Ver Feed RSS

lemke

Kaspersky:desenvolvimento de malware para venda a terceiros está em alta

Avalie este Post de Blog
A criação de pragas virtuais como vírus e trojans para venda a terceiros está em alta, aponta um relatório da Kaspersky referente a todo o ano de 2008.

A grande maioria dos malwares detectados no período foi desenvolvida com essa intenção, segundo a empresa. Também aumentou o número de serviços que oferecem uma espécie de assistência técnica, para evitar que o código malicioso seja bloqueado pelos softwares antivírus, por exemplo.


“O crime cibernético começou a demonstrar uma clara divisão do trabalho, com diferentes grupos de pessoas dedicando-se a diferentes etapas de criação, difusão e exploração de produtos nocivos”, diz o relatório.


Em um dos ataques, realizados entre abril e junho de 2008, mais de dois milhões de sites em todo o mundo ficaram comprometidos, reportou a Kaspersky.

Além disso, a popularidade das redes sociais também resultou em mais ataques a esses sites. O problema atingiu principalmente o sudeste da Ásia, Índia, China, América do Sul, Turquia, América do Norte e os antigos estados da União Soviética.

Outra área bastante explorada pelos crackers foi a de jogos online: ao longo de 2008, foram identificados nada menos do que 100.397 novos trojans...


Outra previsão feita pela Kaspersky indica que a concorrência entre os crackers levará à migração das ameaças para plataformas que não sofriam muitos ataques na comparação com o Windows, como o sistema Mac OS, da Apple, e os celulares.


Veiculado pela Uol Notícias - Segurança e Vírus






Categorias
Não Categorizado

Comentários


+ Enviar Comentário





Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L