Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Prefeitura Oferecendo Internet a População

    Amigos,

    A Prefeitura de uma cidade aqui perto está montando um provedor para oferecer internet para a população.
    A minha dúvida: a Prefeitura precisa estar licenciada, ou seja necessita de SCM, uma vez que ela vai baixar um link dedicado da Telefônica?
    Se alguem souber, fico no aguardo.
    Grato.

  2. #2

    Padrão

    Sim, se ela vai operar com equipamentos que emitem RF. Não é pq ela é um Orgão Publico, que não vai precisar. Só tem um detalhe estamos no Brasil.



  3. #3

    Padrão

    Não deve ir muito longe este projeto.

    Afinal, eles pensam que montar o provedor é tudo. E a manutenção?
    Quem vai dar este atendimento? O funcionário que ganha mal e por isso não vai ter a dedicação necessária?
    Até que no início estas pessoas possam estar engajadas no projeto. Mas logo logo vão se cansar, e daí com fica o serviço?
    E o desenvolvimento na qualidade do serviço? Exige constante atualização e investimento.
    Só quem sabe o envolvimento que dá é que pode avaliar.
    Pode ser que a prefeitura seja rica e possa bancar alguém terceirizado.

    Pelo que se conhece sobre prestação de serviços em qualquer setor, pelo poder público, sempre deixa a desejar. Com raras exceções.

  4. #4

    Padrão

    meus caros amigos se a prefeitura irá dar internet de graça essa não precisa de licença SCM ela só poderia tirar se fosse cobrar por serviço,alei é clara link privado de interece publico sem fins lucrativo esta isento de CSM.
    ei falo isso porque mim sarfei de ser lacrado aqui na paraiba quando os fiscais chegaram procuraram por boleto de pagamento,minha sorte é que faço cobrança de porta em porta e não dou nenhum comprovante de serviço e os meus clientes foram camaradas pois falaram que arede é de amigos sem fins lucrativo e então foram em bora sem mim procurar,aff quase morrir do coração.

    foinisso que descobrir sevc cobra é impressa se vc não cobra é uma cooperativa e esta isento de SCM



  5. #5

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Não deve ir muito longe este projeto.

    Afinal, eles pensam que montar o provedor é tudo. E a manutenção?
    Quem vai dar este atendimento? O funcionário que ganha mal e por isso não vai ter a dedicação necessária?
    Até que no início estas pessoas possam estar engajadas no projeto. Mas logo logo vão se cansar, e daí com fica o serviço?
    E o desenvolvimento na qualidade do serviço? Exige constante atualização e investimento.
    Só quem sabe o envolvimento que dá é que pode avaliar.
    Pode ser que a prefeitura seja rica e possa bancar alguém terceirizado.

    Pelo que se conhece sobre prestação de serviços em qualquer setor, pelo poder público, sempre deixa a desejar. Com raras exceções.
    O problema é que essa Prefeitura tem grana....rs.
    É complicado viu, investi pesado nessa cidade e agora vem alguem e oferece o meu serviço de graça. Se fosse um concorrente a gente iria brigar por preço, agora de graça, não tem como brigar.

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por flaviobatistela Ver Post
    O problema é que essa Prefeitura tem grana....rs.
    É complicado viu, investi pesado nessa cidade e agora vem alguem e oferece o meu serviço de graça. Se fosse um concorrente a gente iria brigar por preço, agora de graça, não tem como brigar.
    Aqui em minha cidade tb tem este projeto... mas não sei se sai do papel... esse negócio dá canseira demais... será que a prefeitura vai aguentar os fução de plantão??? acho que não...

    Os prefeitos querem votos, as consequências que se lixe....



