem testar os equipamentos, vc ta na sua razao!!! o que vc fez entao? vai comprar a licenca?? como e?
  14. Avatar de FabricioViana
    Grande Luciano!

    Fico muito chateado quando ouço esses relatos, infelizmente tem muita gente boa como você que passa por esse tipo de situação!

    Fico muito aliviado e agradecido por você ter dado nome aos bois. Pelo menos ajuda a diferenciar o joio do trigo.

    Percebi que seus dizeres foram mais do que um alerta ou mesmo uma denúncia, foram também um franco desabafo!

    Gostaria também de contribuir, contando um pouco do que se passa aqui do meu lado:

    Não passa um dia sequer aqui em que eu não esteja preocupado em fazer tudo certo, com responsabilidade. Ajudo parceiro nos dizeres do site, ajusto contrato, respondo cartas da ANATEL de todos os estados, atendo pessoalmente todos que posso em meu escritório, mesmo que isso faça com que fique até mais tarde depois para poder cumprir meus prazos... Bem por ai vai...

    Em 99% (ou mais!) dos casos o provedor que me procura já está funcionando e está desesperado para conseguir o registro da estação.

    Só para exemplificar: anteontem me ligou um provedor de Pernambuco que foi lacrado pela ANATEL e queria que eu resolvesse o mais rápido possível para ele! Preciso tirar uma ART no CREA de lá, mas o dito cujo está com o site fora do ar e os telefones NAO atendem!!

    Ontem ligou um colega sem registro daqui de SP mesmo desesperado pois o outro provedor também sem registro da cidade dele, que por coincidência está no mesmo prédio, recebeu uma carta da ANATEL e agora ele está com medo que a Agência vá lá e lacre tudo, inclusive os rádios dele.

    Hoje ainda não aconteceu nada, mesmo porque ainda são 5 da manhã!

    Enfim... O que eu gostaria de deixar aqui registrado é meu pedido para que todos se preocupem em legalizar-se o quanto antes, seja através de outra empresa, seja através de licença própria. Saibam que em qualquer caso vc só estará seguro DEPOIS que for paga a taxa de sua estação na ANATEL. Antes disso nao adianta ter contrato com outra SCM, contrato com um engenheiro para tirar a própria nem nada!

    Operar sem SCM é lacre na certa. Se o provedor for fiscalizado antes do parceiro pagar o registro dele, não tem jeito... Agora é importante esclarecer uma coisa: se o provedor for fiscalizado e estiver em processo de tirar sua SCM, sendo que o processo ainda não terminou, dá na mesma! Fecha também.

    Tenho vários casos aqui de pessoas que estavam tirando sua SCM própria e por inexperiência do engenheiro (que gera atraso na outorga) ou mesmo por demora da ANATEL (Brasil...) foram lacradas e nos procuraram para obter uma solução mais rápida e depois disso até desistiram de ter sua própria SCM e aplicaram seu dinheiro em rádios!

    Grande abraço a todos
    Fabricio
  15. Avatar de ricardorix
    Primeiramente agradeço os amigos que faz alguns dias informaram desse post.

    Vou ser breve.
    No relato è “esquecido” um fato que esclarece os motivos que levaram a Megalink a interromper parceria e processo de legalização: o senhor que acusa resolveu FINALMENTE regularizar seu provedor após ser fiscalizado e lacrado. A fiscalização mencionada, do dia 16-5-2008 foi a segunda visita da Anatel.
    Normalmente não encaminhamos parcerias com provedores lacrados, mas nesse caso, sendo indicação por um amigo e colega (que tem parceria conosco sem problemas) resolvemos dar continuidade.
    No espaço temporal entre envio/recebimento dos contratos, o senhor è fiscalizado de novo (16-5-2008), provavelmente por não ter interrompido o serviço, e novamente lacrado.

    Com todas as duvidas e preocupações cadastramos a estação.

