Ver Feed RSS

Mr_Dom

Instalando Cacti no Debian 5.0

Avalie este Post de Blog
Pro pessoal do fórum que ta tentanto instalar o cacti pra usar interligado com o mikrotik, ae vai uma ajudinha do colega Danilo do Viva o Linux


Instalando Cacti no Debian 5.0

Autor: Danilo tecnico.danilo@hotmail.com
Fonte: http://www.vivaolinux.com.br

Instalando dependências

Configurar repositórios do Debian:

# cd /etc/apt
# nano sources.list


deb http://mirrors.kernel.org/debian lenny main contrib non-free
deb-src http://mirrors.kernel.org/debian lenny main contrib non-free


Sair do arquivo e salvar.
Ctrl+X "para sair".
S "para salvar modificações".
Enter "para confirmar".

Atualizando o Debian:

# apt-get update
# apt-get upgrade


Instalando dependências:

Esse pacote é exclusivo da distribuição Debian, engloba diversas ferramentas de desenvolvimento GNU/
Linux (ex: gcc, g++, make), necessárias para a compilação dos arquivos fonte (source).

# apt-get install build-essential

Este é um front-end para o comando update-rc. Permite a você controlar que serviços serão iniciados automaticamente em seu sistema operacional, bem parecido com "ntsysv da distribuição Red Hat:

# apt-get install rcconf

Ncurses é uma biblioteca que provê uma API para o desenvolvimento de interfaces em modo texto:

# apt-get install libncurses5-dev Libgd2-xpm é uma biblioteca de código-fonte aberto para a criação de imagens dinâmicas:

# apt-get install libgd2-xpm

Libxpm-dev consiste em um formato de imagem do ASCII e de uma biblioteca em C:

# apt-get install libxpm-dev

Libpng12-dev é uma biblioteca de referência de imagens PNG:

# apt-get install libpng12-dev

Libgdbm-dev é uma sequência de rotinas de banco de dados que utilizam hash extensivo:

# apt-get install libgdbm-dev

Rrdtool é um sistema base de dados round-robin, criado por Tobias Oetiker sob licença GNU/GPL. Foi desenvolvido para armazenar séries de dados numéricos sobre o estado de redes de computadores, porém pode ser empregado no armazenamento de qualquer outra série de dados como temperatura, uso de CPU etc. RRD é um modo abreviado de se referir a Round Robin Database (base de dados round-robin).

A base de dados gerada possui um tamanho máximo o qual, uma vez atingido, não é ultrapassado. Os dados numéricos armazenados são consolidados conforme a configuração fornecida, de modo que a resolução deles seja reduzida de acordo com o tempo que estão armazenados. Neste processo, apenas as médias dos valores antigos são armazenados.

# apt-get install rrdtool

SNMP e SNMPD.

O protocolo SNMP é um protocolo de gerência típica de redes TCP/IP, da camada de aplicação que facilita o intercâmbio de informação entre os dispositivos de rede. O SNMP possibilita aos administradores de rede gerenciar o desempenho da rede, encontrar e resolver problemas de rede, e planejar o crescimento desta.

# apt-get install snmp
# apt-get install snmpd
# apt-get install libnet-snmp-perl libsnmp


Depois de instalar todas essas dependências, vamos instalar APACHE, MYSQL e PHP, que é conhecido como o famoso LAMP (Linux + Apache + MySQL + PHP).

Neste capítulo não vou entrar em detalhe porque no VOL existe muitos artigos sobre esse assunto.



Instalando Apache, PHP5 e MySQL

Instalando Apache

Instalando Apache2:

# apt-get install apache2 apache2-utils

Reiniciando Apache2:

# /etc/init.d/apache2 restart

DICA: Para saber se o servidor Apache está funcionando, é só acessar http://127.0.0.1/ (ou ip da máquina) e verificar se aparece "IT WORKS!", se sim é porque instalou corretamente.

Instalando PHP5

Instalando PHP5:

# apt-get install php5
# apt-get install libapache2-mod-php5


Reiniciar apache2:

# /etc/init.d/apache2 restart

Agora para que o interpretador PHP seja capaz de acessar o banco de dados, é necessário ter instalado (além do servidor MySQL propriamente dito) o módulo "php5-mysql", que faz junção entre os dois componentes.