  7. #7

    Padrão

    Seguinte teve um provedor na região de Bauru/SP que ganho na justiça e fez a prefeitura parar de dar o sinal gratis, pelos seguintes motivos:

    - O serviço público deve atender td a população, e alegaram que a internet grátis era apenas para quem tinha computador
    - Que o capital público não pode ser usado pra concorrer com empresa privada
    - E pelo fato de empresa já estar na cidade a 6 anos, e ter investido lá, e agora esta perdendo clientes pra concorrencia desleal

    Tambem tem um juiz, acho que eleitoral da cidade de Tanabi/SP que proibiu prefeituras de disponibilizar internet gratuita este ano, por ser ano de eleição

    Vou ver se acho os links para as noticias e posto aqui.

    Abraços

    Citação Postado originalmente por flaviobatistela Ver Post
    O problema é que essa Prefeitura tem grana....rs.
    É complicado viu, investi pesado nessa cidade e agora vem alguem e oferece o meu serviço de graça. Se fosse um concorrente a gente iria brigar por preço, agora de graça, não tem como brigar.

  8. #8

    Padrão

    Citação Postado originalmente por cleciorodrigo Ver Post

    Tambem tem um juiz, acho que eleitoral da cidade de Tanabi/SP que proibiu prefeituras de disponibilizar internet gratuita este ano, por ser ano de eleição

    Vou ver se acho os links para as noticias e posto aqui.

    Abraços
    Isto sim é que é Juiz. Este argumento é poderoso. Mexer com as normas da eleição é fogo. Gostei.

    Principalmente que depois da eleição ninguém mais vai falar do assunto.



  9. #9

  10. #10
    Moderador Avatar de Magal
    Ingresso
    Mar 2007
    Localização
    Rio de Janeiro
    Posts
    2.043
    Posts de Blog
    118

    Padrão

    Ano de eleição tudo acontece.



  11. #11

    Padrão

    A prefeitura precisa da licença SLP, que alias, todo o gasto dela nao passa de R$1500.

    Aqui na minha cidade a prefeitura vai fazer, e ja foi feito numa cidade vizinha.

    Vamos ter que criar o forum under-the-earth...

  12. #12

    Padrão

    Seguinte... Já ouvi falar numa tal de lei anti-dumping... (nem sei se escreve assim mesmo)... mas essa lei diz que não se pode vender ou dar um serviço abaixo do preço de mercado, para não prejudicar a livre concorrência. Alem do que, o negocio da prefeitura é administrar o município e não ficar comprando votos com Internet ... Comenta isso com vários advogados e vê o que eles dizem... também da para vc falar com os caras da justiça eleitoral
    Última edição por Kennedy Balta; 18-08-2008 às 23:58.



  13. #13

    Padrão

    O problema é que eles nao vao comercializar, eles vao entregar de graça para quem quiser.

    Se for do jeito que voce diz, aí seria interessante...

  14. #14

    Padrão

    Outra coisa... imagina se os cara fizerem mesmo, vc acha que quem gastou grana suada vai ficar olhando os malas dos políticos, entrando num negocio que não entendem, e ainda com dinheiro publico de impostos das próprias empresas que estão no negocio a muito mais tempo e não vão sofre ataques pesados em seus servidos de parte das pessoas que foram prejudicadas por esse políticos espertos e sem noção nenhuma de informática... Acho que esse negocio vai precisar do cara que inventou o Mikrotik mais o cara que inventou a Internet para ficar de pé do servidor configurando o firewall o dia todo



  15. #15

    Padrão

    Engano seu....
    Foi feito isso em uma cidade vizinha aqui. Está a 6 meses lá já...

    Conclusao: O provedor local está a venda.

  16. #16

    Padrão Lei...

    Eu li no Diário Oficial uma alteração da lei que regulamenta o serviço de SCM que diz que órgãos publicos tem desconto de 90% na SCM que é de 9.000... e os mesmo 90% para a TFF....


    Então a SCM sai por miseros R$900,00 e a TFF por 130,00 aproximadamente... Isso pra uma prefeitura chega a ser ridiculo...

    Não isenta mas dá de mao beijada...


    Legalzinho o que eles fazem com a gente né... dá vontade de xingar!



  17. #17

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Junior51 Ver Post
    Eu li no Diário Oficial uma alteração da lei que regulamenta o serviço de SCM que diz que órgãos publicos tem desconto de 90% na SCM que é de 9.000... e os mesmo 90% para a TFF....


