Ver Feed RSS

MarceloGOIAS

PC AP (como deixar placa-mãe ligando automaticamente)

Avaliação: 5 votos, 5,00 média.
Este tópico é indicado para quem utiliza placa-mãe como AP em área remota e não tem “Cão de Guarda” (WatchDog). Imaginem vocês ter de ir alguém ao local toda vez que faltar energia elétrica. Mesmo quem utiliza nobreak a carga das baterias pode acabar antes do retorno da energia. Para evitar o vai e vem criei esse pequeno tutorial de como fazer a sua placa-mãe armar quando a eletricidade retornar.

Para ligar automaticamente utilize um capacitor eletrolítico de 100µF por 16volts para fazer com que a placa religue após o retorno da energia. O capacitor deve ser soldado nos mesmos contatos (power SW) que ligam a placa (por meio de um conector/rabicho, geralmente de pino duplo e dois fios) até o botão de ligar do gabinete do computador/PC.

Entretanto, dependendo da marca e modelo da placa-mãe terá de utilizar capacitores de 2,2, 10, 22, 50, 470, 1000 ou 2200µF por até 200 volts para que a placa funcione automaticamente ao ligar ou voltar a energia.

Na verdade a função do capacitor é armazenar cargas elétricas por determinado tempo. Quando apertamos o botão ATX do gabinete damos esse curto momentâneo (momentâneo mesmo, apenas o suficiente para armar o sistema). No caso do capacitor retém a carga elétrica por frações de segundos armando a fonte e, por conseguinte, a placa-mãe; ou seja, o capacitor provoca o curto momentâneo e não permanente. Caso o curto fosse permanente o sistema desarmaria (desligaria), pois se depois de ligado o computador continuarmos pressionando esse mesmo botão a fonte desarmará e desligará o computador.

O importante nesse capacitor é a capacitância medida em microfaraday. Quanto a tensão (voltagem) não precisa ser muito alta. Os capacitores mais adequados estão entre 16V e 25V. Lembrando que a capacitância necessária para ativar o sistema varia de placa para placa.

Ressalto ainda que nem toda placa-mãe liga fazendo a conhecida gambiarra preto com verde ou com cinza. Além disso, deixa o sistema em curto, risco de incêndio e outros problemas; ou seja, caso suja um surto elétrico o sistema não desarma e pode provocar um incêndio ou mesmo uma pequena explosão danificando permanentemente o conjunto. Não se pode ligar uma fonte ATX como se liga uma fonte AT.

Esta é uma boa opção (e correta) de ligar uma placa-mãe que fica isolada - em cima de uma torre ou em um local remoto ou de difícil acesso - para quem não tem um Cão de Guarda (WatchDog).
Categorias
Não Categorizado

Comentários

Página 1 de 7 123456 ... ÚltimoÚltimo
  1. Avatar de rossisolrac
    lembrando que placas mais modernas têm o recurso de boot on power ou coisa parecida, que liga automaticamente a assim que há energia elétrica, meu computador possui esse recurso.
  2. Avatar de MarceloGOIAS
    Sim, alguns tem esse recurso. Mas não todos. Esse recurso do capacitor serve para todos.
  3. Avatar de rossisolrac
    Eu tava vendo seu topico agora há pouco, os ânimos esquentaram por lá. Concordo com você que serve para todas, é uma excelente dica. Quem sabe ativar o recurso da bios e ligar o capacitor para dar "redundância"? hehe
  4. Avatar de MarceloGOIAS
    Definição perfeita!
    Redundância em telecomunicações nunca é demais! rsrs
    Afinal é um serviço que tem de ficar ativo 24hs dia, não é verdade?
  5. Avatar de geba3uer
    Parabens amigo vou testar aqui, algo simples e funcional
Página 1 de 7 123456 ... ÚltimoÚltimo

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L