Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Nos tempos de hoje onde a maioria dos provedores estão distribuindo internet via fibra ou UTP vale a pena começar um provedor via rádio?
    Estava me preparando para abrir um provedor via rádio mas me vejo desmotivado pois acho que não terei qualidade superior aos meus concorrentes que já utilizam fibra e UTP.

    Qual a diferença no preço de uma instalação na casa de um cliente via fibra e via UTP?

    desde já agradeço a contribuição de todos

  2. #2

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Se você souber investir nos equipamentos certo e trabalhar da maneira certa, você se sobressai no mercado com rádio.

    Hoje muita gente está mudando pra FTTH por puro modismo, alguns atiram no pé com PacPon ou qualquer coisa semelhante.

    Estude bem sua área e veja o que compensa, mas faça com projetos e não com a cara e coragem.



  3. #3

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Quer a opinião sincera de quem ta ha muito tempo trabalhando com radio? Se fosse prs eu começar hoje e soubesse o que sei hoje, não começaria! Muito menos se eu não soubesse como trabalhar com antenas e radio frequência. A coisa é muito melindrosa, cheio de detalhezinho pra funcionar "bem" e tem coisas ainda por cima que está fora do seu controle, uma delas é o espectro eletromagnético disponível pra ser usado. 2.4 e 5.xGHz hoje em dia ta imprevisivel, minha região por exemplo tem mais de 90Aps, entre ptps e ptmps transmitindo em todo espectro de 4.9 a 6.1ghz! Sim, até canais ilegais em toda faixa disponivel nos radios 5ghz estão sendo utilizadas porque não tem canal disponivel mais. Não sei como é na sua região, isso vai variar, mas aqui ta beirando o impossivel. Não da pra fornecer muito mais q 5 mega no radio pro cliente final com concorrência cabeada oferecendo mais de 15 mega.... Eu me "aventuro", a fornecer pouco mais acima de 5 mega pra diferenciar dos outros concorrentes no radios, mas não é nada fácil. Existr soluções que prometem entregar 20 mega pro cliente final via radio, eu não me arriscaria aqui no meu caso a gastar tanto nessa solução sabendo que não tem espectro disponível pra tanto. Pra contornar um pouco esse problema, eu teria q por antenas com no maximo 500 metros do cliente ou menos e com essa solução q promete 20 mega pra cada cliente teria q investir pesado pra cobrir uma area de digamos, 3km, coisa aí de 100.000 reais em radios pras torres, sem falar pro lado do cliente...Não to dizendo com isso q a solução é ir pro cabo ou fibra, até porque vc vai bater de frente com outros problemas, aluguel de postes, que não sai barato, sabotagens, aqui tem acontecido isso..., postes cogestionado de cabos, entre outras coisas.
    Se quer se arriscar não entre no ramo iludido que vai ser uma maravilha, e dedicaçao total, 24hrs por dia, quantos mais clientes tiver, mais vc vai perceber isso.

  4. #4

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Concordo 100% com que disse o Avatar52.
    Estou com planos e projeto feito para montar um provedor para minha região e investir nos melhores equipamentos via Rádio, futuramente farei mais investimentos, e uma das vantagens que se tem é quando você é uma pessoa conhecida de sua região, ou seja; as pessoas terão mais créditos em contratar um serviço de uma pessoa local do que procurar um de não sei de onde é... Mais claro, o profissional local é necessário oferecer um bom serviço.
    E meu projeto Via Rádio será com distancias de até 4Km com objetivo de ter 50 clientes de início.
    A internet local fornecida aqui, não é de boa qualidade e sem falar na ignorância dos profissionais.



  5. #5

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    4km de distancia para atender clientes pode ser um tiro no pé. Talvez cidades bem planas ainda dê.
    500m é o ideal para rádios como utilizamos no nosso ramo.

    Eu se fosse começar hoje teria duas opções.
    1- Cambium Elevate.

    2- XWave Metro da Computech - este é cabeamento num conceito que torna a instalação simples e muito econômica.

    Mas digo antes que alguém reclame. Se fosse começar hoje com certeza não iria pelo caminho que comecei. Tudo isso de "feijão com arroz" que é utilizado de modo geral é só questão de tempo e vai estar fora do mercado. Só projetos de equipamentos inovadores é que poderão acompanhar o desenvolvimento da internet.

    Tem pacpon da Fitnetwork que também trabalha com um conceito mais econômico de instalação de cabeamento e não corre o risco de cortar fornecimento , o que pode ocorrer com o XWave. Mas há como contornar a questão da energia também no Metro.