    Na espera do processo de legalização recebemos oficio da Anatel: nosso “parceiro”, sem se importar das conseqüências jurídicas dos 2 lacres, seguia funcionando e emitindo sinal. Solicitamos interrupção do serviço sem êxitos.
    Finalmente resolvemos interrompermos o processo/parceria, pois não íamos compartilhar o comportamento ilegal e irresponsável do parceiro.
    Não creio que esse comportamento transforme as parcerias numa coisa ilegal, nem a Megalik numa empresa maldita.

    Como diz corretamente o colega Viana (è sempre bom ouvir todas as partes), è importante legalizar quanto antes; eu ate sugiro iniciar pela legalização (parceria o scm própria).

    Espero ter esclarecido duvidas.
    Saludos

    OS: sempre informamos que e’ ilegal funcionar antes da liberação da TFI. Ate a validade do contrato de parceria è vinculada a TFI: alegar que não sabia que era ilegal funcionar sem licença não è muito crível.
  16. Avatar de lucianogf
    O cara não tem coragem de falar comigo por telefone e vem bancar o bonzão agora no assunto. É até engraçado.

    No relato è “esquecido” um fato que esclarece os motivos que levaram a Megalink a interromper parceria e processo de legalização: o senhor que acusa resolveu FINALMENTE regularizar seu provedor após ser fiscalizado e lacrado. A fiscalização mencionada, do dia 16-5-2008 foi a segunda visita da Anatel.
    Segunda visita? Só se vieram fiscais fantasmas na primeira vez, NUNCA havia sido fiscalizado e/ou notificado.

    Normalmente não encaminhamos parcerias com provedores lacrados, mas nesse caso, sendo indicação por um amigo e colega (que tem parceria conosco sem problemas) resolvemos dar continuidade.
    Independente de ter sido indicação feita a mim para entrar em contato com a Megalink eu que corri atrás e não vocês que vieram atras de mim para fazer parceria, isso indica que seria indiferente ter sido indicação ou não.

    No espaço temporal entre envio/recebimento dos contratos, o senhor è fiscalizado de novo (16-5-2008), provavelmente por não ter interrompido o serviço, e novamente lacrado.
    Como disse, NUNCA fui fiscalizado antes disse.

    Na espera do processo de legalização recebemos oficio da Anatel: nosso “parceiro”, sem se importar das conseqüências jurídicas dos 2 lacres, seguia funcionando e emitindo sinal. Solicitamos interrupção do serviço sem êxitos.
    É insistente, mas como disse, fui visitado e lacrado apenas uma vez. Como iria parar os serviços se tinha contas para pagar e a mais pesada é a conta do link dedicado que fui OBRIGADO a contratar para poder fechar contrato com a empresa.

    Finalmente resolvemos interrompermos o processo/parceria, pois não íamos compartilhar o comportamento ilegal e irresponsável do parceiro.
    É, fiquei sabendo do rompimento do contrato quando fui chamado novamente a Polícia Federal e me disseram que a MEGALINK respondeu a Anatel que tinha contrato comigo e que o mesmo foi rompido.
    Ilegal e irresponsável? Vocês então são o quê? EU cumpri com todas as exigências que me fizeram para fechar o contrato, diferente de vocês!

    Não creio que esse comportamento transforme as parcerias numa coisa ilegal, nem a Megalik numa empresa maldita.
    Talvez as parcerias continuem valando e a cada dia sejam melhores, mas se a Megalink fosse uma empresa direita não haveriam reclamações. Esses dias mesmo teve um post no fórum de um provedor que também fez parceria com a megalink e se deu mal, pena que o cara postou no local errado e o post deve de ser apagado.

    Como diz corretamente o colega Viana (è sempre bom ouvir todas as partes), è importante legalizar quanto antes; eu ate sugiro iniciar pela legalização (parceria o scm própria).
    Sim, hoje sugiro a mesma coisa!