    Então a SCM sai por miseros R$900,00 e a TFF por 130,00 aproximadamente... Isso pra uma prefeitura chega a ser ridiculo...

    Não isenta mas dá de mao beijada...


    Legalzinho o que eles fazem com a gente né... dá vontade de xingar!
    Eta povinho sem vergonha estes da Anatel hein...

    Pra um pequeno como nós 9.000, pra prefeitura 900,00

    Quanta corja se vê neste Brasil...

    Isso aqui tá ficando um lugar cada vez mais dificil de se viver pro micro e pequeno, empresário e agricultor.

    E pra bandidagem tá virando o paraíso!
    Última edição por netosdr; 19-08-2008 às 07:35.

  18. #18

    Padrão

    Essa sim é prá matar!!!

    Voce lembra qual foi o número do Diário Oficial?

    O gozado nesta história é que para alterar qualquer coisa que possa beneficiar as pequenas empresas, precisa de uma tramitação longa, audiências públicas, etc.
    Agora, para abrir uma brecha eleitoreira, é rapidinho, tudo feito na surdina.
    Já não chegava a concorrencia com as grandes teles, vamos ter que enfrentar mais essa. Com certeza, logo,logo isso vai virar uma prática dos prefeitos.

    E por falar em teles, a GVT abriu banda larga numa cidade próxima e em dois meses já colocou 7500 assinantes. Com planos na faixa de trinta e poucos. E funciona que é uma beleza. Não tem ninguém reclamando.
    E pelo que dizem em menos de 6 meses vai estar aqui também.



    Citação Postado originalmente por Junior51 Ver Post
    Eu li no Diário Oficial uma alteração da lei que regulamenta o serviço de SCM que diz que órgãos publicos tem desconto de 90% na SCM que é de 9.000... e os mesmo 90% para a TFF....


    Então a SCM sai por miseros R$900,00 e a TFF por 130,00 aproximadamente... Isso pra uma prefeitura chega a ser ridiculo...

    Não isenta mas dá de mao beijada...


    Legalzinho o que eles fazem com a gente né... dá vontade de xingar!



  19. #19

    Padrão Pra quem não acredita!!!

    Olha só:

    Art. 8º Aos órgãos da Administração Pública Direta de qualquer dos Poderes da
    União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, autarquias e fundações públicas,
    Federais, Distritais, Estaduais e Municipais, será concedido desconto de 90% (noventa por cento)
    no pagamento do preço público pelo direito de exploração de serviços de telecomunicações, bem
    como pela adaptação, consolidação e transferência, sendo devido o mínimo de R$ 10,00 (dez
    reais) quando tal redução produzir valor inferior a esse.
    Art. 9° ...
    Parágrafo único. Aos órgãos da Administração Pública Direta de qualquer dos
    Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, autarquias e fundações
    públicas, Federais, Distritais, Estaduais e Municipais, será concedido desconto de 90% (noventa
    por cento) no pagamento do preço público pelo direito de exploração de satélite brasileiro e uso
    das radiofreqüências associadas, bem como pela transferência, sendo devido o mínimo de R$
    10,00 (dez reais) quando tal redução produzir valor inferior a esse.

    É pra chorar mesmo!

    Pra quem quiser ler inteiro segue o link direto do site ga agencia...


    http://www.anatel.gov.br/Portal/docu...o%20Documental

  20. #20

    Padrão Internet gratis

    Esta na lei, caso uma prefeitura crie uma empresa publica e recolha a outorga de SMC o valor integral R$ 9.000,00 ela pode alem de dar o acesso cobrar pelo serviço desde que atenda todas as exigencias assim como qualquer empresa do ramo.
    Caso ela recolha a outorga de (SLP ) que custa R$ 400,00. Ela nNao pecisa criar empresa publica, pode dar o acesso so nao pode cobrar pelo serviço.. mas deve manter por obrigação do ministerio publico um serviço de autenticação para "enibir" fraudes atraves da rede privada publica..