    Entre os dois sistemas, o wireless e o cabo há que levar em conta a agilidade que é o wireless. Não há necessidade de autorização de concessionária, que normalmente leva bastante tempo. Isso quando o projeto não volta porque está fora de alguma norma da concessionária.
    E no wireless se levar em conta uma área de 500m que parece pequena, isso dá um circulo com um diametro de 1km em teoria. Imagina o número de residências numa área dessas e verá a agilidade que pode imprimir ao sistema
    Mas o custo de implantação de um Cambium é bem mais alto.

    Como nunca usei nenhum dos dois sistemas não me aventuro a dizer qual deles é o melhor. Só me baseio em comentários e webinar que se propoem a explicar os fundamentos de cada um.
    Caso haja experiencia de quem está utilizando, seja pró ou contra seria bom ouvir comentários.

  6. #6

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Na verdade quando falo 4Km me refiro ao limite da região que vou atender, pois; clientes vão estar de 200m á 3,5Km no máximo da minha torre Access Point.
    De qualquer forma, vou pesquisar os modelos citados e ler comentários do mesmo.
    Para PTP irei usar a PowerBeam Nbe-m5-400 5ghz e para MTP vou usar para dois bairros 1 para cada, Ubiquiti Airmax Airmax BaseStation Am-5g19 para uma região plana sem obstáculos ajustando bem o angulo. Outro seria Xwave SuperPOP MIMO 5 GHz que será suficiente para outro bairro, pois; ambos serão colocados em bairros diferentes.
    Agradecido a sua opinião 1929.



  7. #7

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Não recomendo a 5G19 por ser de 120 graus e ainda ter uma isolação baixa.

    Se for usar antena setorial de 120 graus recomendo a Litebeam AP AC, e antenas eu recomendo Algcom, Basestation 5G20-90 ou a 5G22-45, também tem a setorial da Cambium.

    De uma olhada e estudada em todas.

  8. #8

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Eu trabalho há 3 anos com rádio, 6 meses com switch poe reverso e agora fiz todo o meu backbone em fibra e irei alimentar os meus switches com pacpon.
    A maior vantagem de trabalhar com switch é o custo e velocidade de instalação. Mas eu escolhi uma região que é propícia ao uso de cabos UTP e investi pesado nos cabos do backbone. Eu não irei padronizar a tecnologia, pelo simples motivo de que o terreno não é padrão. Em becos e vielas irei levar ramificar com pacpon. Em regiões mais distantes e com moradias dispersas irei colocar o rádio e crescer, até o local ser financeiramente viável.
    O que mais gosto na solução cabeada é a estabilidade. Faço um ptp até o local (20mhz, mcs15 e Baixo potência) e ramifico um trecho que seria complicado para o rádio com switch. O próximo passo é levar a fibra até o local e alimentar os switches. Ou seja, não quero me desfazer de nenhuma tecnologia que já está implementada e funcionando bem. Quero apenas agregar melhorias.

    Quem já possui uma boa carteira de clientes tem folego financeiro para implementar outros níveis de melhorias como PTT 10G, CDNs e múltiplos caminhos de saída.

    Eu tive contato com um provedor que acabou com uma sociedade e por falta de folego financeiro montou uma rede pacpon feita inteiramente com cabos drop. Após 4 meses já estava com 500 clientes, parou a expansão do drop e está investindo apenas em ftth que era o seu objetivo desde o começo. Mas claro, o primeiro passo após chegar aos 500 clientes, foi retirar o backbone drop e substituir por cabos adequados. Eu vejo este relato como um excelente exemplo do uso consciente das diversas tecnologias.

    ONDE EU ESTOU? AONDE EU QUERO CHEGAR? QUAL É A MINHA CAPACIDADE? SABENDO A RESPOSTAS DESTAS PERGUNTAS, O QUE EU DEVO FAZER?



  9. #9

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Pra fazer ponto a ponto use Mikrotik. E se a distancia é pequena, use sxt!!!
    Eu comecei a usar sxt e agora nao troco por nenhum ubiquiti!

  10. #10

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    @chocobama , quero parabenizá-lo por ter a mente aberta. Seu comentário foi um dos mais ponderados que li ultimamente a respeito deste assunto. Expressou tudo aquilo que eu penso.

    Nada de novidade que surge, deve ser desprezado, mas sim analisado e ver se é possível a implementação. E principalmente não condenar nada só no primeiro teste.