    Espero ter esclarecido duvidas.
    Saludos

    OS: sempre informamos que e’ ilegal funcionar antes da liberação da TFI. Ate a validade do contrato de parceria è vinculada a TFI: alegar que não sabia que era ilegal funcionar sem licença não è muito crível.
    Quem não te conhece que te compre!

    Já que você não teve CORAGEM de falar comigo por telefone, leia o que vou escrever.

    Você não cumpriu com sua parte e sua palavra! O que exigiram de mim eu fiz, ou esqueceu que exigiram que eu contratasse o link dedicado para dar continuidade ao contrato? Podiam muito bem ter feito o registro da estação enquanto eu pedia o link, mas não.
    Teve a cara de pau de dizer que eu sumi? Meu endereço é o mesmo jutamente com meu e-mail e telefone, não fui procurado nenhuma vez para tratar desse assunto, sempre que queria saber alguma coisa tinha que entrar em contato com vocês. Aliás, recebia ligação de vocês sim, me perguntando se eu já tinha recebido a TFF para pagamento. TFF? Nem a TFI eu tinha recebido, isso mostra o nível de organização da empresa.
    Procurei vossa empresa por indicação, e quando entrei em contato com vocês e me informaram o prazo, que eu acreditei fielmente, por falta de conhecimento no assunto, acreditei que não teria problemas com a Anatel.

    Mas tudo bem, cada um sabe o que faz e o que precisa honrar!
  17. Avatar de vicentedeluca
    Meu caro colega,

    nao adianta ficar se fazendo de coitadinho.
    Antes de entrar em qualquer negocio, voce deve se interar sobre tudo a respeito dele.
    O que acontece é que as pessoas acham que abrir provedor é contratar um ADSL de 8mega, e sair jogando por ai.

    Eu nunca ouvi falar da Megalink, mas defendo a atitude deles pelo seguinte:

    1o- Se voce fosse esclarecido, teria lido toda a regulamentação SCM na Anatel, e estaria bem informado
    2o- Bem informado, voce iria perceber que no ato de registro da estação na ANATEL, esta nos pede informações detalhadas da estacao, exemplo:
    Quantos MB de backbone, quantos clientes (portas) serao conectados, a velocidade destas portas (64, 128, etc)

    A prestadora SCM deve informar todos esses e mais detalhes para registrar,
    e achar que fez muito em contratar um link dedicado, voce nao fez nao.
    Fez somente o necessário para estar dentro da legislação.

    O que mais existe é provedor porco por ai, que contratam speedy, velox, e distribuem com IP privado para varios clientes.
    ISSO EH CRIME!

    Outra questao:
    A ANATEL, em suas atribucoes, reserva-se no direito de pedir a qualquer momento a empresa SCM, documentos como os seguintes: (ja aconteceu comigo, sou SCM).

    Nota fiscal de prestacao de servicos ao cliente.
    Nota fiscal de compra dos equipamentos da estacao, e tambem dos clientes.
    Diagramas pictoricos das instalacoes
    CONTRATOS (TODOS) com os clientes da estação.

    Entre diversos outros.

    Se voce nao enviar qdo eles pedem, vc é multado e pode ser penalizado nos artigos 65 e 67. (que preve inclusive cassação da outorga)

    NAO É BRINCADEIRA!

    Portanto, provedores scm que vendem, alugam, etc. tambem estao ilegais, apesar que ainda se faz alguma vista grossa, mas isso tem mudado!
    TODOS os contratos com clientes devem ser assinados pela empresa PORTADORA DA OUTORGA SCM.

    Essa historia de fazer um contratinho de gaveta pra terceirizar cobrança nao é legal.

    Voce pode terceirizar mao de obra de instalacao e manutencao dos equipamentos.

    Mas a cobrança, nota fiscal, etc. devem ser feitas pelo concessionario SCM em todas as hipoteses.

    fica aqui meu relato

    att.
    vicente
  18. Avatar de FabricioViana
    Caro Vicente, por favor não faça comentários generalizando e simplificando como seu tudo fosse feito na simples forma de "contratinho de gaveta". Não posso responder pelos outros, mas lhe garando que conosco não é dessa forma!

