Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Olá,

    Citação Postado originalmente por tianguapontocom Ver Post
    Tenho um ptp com HPNA 3.0 em 500 metros chegando os 128 na ponta dos HPNA.Utilizei o cabo coaxial RG59 com 60% de malha.
    O preço do cabo foi quase o preço do metro da fibra monomodo.
    Depois que coloquei o HPNA consegui o metro da fibra a 2,00 e consegui o inversores a 400,00 cada.
    Quer dizer o HPNA e muito bom, mas hoje não vale a pena utilizar pq sai quase o mesmo preço da fibra
    Quanto você pagou pelo cabo RG59? Pois o preço não deve passar de R$ 0,80 o metro sendo que para quantidades maiores sai a base de R$ 0,45 e para essa distância seria mais recomendável o RG6
    Para um ponto a ponto em HPNA 3.0 Coaxial é necessário dois Conversores (como abaixo) e voc~e configura o primeiro como master e o segundo como End Point
    http://www.hpnabrasil.com.br/images/...os/cts3500.jpg
    Para uma rede de distribuição mesmo, você coloca um Master (como abaixo) e pode ligar até 40 Conversores (40 assinantes) a distâncias variadas.
    http://www.hpnabrasil.com.br/images/.../cts3501ec.gif

    Qualquer dúvida me procure pois sou representante da Cianet, único fabricante brasileiro de equipamentos HPNA.

    Abraços,

    Robinson Venturini
    robinson@hpnabrasil.com.br
    HPNA Brasil

  2. Olá Robinson, estamos projetando uma rede cabeada para a cidade, já trabalhamos com wireless e estamos com interesse em mudar. Tens fotos de algum projeto para provedor que os cabos coaxiais são passados nos postes e os clientes são atendidos com TAPs e conversores?

    Nosso projeto aqui é bastante extenso, temos interesse em cabear a cidade gradualmente, porém completamente, dessa forma, teriamos que ter switchs master fixados nos postes, como seria feita a alimentação desses equipamentos? Eu teria que passar outro cabo somente para alimentação ou existe outra forma?

    Outra coisa, o firmware do conversor que no caso ficaria na casa do cliente possui um sistema de roteamento para fazer por exemplo uma conexão PPPoE dentro da rede?

    Desde já agradeço.

    Se puder me add no msn para conversarmos sobre valores de equipamentos agradeço.

    valdecir[arroba]zapeando.com



  3. Olá IPCorpore,
    ,
    Citação Postado originalmente por IPCorpore Ver Post
    Nosso projeto aqui é bastante extenso, temos interesse em cabear a cidade gradualmente, porém completamente, dessa forma, teriamos que ter switchs master fixados nos postes, como seria feita a alimentação desses equipamentos? Eu teria que passar outro cabo somente para alimentação ou existe outra forma?

    Outra coisa, o firmware do conversor que no caso ficaria na casa do cliente possui um sistema de roteamento para fazer por exemplo uma conexão PPPoE dentro da rede?
    http://www.hpnabrasil.com.br/images/...instalando.jpg

    O CTS3502E da Cianet é equipamento para ser colocado na rua. Possuiu duas portas coaxial, um ethernet e no modelo CTS3502EF uma porta de fibra ótica. Esse equipamento atende 40 clientes em cada uma de suas duas portas.
    Existe três possíveis maneira de você levar o sinal de Internet até ele para que ele injete esse sinal na rede coaxial através do sinal HPNA.

    • Por meio de Fibra ótica. Os preços de fibra tem caido muinot. A Coanet vende um transmissor de fibra que custa abaixo dos R$ 300,00 (um em cada ponta) e pode-se encontrar fibra de R$ 3,00 o metro (acho que seis fibras em cada cabo). Para cada nó utiliza-se apenas uma fibra.
    • Entrada ethernet. Aí entra a criatividade e caracteristicas de cada projeto.
      • Colocar rádio de maior potência em cada nó HPNA e a partir dali levar pelo cabeaemnto,
      • Instalar um Conversor (End Point) em uma caixa no poste ou dependurada na cordoalha e receber do master anterior fazendo um cascateamento (funciona). Pode ser ligado no bico do tap ou depedendendo da distância um cabo rg6 ou rg11 em praralelo (não muinto recomendado).

    • Transformando uma das portas de master para End Point e assim receber o sinal do Master anterior via cabo coaxial. Um lado vai receber o sinal e o outro repassar adiante para 40 clientes.
      • Desvantagem: a sub-utilização do equipamento
      • Vantagem: a facilidade de realizar essa tarefa, é muinto simples basta verificar se tem sinal suficiente para abastecer o equipamento e uma pequena configuração.


    Existem soluções hibridas onde leva-se fibra até um primeiro CTS3502EF em uma região e a partir dali atende-se os demais pelos outros meios citados acima.

    Quanto ao PPPoE funciona sim sem problemas, embora muintos provedores não tem precisado dele bastando usar o mikrotik sem essa função.

    Favor visitar eu site www.hpnabrasil.com.br para mais informações.

    Interessando por mais informações por favor envie um email e poderemos tratar de mais detahes do seu projeto, principalmente a questão de preços e facilidades.

    Se mais alguém quiser informações mais detalhada podem entrar em contato informando nome, site do seu provedor (se tiver) e alguma descrição do seu projeto ou dúvida para ajudar na resposta.

    Cordialmente,

    Robinson Venturini
    Agente de Negócios da Cianet
    Email: robinson@hpnabrasil.com.br
    Site: www.hpnabrasil.com.br
    Última edição por rrventurini; 15-09-2008 às 06:15.






Tópicos Similares

  1. Como configurar um servidor de internet com 2 placas de rede
    Por salsa no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 15-09-2005, 14:09
  2. firewall 2 placas de rede, server de internet
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 29-06-2005, 22:25
  3. Linux como Gateway de Internet p/ Rede WinXP
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 06-12-2004, 19:04
  4. Placa de Rede (3Com) no Slack e configurações de internet
    Por Mr. Porlock no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 08-02-2004, 11:34
  5. Respostas: 42
    Último Post: 27-12-2002, 16:54

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L