+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Load Balancing Com 02 Links Cable Modem

    Ola...



    Venho aqui para levantar uma discussão: LINKS CABLE MODEM


    Todos que já conviveram com links do tipo "cable modem"... já depararam com 02 cable modems que fornecem IPs distintos para cada interface ethernet (ether1 e ether2)... MAS... o gateway recebido é igual para as 02 ether.

    Exemplo:


    [LINK1] ether1 ==> 201.51.70.121/20 com gateway 201.51.64.1
    [LINK2] ether2 ==> 201.51.67.152/20 com gateway 201.51.64.1


    Bem.... aparentemente normal... exceto no momento de escrever a tabela de roteamento (/IP ROUTE).


    Considerando que criamos balanceamento de carga para as 02 ethers...[LINK1] e [LINK2]... e realizamos marcações na tabela MANGLE com:
    mark-connection = conn1 e conn2
    mark-routing = conn1 e conn2

    E realizamos SNAT na tabela NAT baseado em mark-connection conforme abaixo:
    conn1 ==> srcnat: 201.51.70.121
    conn2 ==> srcnat: 201.51.67.152

    Bem... AGORA!!! E a tabela IP ROUTE...????
    Temos apenas 01 regra: 0.0.0.0/0 ==> gw=201.51.64.1

    MAS assim... com essa unica regra acima não vai funcionar.

    ENTÃO temos a tabela RULES. Onde podemos definir:

    • SOURCE_ADDRESS;
    • DESTINATION_ADDRESS;
    • MARKING_ROUTE;
    • INTERFACE;
    • ACTION;
    • TABLE;

    Como podemos usar RULES para gerar regras de roteamento nesse caso com 02 gateways IGUAIS. Onde podemos criar OUTRAS TABELAS DE ROTEAMENTO... que nao seja a MAIN existente?


    Se estivessemos no linux puro... usando iproute2... poderiamos criar ate 254 tabelas... e poderiamos criar regras desejadas conforme prioridades que necessitamos.

    Agora... aqui no MK... com apenas a tabela MAIN... parece que estamos no cenário do comando "route"... e não "iproute2".

    Como podemos usar RULES do IP ROUTE do RouterOS???
    Alguém já usou RULES? Pode apresentar aqui algum exemplo de aplicação para todos dessa comunidade?






    Abraços,

  2. #2

    Padrão

    Olas....




    eu até imagino como isso pode ser feito/solucionado.
    Porém AGORA eu nao tenho ambiente para testar as minhas regras.


    Pessoal... animem-se!
    Vamos debater esse assunto que acredito que todos vocês (cable-modem users) convivem com isso... pois nao deve ter muitos gateways distintos em CMTS.



    Abracos,



  3. #3

    Padrão

    Poe um roteador depois de um dos cable e coloca na rede 192...

  4. #4

    Padrão

    Olá Fabricio...



    é exatamente essa solução que eu desejo desviar.
    NÃO USAR 01 ROUTER intermediário.


    Exemplo:
    Quero testar 02 links usando ping.
    Como eu faço isso?
    Resp:
    1) Crio 2 IPs quaisquer na minha maquina (superposição de IPs mesmo). Exemplo: 192.168.0.15 e 192.168.0.16
    2) Escolho um host p eu testar. Exemplo: www terra com br
    3) Executo
    Código :
    ping -I 192.168.0.15 www.terra.com.br -c 2
    ping -I 192.168.0.16 www.terra.com.br -c 2
    Ou seja... 02 ping no host "terra"... partindo desses 2 hosts internos criados (pode ser que nem existam de fato)
    4) Na tabela de roteamento... eu defino que 192.168.0.15 deve sair pelo LINK1, e 192.168.0.16 deve sair pelo LINK2.
    PRONTO... testei de forma completa a funcionalidade dos meus LINKS 1 e 2.


    Nos LOAD BALANCINGS... na tabela NAT.. eu já faço SOURCENAT conforme marcações de tabela MANGLE.

    Agora... quero fazer IP ROUTE baseado no SOURCENAT. E creio que dessa forma... podemos conviver harmoniosamente com 02 CableModems... de IPs diferentes mas com mesmo gateway... tipico de cablemodems originados da mesma CMTS.



    Queria pessoas p discutir e testar essa solucao.



    Abracos,