    Aqui na LocalNet eu já respondi mais de 30 dessas exigências da ANATEL só entre dezembro e janeiro! Não deixo passar prazo e não deixei nenhum parceiro na mão.

    Existe um ponto que é indicutível: precisa ter SCM para operar. Esse é o ponto de partida. Sem SCM opera-se na ILICITUDE.

    A partir daí abrem-se duas alternativas no meu entender: sua própria SCM ou atuar em conjunto com outra empresa.

    São dois meios LÍCITOS de operar!

    É muito comum casos em que o provedor tira sua SCM e a partir daí acha que todo o resto do mundo que não tem é ilegal! Sai metendo o pau e difamando outros porque acha que a única forma de operar legalizado é tendo SCM própia, quando na verdade não é assim.

    Abraço!
    Fabricio
  19. Avatar de ricardorix
    Prezado Vicente agradeço pela opinião.

    No meu entender tem 1 vias para fazer parceria: seriamente.
    Não vou voltar sobre esse infeliz assunto, mas para deixar definitivamente clara nossa posição, envio o oficio enviado pela Anatel a’ Megalink (pois SIM, inicialmente, intentamos resolver o problema, como sempre).

    http://i607.photobucket.com/albums/t...Navirai-MS.jpg



    Claramente NAO podíamos atender as solicitações da Anatel pois legalmente ainda não tínhamos a licencia da estação e não podíamos apresentar documentação solicitada; o solo fato de reconhecer ter algum documento solicitado, era uma declaração de nossa ilegalidade. Claramente NAO íamos declarar que tínhamos deslacrado (ilegalmente e sob penas severas) o equipamento e colocado a funcionar sem importarmos do lacre como nosso “parceiro” fiz. Resolvemos então não dar continuidade a parceria (os contratos nunca foram assinados pela Megalink e de parte da parceira tem documentos autenticados em cartório, anexos ao contrato de parceria, com data de junho …..).

    Em síntese: o provedor lacrado tinha que permanecer fechado ate conseguir licença e ordem de deslacre e NAO seguir funcionando colocando sua empresa, e a Megalink, numa situação de grave ilícito legal.

    Luciano: vc fala de coragem, mas não e’ isso. Ofensas e ameaças não são conversa.

    Saludos
  20. Avatar de horlaney
    Acredito no trabalho da megalink,ate porque em seu site no campo de perguntas e respostas em um dos intems diz assim:

    Quais são as taxas da Anatel que tenho que pagar?
    O primeiro ano cada estação cadastrada paga a TFI que e de 1340 R$ (Lei n.° 9.472, de 16/7/1997). Apos do primeiro pagamento, o provedor paga a taxa de Fiscalização de Funcionamento ("TFF"), correspondente a 50% do valor fixado para a TFI (670 R$), devida pela prestadora de serviço de telecomunicação, anualmente, a partir de 1º de janeiro de cada ano, devendo ser paga até 31 de março do mesmo exercício; o valor da TFF incidirá sobre a totalidade das estações licenciadas até 31 de dezembro do ano anterior.


    Em caso de fiscalização, no caso de não ter autorização de funcionamento nem parceria SCM, que aconteceria?
    O provedor pode ser lacrado (fechado) de imediato assim como as estações alem da multa de ate R$ 5.000.000,00.

    A assinatura do contrato com a Megalink, e’ garantia de legalidade em caso de fiscalização?
    Não, a assinatura do contrato com a Megalink e’ somente parte do processo; apos disso temos que cadastrar o ponto/pontos de acesso, pagar a taxa de fiscalização inicial (TFI) e cumprir com todos os requisitos previstos pela Anatel. Somente nesse momento o provedor fica 100% legalizado.