# apt-get install php5-mysql

DICA: Para reiniciar o Apache sem parar o serviço, pode estar usando o comando:

# /etc/init.d/apache2 force-reload

DICA: Para verificar se o suporte a PHP está realmente ativo, crie uma crie um arquivo de texto chamado "info.php" dentro da pasta do servidor web com os seguintes comandos:

Entrar no diretório web:

# cd /var/www

Criar arquivo texto:

# nano info.php

Dentro do arquivo escrever:

<?php phpinfo( ); ?>

Sair do arquivo e salvar.
Ctrl+X "para sair".
S "para salvar modificações".
Enter "para confirmar".

Depois é só digitar no navegador web:

http://127.0.0.1/info.php

Caso apareça essa imagem é porque tudo está ok:
http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem01.JPG
Depois apaguem o arquivo info.php para que essas informações não fiquem no ar.

# rm info.php

Instalando o MYSQL

Instalando o MYSQL:

# apt-get install msyql-server

Depois de instalar o MySQL, rode o comando abaixo. Ele prepara o terreno, criando a base de dados "mysql" (usada para armazenar a configuração do servidor MySQL, incluindo informações sobre os usuários e sobre demais bases de dados) e também uma base de dados chamada "test", que pode ser usada para testar o servidor.

# mysql_install_db

Depois de tudo instalado, vamos reiniciar e entrar no MySQL para saber se tudo está ok. Reiniciar:

# /etc/init.d/mysql restart

Entrar no MySQL:

# mysql -u root -p

Obs.: Colocar a senha que foi inserida quando estava instalando o MySQL. Depois de digitar a senha deve aparecer:

mysql>

Isso significa que estamos dentro do banco de dados. Para sair é só digitar:

mysql> quit

Depois de tudo instalado devemos digitar o comando chown:

# chown -R mysql-mysql /var/lib/mysql

Agora vamos instalar o Cacti, uma ferramenta muito poderosa para o monitoramento da rede.



Instalando o Cacti

Instalando o Cacti:

# apt-get install cacti

Como mostra a imagem, é só ok.
http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem02.JPG
Aqui é preciso selecionar APACHE2 e dar OK. http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem03.JPG
Selecionar sim. http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem04.JPG
Colocar a mesma senha do banco de dados MySQL. http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem05.JPG
Colocar a mesma senha e logo em seguida confirmar. http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem06.JPG
Agora vamos digitar no navegador:

http://127.0.0.1/cacti

Deve aparecer a seguinte imagem abaixo. Clique em NEXT para avançar para o próximo passo.
http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem07.JPG
Selecione a primeira opção (New Install) e clique em NEXT. http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem08.JPG
Neste processo a instalação do Cacti verifica se todas as ferramentas necessárias estão instaladas. Caso alguma ferramenta não esteja listada neste passo, volte ao início da instalação e verifique com cuidado todos os passos seguidos. Clique em FINISH caso sua imagem seja igual a esta a seguir. http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem09.JPG
Neste processo entre com informações de logon, o padrão da instalação do Cacti é "admin" e password é "admin". http://www.vivaolinux.com.br/imagens...e/imagem10.JPG
Neste processo é só colocar uma nova senha para seu administrador "admin" e clicar em save. http://www.vivaolinux.com.br/imagens...e/imagem11.JPG
Parabéns, seu Cacti foi instalado corretamente. http://www.vivaolinux.com.br/imagens...b_imagem12.JPG
Bom, nesse artigo eu só mostrei como instalar o Cacti. Em breve mostrarei como configurar as máquinas que serão monitoradas e é claro, como configurar o Cacti para monitorar essas máquinas.

Espero que gostem e aceito críticas, sugestões e elogios.



Categorias
Não Categorizado

Comentários

  1. Avatar de m4d3
    Parabéns Mr_Dom ficou muito bom.
  2. Avatar de magnusrk8
    Ficou muito bom o tuto..

+ Enviar Comentário



Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L