    No caso do XWave Metro, o que eles enfatizam é a economia no sistema. Basicamente não precisa de máquina de fusão. Como tudo é baseado em conexão ponto a ponto pode-se usar emendas mecânicas pois mesmo que haja perdas não vai atrapalhar tanto. E o sistema é versátil pois pode agregar outras tecnologias.



  11. #11

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Meu caro, conselho de amigo, vai começar uma rede via radio em 2017 ??? Não invista mau seu dinheiro, pior coisa é você ver seu dinheiro mau aplicado, ou melhor ver sua empresa que vale 500 mil um exemplo passar a valer 100 por causa que um concorrente chegou e passou uma tecnologia melhor e você perdeu a preferencia ....

    Se você vai tirar o preço da instalação do cliente vá de fibra óptica ( a estrutura e a base é mais cara, só que o cliente final sai quase o mesmo preço que no radio ) se informa ai com a concessionaria da sua região e arrepia ai .... ai sim você vai ter um dinheiro bem investido e sabendo que ninguém vai chegar para te derrubar, o maximo que vao conseguir é empatar, e para empatar ninguém vai chega .... eu poderia te aconselhar a um cabeamento utp, mais tudo depende do seu dinheiro para investir, e dos seus parceiros, do seu projeto, cabeamento utp sai mais barato, e não precisa compra nada de computech e outros ai não, se for fazer isso vai pagar caro por uma bobagem, ai sim é melhor fibra, cabo utp é pra economizar, atender nao muitas pessoas, e com uma pequena adaptação no switch intelbras de 50 reais vc coloca ele na rede e fica show de bola, não é a mesma adaptação do mercado livre, a energia precisa passar separada da placa do switch por que a placa dos switch por padrao nao aguenta a solda e a placa uma passagem constante de energia .... aqui temos uma rede de 160 vdc continuo, criticando ou nao funciona e é show de bola, com adaptação e proteção contra surtos na rede, tem 500 clientes nessa modalidade, mais vamos migrar tudo pra fibra já começamos para não dar brexa pra concorrencia e de uma vez por todas sossegar nos investimentos de estrutura até inventarem algo melhor que a fibra optica que acho dificil porinquanto rsrs ...

    é isso minha opnião é essa 2017 uma hora impropria para começar uma rede via radio

  12. #12

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Citação Postado originalmente por ArthurNet Ver Post
    Meu caro, conselho de amigo, vai começar uma rede via radio em 2017 ??? Não invista mau seu dinheiro, pior coisa é você ver seu dinheiro mau aplicado, ou melhor ver sua empresa que vale 500 mil um exemplo passar a valer 100 por causa que um concorrente chegou e passou uma tecnologia melhor e você perdeu a preferencia ....

    Se você vai tirar o preço da instalação do cliente vá de fibra óptica ( a estrutura e a base é mais cara, só que o cliente final sai quase o mesmo preço que no radio ) se informa ai com a concessionaria da sua região e arrepia ai .... ai sim você vai ter um dinheiro bem investido e sabendo que ninguém vai chegar para te derrubar, o maximo que vao conseguir é empatar, e para empatar ninguém vai chega .... eu poderia te aconselhar a um cabeamento utp, mais tudo depende do seu dinheiro para investir, e dos seus parceiros, do seu projeto, cabeamento utp sai mais barato, e não precisa compra nada de computech e outros ai não, se for fazer isso vai pagar caro por uma bobagem, ai sim é melhor fibra, cabo utp é pra economizar, atender nao muitas pessoas, e com uma pequena adaptação no switch intelbras de 50 reais vc coloca ele na rede e fica show de bola, não é a mesma adaptação do mercado livre, a energia precisa passar separada da placa do switch por que a placa dos switch por padrao nao aguenta a solda e a placa uma passagem constante de energia .... aqui temos uma rede de 160 vdc continuo, criticando ou nao funciona e é show de bola, com adaptação e proteção contra surtos na rede, tem 500 clientes nessa modalidade, mais vamos migrar tudo pra fibra já começamos para não dar brexa pra concorrencia e de uma vez por todas sossegar nos investimentos de estrutura até inventarem algo melhor que a fibra optica que acho dificil porinquanto rsrs ...

    é isso minha opnião é essa 2017 uma hora impropria para começar uma rede via radio
    Se eu começar cabeando somente uma parte da cidade tenho que fazer projeto com o engenheiro novamente se quiser utilizar mais postes?