    .Acho meu amigo, que foi seu caso,emtão vc quem errou e nao a megalink,achei uma enpresa transparente e pretendo firmar uma parceria com mesma,pois achei a proposta boa e transparente
  21. Avatar de lucianogf
    Ricardo,

    Sua empresa é tão desatenta aos parceiros que você nem ao menos prestou atenção quando nos conversamos anteriormente.

    Eu não deslacrei nada, os equipamentos lacrados foram levados pelos tecnicos da anatel.

    E os contratos não estão assinados pela Megalink? Então foi uma alma do além quem assinou e teve sua firma reconhecida no contrato que tenho aqui?

    Eu depositei em sua empresa minha confiança e dinheiro para resolver meu problema, vocês me deram a palavra que tudo se resolveria em torno de 30 dias contatos da assinatura do contrato. Pra mim, que sou HOMEM, as vezes a palavra da pessoa vale mais do que papel!

    Você, desde o começo sabia que eu já estava em atividade e que não possuía outra fonte de renda, em nenhum momento disse que eu DEVERIA esperar a estação ser registrada para poder operar.

    Até quando você virá com um monte de desculpar para não assumir que me prometeram uma coisa e não cumpriram?

    Haverão mais várias respostas dizendo que o culpado sou eu, que eu isso e aquilo.

    O negócio pelo jeito foi só entrei eu e sua empresa então ou foi perseguição mesmo. Ou como me disseram por telefone "que azar, né?".

    O mais FODA de tudo é vocês fazerem as coisas e nem ao menos me comunicarem, isso não é parceria! Parceria é os dois lados manterem contato permanente e interesse de ambas as partes, e não como aconteceu comigo, que só eu tinha interesse em saber como estava minha situação, não recebia nem um e-mail dizendo como estava o processo.

    Sobre ofensas? O que você faria se sentisse enganado por alguém que depositou confiança e por causa do que essa pessoa te prometeu e não cumpriu você agora ter que responder processo federal?

    Ah, e sobre ameaças, eu não cheguei a te ameaçar, NÃO FAÇO AMEAÇAS!

    ---------------------------

    Para outras pessoas que leram e que irão ler o tópico, quem não entendeu a situação é problema de cada um, expus o que aconteceu comigo e o que pode acontecer com outras pessoas.

    Quem quer fazer parceria com a empresa X, Y ou com a Megalink é problema de cada um e não me enxam o saco!

    Antes mesmo de eu ter todo esse problema fazia muita propaganda dessa empresa que só me deu dor-de-cabeça. Agora.....

    Sua parceria Ricardo, você tem somente pelo seu interesse, a você, pelo visto, não interessa como está seu parceiro!
  22. Avatar de lucianogf
    Acho que não preciso dizer que isso é assunto para outra questão, certo?
  23. Avatar de 1929
    Então, se me permite vou abrir um tópico sobre isso.

    Mas quem trouxe a questão não fui eu e sim a Megalink ao postar a cópia da notificação.
    E forum é assim mesmo, assunto puxa assunto.
  24. Avatar de SilvioFernan
    olá amigos, sem querer colocar mais lenha na fogueira, mas tenho informações de brasilia, que a anatel não vai mais tolerar essas parceria ( anatel sabe que perderá o valor das licensas das bases, mas já contam com o aumento de arrecadação com valor do pagamento da SCM)e que se receber qualquer denuncia de provedor que tenha SCM e que estaja se sentido lesado por concorrente que estejam trabalhando com "parcerias", a anatel vai lacrar sem dó, primeiro eles lacram e vc que se viram na justiça. isso é sério o crea e outros órgãso que estão sentido lesados já entraram com representação no ministério das telecomunicações para a anatel agir dessa forma. se preparem pois vem chumbo grosso por aí!!!!! uns dos motivos dessa nova atitude da anatel é a vontade das grandes operadoras em vender cada vez mais os moldens 3G.
    PS. tem muito dinheiro envolvido nisso.
    Que Deus nos ajude.
  25. Avatar de 1929
    Pois é Silvio, daí a importância de uma parceria bem feita.
    A legislação prevê a terceirização. Então não tem como impedir. Mas tudo vai depender da forma como é feita.
    Esta exigência de pedir registro na fazenda estadual, é algo novo, mas tem lógica.
    E isto com certeza vai complicar a vida de muito outorgado com SCM.

