Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Thumbs up

    [quote=ShadowRed;358185]No caso especifico Ponto a Ponto.
    2400-2483,5 MHz
    Ponto-a-Ponto Reduzir 1 dB no Tx para cada 3 dB que o Ganho da antena exceder a 6 Bi.

    5725-5850 MHz
    Ponto-a-Ponto Ganho da antena pode ser > 6 dBi, sem necessidade de reduzir a Ptx.

    Ok OK OK

    Se eu tiver um cartão de 28db e uma antena de 25dbi, fazendo os cálculos terei que setar o cartão para 21db, isso passara do 4000mw ou 36 dbm!
    E agora pode ou não pode?

  2. #8

    Padrão

    Interessante esta sua colocação.

    Eu entendi que na prática não pode passar de 36dbi todo o conjunto rádio+antena.
    É mais um argumento para que não se use alta potência. Não precisa mesmo. É preferivel baixar tudo que pode no rádio e usar o ganho da antena.



  3. #9

    Padrão

    Realmente, esse assunto volta e meia retorna ( https://under-linux.org/forums/wirel...ena-radio.html ).

    Para faixa de frequencia de radiação restrita 2,4GHz:

    Se sua cidade tem MENOS de 500 mil habitantes, você pode utilizar potência eirp de até 36 dbm no conjunto rádio+antena (máximo de 30 dbm do rádio + máximo de 6 dbi da antena).
    Se por exemplo for utilizar um rádio com 20 dbm de saída, pode-se usar uma omni de até 16 dbm.

    Usando antena direcional essa potência eirp pode ser muito maior, utilizando-se o cálculo que permite aumentar o ganho da antena em 3 dbi além dos 6 dbi, para cada 1 dbm diminuido na saida do transmissor.
    Exemplo: para usar uma antena de 24 dbi, o máximo de potência de saída permitida no rádio é de 24 dbm.

    Se a cidade tiver MAIS de 500 mil hab., isso tudo acima vale, só que vc vai ter que registrar a estação na Anatel.
    Se não quiser gastar $$$$, o conjunto rádio+antena não pode passar de 400 mW (26 dbm), independente do tipo de antena utilizada.

  4. #10

    Thumbs up

    [quote=ryiades;359482]Realmente, esse assunto volta e meia retorna ( https://under-linux.org/forums/wireless/110288-potencia-antena-radio.html ).



    Usando antena direcional essa potência eirp pode ser muito maior, utilizando-se o cálculo que permite aumentar o ganho da antena em 3 dbi além dos 6 dbi, para cada 1 dbm diminuido na saida do transmissor.
    Exemplo: para usar uma antena de 24 dbi, o máximo de potência de saída permitida no rádio é de
    24 dbm.

    Olá Amigo!
    Desculpa-me, mas ainda não consegui entender sua lógica, não me caiu a ficha si é que me entende !
    Poderia me dar mais exemplos!

    Por exemplo um cartão homologado 28dbm e uma antena homologada 25 dbi, qual o ajuste deste equipamento para um espalhamento espectral (usar ela como se fosse Painel Setorial) e para um PTP com outro equipamento igualmente nas mesmas condições?



  5. #11

    Padrão

    Tchê! Pelo que eu entendi, independe se é ponto a ponto ou não. O máximo permitido é 36 dbm.
    Eu acho que é por isso que tem tanto advogado (por favor, nada contra a nobre profissão), mas é que os textos das leis muitas vêzes são escritos de uma forma que gera várias interpretações.
    Cada um lê e diz uma coisa diferente.
    Ai entra o papel do juíz para decidir. Quem se apresenta como juiz? heheheh!!!


    [/Quote]Por exemplo um cartão homologado 28dbm e uma antena homologada 25 dbi, qual o ajuste deste equipamento para um espalhamento espectral (usar ela como se fosse Painel Setorial) e para um PTP com outro equipamento igualmente nas mesmas condições? [/FONT][/COLOR][/QUOTE]
    Última edição por 1929; 22-11-2008 às 13:40.

  6. #12

    Padrão

    [quote=Giovani.couto;359498]
    Citação Postado originalmente por ryiades Ver Post
    Realmente, esse assunto volta e meia retorna ( https://under-linux.org/forums/wireless/110288-potencia-antena-radio.html ).



    Usando antena direcional essa potência eirp pode ser muito maior, utilizando-se o cálculo que permite aumentar o ganho da antena em 3 dbi além dos 6 dbi, para cada 1 dbm diminuido na saida do transmissor.
    Exemplo: para usar uma antena de 24 dbi, o máximo de potência de saída permitida no rádio é de
    24 dbm.

    Olá Amigo!
    Desculpa-me, mas ainda não consegui entender sua lógica, não me caiu a ficha si é que me entende !
    Poderia me dar mais exemplos!

    Por exemplo um cartão homologado 28dbm e uma antena homologada 25 dbi, qual o ajuste deste equipamento para um espalhamento espectral (usar ela como se fosse Painel Setorial) e para um PTP com outro equipamento igualmente nas mesmas condições?
    A cada 1 db a menos na saída do rádio permite + 3 db de ganho direcional na antena, por isso somente ponto a ponto, para antena omni-direcional não vale.

    PTx ------ Antena

    30 dbm ----- 6 db
    29 dbm ----- 9 db
    28 dbm ----- 12 db
    27 dbm ----- 15 db
    26 dbm ----- 18 db
    25 dbm ----- 21 db
    24 dbm ----- 24 db
    23,67 dbm ----- 25 db (seu caso)
    23 dbm ----- 27 db
    22 dbm ----- 30 db
    .
    .
    .
    .
    Última edição por ryiades; 22-11-2008 às 10:22. Razão: erro de edição