  13. #13

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Citação Postado originalmente por chocobama Ver Post
    Eu trabalho há 3 anos com rádio, 6 meses com switch poe reverso e agora fiz todo o meu backbone em fibra e irei alimentar os meus switches com pacpon.
    A maior vantagem de trabalhar com switch é o custo e velocidade de instalação. Mas eu escolhi uma região que é propícia ao uso de cabos UTP e investi pesado nos cabos do backbone. Eu não irei padronizar a tecnologia, pelo simples motivo de que o terreno não é padrão. Em becos e vielas irei levar ramificar com pacpon. Em regiões mais distantes e com moradias dispersas irei colocar o rádio e crescer, até o local ser financeiramente viável.
    O que mais gosto na solução cabeada é a estabilidade. Faço um ptp até o local (20mhz, mcs15 e Baixo potência) e ramifico um trecho que seria complicado para o rádio com switch. O próximo passo é levar a fibra até o local e alimentar os switches. Ou seja, não quero me desfazer de nenhuma tecnologia que já está implementada e funcionando bem. Quero apenas agregar melhorias.

    Quem já possui uma boa carteira de clientes tem folego financeiro para implementar outros níveis de melhorias como PTT 10G, CDNs e múltiplos caminhos de saída.

    Eu tive contato com um provedor que acabou com uma sociedade e por falta de folego financeiro montou uma rede pacpon feita inteiramente com cabos drop. Após 4 meses já estava com 500 clientes, parou a expansão do drop e está investindo apenas em ftth que era o seu objetivo desde o começo. Mas claro, o primeiro passo após chegar aos 500 clientes, foi retirar o backbone drop e substituir por cabos adequados. Eu vejo este relato como um excelente exemplo do uso consciente das diversas tecnologias.

    ONDE EU ESTOU? AONDE EU QUERO CHEGAR? QUAL É A MINHA CAPACIDADE? SABENDO A RESPOSTAS DESTAS PERGUNTAS, O QUE EU DEVO FAZER?
    Quanto vc paga de aluguel por poste ? Tem que pagar o aluguel onde não tem caixa onde só passa o cabo ?

  14. #14

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Citação Postado originalmente por andersonmmatos Ver Post
    Quanto vc paga de aluguel por poste ? Tem que pagar o aluguel onde não tem caixa onde só passa o cabo ?
    Cara, aqui a concessionaria cobra de nos 4,50 por poste, e você tem um limite de 400 metros livre sem custo para cada lado saindo da sua principal para passar cabo drop de cliente .... qual é o estado que voce ta ?



  15. #15

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Citação Postado originalmente por ArthurNet Ver Post
    Cara, aqui a concessionaria cobra de nos 4,50 por poste, e você tem um limite de 400 metros livre sem custo para cada lado saindo da sua principal para passar cabo drop de cliente .... qual é o estado que voce ta ?
    Ceará

  16. #16

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Sai um real o metro por padrao do projeto para fibra ou utp tanto faz ... o engenheiro te entrega aprovado já, o meu aqui é assim ... ai vc considera os 400 metros pra cada lado da principal sai caro não ...



  17. #17

    Padrão

    Muito grande a cidade ??? Se não for da para você fazer algo econômico e com UTP, qual a meta sua de clientes ai ?

  18. #18

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Citação Postado originalmente por andersonmmatos Ver Post
    Quanto vc paga de aluguel por poste ? Tem que pagar o aluguel onde não tem caixa onde só passa o cabo ?
    NO site da concessionária de energia deve haver alguma informação sobre compartilhamento.
    No site da AES por exemplo há um arquivo em pdf com todas as normas.

    E paga por todos os postes utilizados. Na verdade pelas normas da AESSul, que agora a RGESul comprou os direitos de concessão, os postes são unica e exclusivamente para ancorar a cordoalha de aço. Tudo, desde a fibra ou UTP, caixas de emenda, caixas de distribuição etc etc devem estar fixadas nesta cordoalha e pelo menos a 60cm do poste. Cada saida para atender o cliente deve estar em angulo reto com a propriedade a ser atendida. Nada de levar o cabo até o poste para subir mais um pouco e sair de lá para o cliente.

    No entanto a OI não segue nada destas exigências. Faz verdadeiras massarocas nos postes, não utiliza cordoalha a não ser nos pontos de maior utilização de cabos. Uma bagunça total.
    E daí tem um provedor colocando FO e está seguindo o "padrão OI", ou seja uma bagunça só.