    O único receio que tenho ainda nesta questão é sobre o link. Estando no meu nome, como de fato está, pode ser um gancho para a fiscalização.

    Não sei se o contrato permite eu ceder o link sob qualquer circunstâncias para outra empresa. Pois o meu link a BrasilTelecom até hoje não me devolveu a minha copia do contrato.

    Por outro lado, empresa de SCM nenhuma vai querer comprar um link em outro estado e deixar na mão de terceiros para administrar pagamentos. Pode ser algo complicado.
    Quanto ao resto, como cobrança, equipamentos etc. tudo pode ser ajustado e aí não tem fiscalização que vá derrubar. A não ser que mude a lei.
  26. Avatar de FabricioViana
    Silvio!

    Ouço essa mesma história desde 2004, quando comecei o provedor e nem sabia que precisava de SCM... Exatamente isso que você está dizendo! Até hoje as empresas que existiam na época estão aí...

    Abraço
  27. Avatar de lucianogf
    Assunto que não condiz com o escopo do tópico é apagado!

    Quem for postar algo que não tenha nada a ver com o tópico ou for postar alguma coisa só pra reclamar que teve sua resposta apagada então NÃO poste!
  28. Avatar de SilvioFernan
    gente na duvida eu vendi as cueca do corpo e to tirando a minha SCM e esse assunto pra mim vai ficar no passado. daqui uns 3 anos eu compro outras cuecas hehehhe
  29. Avatar de jociano
    kkkkk é melhor mesmo vender as cuecas para tirar a SCM própria, fazendo as contas aqui sai muitissimo mais em conta de do que fazer parceria, mas pra quem está começando é melhor tentar uma parceria, mas já colocando nos objetivos a serem alcançados pelo provedor a SCM própria, pois com a SCM você tem um leque grande oportunidades e não necessariamente provedor de internet via rádio. Emfim... Estou providenciando a minha já, para não ter problemas futuros!!!


    Aff Luciano! mas tuh heim! só falei aquilo porque não custa nada avisar pow, fala sério, cê tah xato esses dias!
  30. Avatar de 1929
    Amigo, não sei o porquê isso só acontece comigo.
    Desde o primeiro post que nos cruzamos tempos atrás, nossos caminhos são tortuosos. Fiz de tudo para tentar.
    Mas acho que agora o que voce não gostou é que fui eu a levantar a questão de voce ser lacrado porque estava no ar, e providenciando a parceria, mas infelizmente não deu tempo para retornar os documentos.
    Daquele meu comentário é que vieram outros mostrando que não adianta assinar contrato e não ter ainda a licença nas mãos. Entendo a tua posição quando disse que tinha que continuar trabalhando.
    Na verdade foi um jogo. Infelizmente não deu tempo.
    Mas espero que tudo se normalize.
    Você contribui muito para este forum e eu aprendi algumas coisas com o que voce já postou.
    Mas voce é pavio curto e logo massacra.
    Veja agora, outros postaram assuntos não diretamente relacionados e você não fez caso, mas quando eu trago a tona um dos aspectos da intimação da Megalink, você diz que quem sai do assunto sou eu.
    Em assim sendo, só me resta ficar quieto aqui no meu canto e deixar a tormenta passar.
    Mas pode ter a certeza que este comentário será enviado automáticamente por email a todos os que já participaram com seus comentários e eles poderão ser a prova viva que nunca faltei o respeito e nem fugi do assunto. Aquele comentário sobre o item 9 da intimação é mais prejudicial para a Megalink do que para você.
    Desejo sucesso e que tudo se resolva. Se no futuro nos cruzarmos, quem sabe num contexto mais amigavel conversaremos.
    Leia e apague.
Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L