Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão Re: Torre de Telecomunicações Segura!

    1929.

    Veja, oscilação é uma coisa, e vibração é outra.

    Assim, como já dito pela lei de Hooke, como o metal ele tem elasticidade, vai balançar, mas se estiver com vento parado não, porém se o sujeito sobe e mexe muito pode ser que surja balanço devido ao desbalanceamento da pessoa!!

    Balanceamento é um outro aspecto, que todos os módulos de torres deveriam ser balanceados, como fazem com pneus, mas de forma estática, que é voce prender os extremos centrados, e girar a estrutura e, ver se ela pende para um dos lados, ai se adiciona uma carga, para que a estrutura venha a rodar lento, mas isto em torre não é necessário prever balanceamento, por que ela não vai rodar, então esta propositura não é válida, porém é interessante para se ter ela balanceada, por que já vi módulos todos tortuosos, e em estaiadas, se olha de baixo para cima, vê que ela é torta/sinuosa - quem a construiu não se ateve a alinhar na hora de montar, foi fazendo os módulos com algum gabarito, mas um gabarito meia boca, talvez, ou não usou nada vai montando e soldando.

    Já deste que cita torre com lado de 1,10 mts direto até em cima, é estaiada, a autoportante é cônica, algo ai tá fora de sintonia!!

  2. #8

    Padrão Re: Torre de Telecomunicações Segura!

    Tenho comprado torres de fornecedores diferentes e realmente percebo que as bases são fracas com relação a altura.
    Na ocasião questionei o fabricante e ele disse que foi calculado por engenheiro.

    Temos 3 Auto Portantes, 1 de 24M, 1 de 30 Metros ambas de 4 lados e uma de 36m triangular.
    Vamos montar mais, e estas vou querer uma base mais reforçada, com certeza.

    Parabéns ao auto do tópico.



  3. #9

    Padrão Re: Torre de Telecomunicações Segura!

    Sr. Luspmais. Para comprovar a veracidade de quem fala alguma coisa, o senhor quem adquiriu de fabricante um produto, pode entrar em contato com ele e exigir a ART da memória de cálculo feita pelo engenheiro, que ele diz que tem, com certeza se ele está blefando é um problema dele, ai vai ter que correr atrás de um engenheiro e consertar o dito pela não dita, até é bom a gente ler sobre estes fatos, quem comete algum tipo de deslize a qualquer tempo tem que enviar os documentos que não foi enviado para o cliente, o direito do consumidor é estabelecido de acordo com aquele livreto dos direitos do consumidor, é fato que ele pode alegar que o tal engenheiro escafedeu, mas isto não é problema do comprador, e sim do fabricante ai ele terá que se virar nos trinques e enviar os documento este da ART da época da sua compra, já que falou que cumpra. Sempre é assim, eles tem a quem jogar a culpa, menos eles, assim que ele lhe apresente a ART do estudo, projeto da torre, quem deve ter no arquivo morto da empresa, ou lhe passar o número da ART, e tu entra no portal do CREA, e com o número obtém a ART original, que foi lavrada pelo engenheiro que ele quem deve conhecer, com certeza.

  4. #10
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.176

    Padrão Re: Torre de Telecomunicações Segura!

    Uma das torres desta cidade, têm mais de 60 antenas(telefonia rural e internet), mas tem uma outras duas que dv ter quase isso só em link de microondas e UHF, pois na região na~chega a fibra optica. Bom microondas esse que hj é relativamente simples e muitos dos nossos dispositivos móveis operam nessa faixa de frequencia, e era necessário dois compressores para seu perfeito funcionamento, não é topico deste.
    Parece que alguns ja acendeu aquela luzinha de alerta, e precisamos porque alguns estão em áreas urbanas ou de pastagens muitas vezes cedidas pelo proprietário rural. Mas esta se vier a cair o prejuízo é enorme não só em termos financeiros. Construindo uma outra torre, dificilmente terá o mesmo desempenho de enlace, digo isso por experiência própria.



  5. #11

    Padrão Re: Torre de Telecomunicações Segura!

    @TreiscBr , uma dúvida a respeito de especificações de torres, na questão coeficiente de arrasto. Estas especificações levam em conta a vibração ou balanço (sei lá o termo ) no topo da torre? Pois me veio um pensamento: se a torre oscilar lá em cima, os links que dependendem de um apontamento preciso vão cair, pois antenas com angulos estreitos como 3 a 5º não irão suportar praticamente nenhum balanço da torre em relação ao seu eixo vertical.

    Por ex. uma torre que tem um coeficiente de arrasto de 2,5 m² para ventos de 120km, significa que dentro desta velocidade, e dentro dos m² especificados para as antenas a ponta não irão balançar? E se colocar antenas que ocupem 1m² iria aguentar mais que 120km/h?

    Ou não?

  6. #12

    Padrão Re: Torre de Telecomunicações Segura!

    1929. A Anatel, engenheiros de telecomunicações e, dos técnicos de telecomunicações podem lhe passar melhor sobre o grau de precisão, penso que as deflexões mecânicas não influenciam no grau de precisão das antenas, por que elas possuem um campo de tolerância que atenuam o sinal poder chegar a seu destino, veja dos satélites que estão em órbita, e enviam sinais para as antenas, uma movimentação por maior que seja na torre em nada vai alterar, penso! Me corrijam quem dos de telecomunicações. Já a sua segunda afirmação do coeficiente de arrasto, a Anatel tem padrões estabelecidos para suas respectivas atenuações das antenas, ela quem pode lhe dizer a respeito, ela quem outorga especificações, e dos engenheiros deles que formularam as equações para este tipo de questão. Estou limitado a meu campo de estruturas metálicas e tenho experiência em projetar mecanismos para movimentações de mecanismos (automação), já de telecomunicações sou aprendiz.