  19. #19

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    Citação Postado originalmente por ArthurNet Ver Post
    Meu caro, conselho de amigo, vai começar uma rede via radio em 2017 ??? Não invista mau seu dinheiro, pior coisa é você ver seu dinheiro mau aplicado, ou melhor ver sua empresa que vale 500 mil um exemplo passar a valer 100 por causa que um concorrente chegou e passou uma tecnologia melhor e você perdeu a preferencia ....

    Se você vai tirar o preço da instalação do cliente vá de fibra óptica ( a estrutura e a base é mais cara, só que o cliente final sai quase o mesmo preço que no radio ) se informa ai com a concessionaria da sua região e arrepia ai .... ai sim você vai ter um dinheiro bem investido e sabendo que ninguém vai chegar para te derrubar, o maximo que vao conseguir é empatar, e para empatar ninguém vai chega .... eu poderia te aconselhar a um cabeamento utp, mais tudo depende do seu dinheiro para investir, e dos seus parceiros, do seu projeto, cabeamento utp sai mais barato, e não precisa compra nada de computech e outros ai não, se for fazer isso vai pagar caro por uma bobagem, ai sim é melhor fibra, cabo utp é pra economizar, atender nao muitas pessoas, e com uma pequena adaptação no switch intelbras de 50 reais vc coloca ele na rede e fica show de bola, não é a mesma adaptação do mercado livre, a energia precisa passar separada da placa do switch por que a placa dos switch por padrao nao aguenta a solda e a placa uma passagem constante de energia .... aqui temos uma rede de 160 vdc continuo, criticando ou nao funciona e é show de bola, com adaptação e proteção contra surtos na rede, tem 500 clientes nessa modalidade, mais vamos migrar tudo pra fibra já começamos para não dar brexa pra concorrencia e de uma vez por todas sossegar nos investimentos de estrutura até inventarem algo melhor que a fibra optica que acho difícil porinquanto rsrs ...

    é isso minha opnião é essa 2017 uma hora impropria para começar uma rede via radio
    Bom dia, você tem o mesmo pensamento que eu...
    Veja na época do 2.4ghz meu concorrente acabou com o espectro espalhando omni pela cidade, algumas a menos de 100mt de outra. Me obrigou a partir para 5.8ghz, fiz isso, 58ghz com equipamento em comodato, vinha quebrando as pernas dele, enquanto eu instalava 20 clientes 5.8ghz ele instalava um em 2.4ghz, me preço mais alto que o dele., Sabendo a limitação do rádio, a alta do dólar, meu pensamento era partir logo para a fibra, mesmo que com pacpon, ou fibra direto, porém o concorrente no desespero perdendo clientes todos os dias e sem balha na agulha para 5.8ghz comodato, saiu cabeado utp, doido no desespero, e assim conseguiu uma ligueira estabilidade e novamente começou a descer o preço da mensalidade para tentar atrair e pegar alguns clientes, então como o projeto para fibrar é muito mais complexo e demorado tive que cabear utp nas pressas para não perder os clientes que estavam satisfeitos, porém o concorrente desleal fazia o preço bem mais barato e muitos só olham pro preço.

    Resultado, estamos com cabo utp, porém os switchs já estao lotando, e a manutenção é custante sempre tem um lugar com problema em fim, meu pensamento é fibra, e dessa vez vai sair o golpe de misericórdia nele que não tem capital para isso, já que tudo dele é mais barato, não cobra instalação é tudo muito porco.

    Gostaria de saber como funcionada seu esquema de proteção de surto, pois aqui na rede utp a cada chuva queima muitas portas dos switchs, é o barato que sai caro, aqui aterro a entrada da fonte 160v porém o surto vem dos clientes e pelos cabos de dados (verdes e laranjas), estou pensando em aterrar o negativo da rede no caso um dos marrons do utp o que acha? já que não sei como aterrar os pares de dados...

  20. #20

    Padrão Re: Vale a pena começar um provedor via rádio?

    @delegato , nos vídeos do XWave Metro me parece que foi pensado também na questão da queima de portas nos SW. Tanto que os SW deles quando queima uma porta é só trocar um módulo. O SW continua.
    Não me pergunta o preço do módulo pois o que sei é só a teoria que foi explanada. Como tudo na vida a teoria é uma coisa e a prática nem sempre é a mesma.

    Por isso que não posso condenar o Xwave Metro nem elogiar. Meus comentários se apegam somente a questão da proposta. Caso haja "furos" seria bom expor mesmo.
    Dá uma olhada lá e depois por favor comente algo positivo ou negativo para enriquecimento de todos nós.