+ Responder ao Tópico



  1. #25

    Padrão Re: RouterOS em Servidor Dell

    Citação Postado originalmente por ab5x2 Ver Post
    Acho melhor encerrar essa discussão por aqui, não tô vendo nenhum fundamento nela.
    +1

    Por mim está encerrado já!

  2. #26

    Padrão Re: RouterOS em Servidor Dell

    Só uma ressalva: para quem desenvolve para esses sistemas, BSD é melhor, hehehe. O epoll no Linux é brincadeira comparado (performance e recursos) ao kqueue do BSD, por exemplo. Dado a grande importância desses componentes em toda aplicação multithreaded e até alguns casos singlethreaded, consequentemente há mais chances de se ter melhores resultados em BSD (embora possa ocorrer o inverso, se o cara não sabe desenvolver direito - aí não tem recurso melhor que resolva). Ref.: http://people.eecs.berkeley.edu/~san...vs-kqueue.html

    Há também alguns outros recursos que ou só existem em BSD, ou foram implementados primeiro e já estão lá, estáveis há várias versões, enquanto no Linux só se encontra em kernel recente. Também deve ocorrer o contrário, mas nunca encontrei isso em minhas pesquisas.

    Mas é apenas nessa questão que vejo alguma diferença. Vi dizer que o kernel do BSD tem um código mais limpo e estruturado, mas nunca comprovei isso, nem sei se teria diferenças práticas no resultado final ou apenas fica mais fácil para quem contribui programando lá.



  3. #27

    Padrão Re: RouterOS em Servidor Dell

    Agora voltando a questão de porque a MK mantém o RouterOS x86.

    É bom lembrar que ela tinha antigamente plataformar MIPS e PowerPC (Além de suportar hardware IBM-PC). Mas hoje aumentou, hoje é MIPS, PowerPC, Tilera e ARM. São 4 plataformas completamente diferentes entre si.

    Portar kernel e diversos módulos em tantas plataformas diferentes é trabalho enorme, vai ter BSD pra alguma coisa, mas certamente muito módulo do kernel vai falta, vai exigir portar quase todo software manualmente, ainda que consiga suporte pra tudo em MIPS, vai faltar pra Tilera, e pra ARM mais novo talvez falte até fabricante de chipset liberando/desenvolvendo biblioteca/driver.

    Então o que tem versão aberta pra toda plataforma é linux.

    Eu me surpreendo ao ver os mesmos suportes em ARM, PowerPC e MIPS as vezes, acho que a MK é única nessa diversidade de plataformas que roda.

    Desenvolver um RouterOS x86_64 provavelmente custaria muito mais que a venda legal de licenças ia gerar, especialmente lá pelas vizinhanças da Letônia (O mundo warez russo é puro software de nicho, não é lotado de seriado juvenil como o mundo warez brasileiro), então eles vão empurrando com a barriga o Routeros x86, não é falta de know-how em mudar.

    Alias, pra dar exemplo da dificuldade de portar umas coisas, ainda não tem usermanager nos RouterOS pra ARM, simplesmente porque tem que refazer tudo do zero, não é um port simples. Isso que a MK está usando se não me engano processadores ARM da Qualcom, aquele IPQ80xx.

    Ou o problema é bem esse, a Qualcomm é grande então tá pouco se lixando pra cliente pequeno tipo a MK que compra 10 mil unidades, não se preocupa em desenvolver lib pra dar jeitinho e tornar um port do Usermanager de Mips pra ARM mais simples. Alias, no suporte oficial do FreeBSD, NetBSD e OpenBSD não tem os Qualcomm IPQ (Só Snapdragon, completamente diferentes), ou seja, a MK teria que começar isso do zero, pra uma ninharia de clientes (Poucos profissionais de redes) isso não compensa. Pelo visto não compensa nem routeros x86_64 pra IBM-PC, e nem sequer um usermanager pra ARM, que dirá um port completo de tudo, o que não dá pra um port simples (Que gera um pouco de estabilidade) pelo visto eles não topam, ter que desenvolver hardware E software sai caro demais.

    Enfim, estamos falando de sistema multiplataforma que precisa manter características similares em todas as plataformas. Num mundo de 5 ou 8 mil licenças RouterOS i386 o custo pra desenvolver um novo sistema 64b com port completo de tudo ia gerar valores enormes na licença, é muito trabalho pra pouco cliente.

    (Mais fácil começar outro do zero, um "MKOS 64", pra não ter que ficar gastando muito com retrocompatibilidade e conexão com outras plataformas da empresa)

    Cada plataforma é um mundo, acho um grande milagre ter linux e tanto software portado pra tanta plataforma diferente. Provavelmente com Raspi e cia os ports pra ARM vão aumentar, mas... ARM IPQ não tem a mesma família de chipsets de Raspi ou de mobiles de comunicação (MXQ, tablets, smartphones), alguma outra feature sempre vai ficar faltando.

  4. #28

    Padrão RouterOS em Servidor Dell

    É sempre bom ler seus comentários @rubem, explica de uma forma serena e extremamente eficiente. Fórum não é lugar pra ficar querendo mostrar quem tem o "P* Maior". Não leva a nada, uma explicação técnica e correta resolve qualquer afirmação errônea.



  5. #29

    Padrão Re: RouterOS em Servidor Dell

    Citação Postado originalmente por ShadowRed Ver Post
    É sempre bom ler seus comentários @rubem, explica de uma forma serena e extremamente eficiente. Fórum não é lugar pra ficar querendo mostrar quem tem o "P* Maior". Não leva a nada, uma explicação técnica e correta resolve qualquer afirmação errônea.
    Sem dúvidas, tenho aprendido muito com as explicações do @rubem

  6. #30

    Padrão Re: RouterOS em Servidor Dell

    Sobre a instalação, não conheço o hardware do servidor e se existe uma controladora a parte. Mas imagino 1ue existam as portas sata da controladora do chipset Intel, então coloca um ssd pequeno lá e seja feliz. Sobre a discussão de quem é melhor, me corrijam se eu estiver errado, mas ouvi dizer que a versão 7 do ROS será em bsp, e tenho acompanhado o fórum do mk, e seria por causa principalmente de multi-processamento já que alguns módulos Linux não dão suporte a isto, além de performance em bgp.