Página 1 de 5 12345 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão É futuro investir em provedor wireless atualmente

    Olá pessoal hoje estou entrando com uma dúvida que a algum tempo esta me preocupando, eu geralmente antes de investir em alguma técnologia procuro me informar sobre as tendencias do mercado, hoje presto acessoria em wireless e sou sócio de um provedor de internet wireless.

    A dúvida que gostaria de compartilhar é esta.

    No cenario atual onde concorencia na area de internet não falta exemplo 3G, ainda vale a pena se investir na técnologia wireless como provedor.

    Gostaria de opiniões sérias de pessoas que realmente estão na area, e que se preocupam em expandir sua rede atual, gostaria também de colher informações sobre serviços adicionais que hoje são oferecidos e que estão mantendo a clientela.

    No mais fico agradecido em poder compartilhar essa minha dúvida que parece piolho na minha cabeça, caso o tópico esteja em local errado peço a gentileza que seja colocado no devido local.

    Fabio Gebauer

  2. #2

    Padrão

    Meu caro, tambem tenho essa duvida... acho q precisamos discutir melhor essa situação... no forum existem inumeros topicos relatando problemas, duvidas, etc... acredito q precisamos dividir os grupos... os "com problemas" e os "preocupados"... entendo que cada caso é um caso, tem lugar onde provedores concorrem com uma operadora, porém mais cedo ou mais tarde terão mais concorrentes, como é o meu caso aqui em São Paulo, além das operadoras agora vem internet pela rede eletrica... e pra acabar mesmo.
    Acredito que as associações deveriam dividir os provedores por região, ou ainda, os provedores de determinadas regiões deveriam se unir... por exemplo, não vejo como evoluir em wireless, se quiser ter diferencial o negocio e cabear... o custo é alto, legal, um coisa é cobrar 10Km de fibra outra é comprar 200, 300, 500... o custo cai e muito... se não tiver união vamos cair, um a um... pensem nisso !!!



  3. #3

    Padrão

    Olha, eu estou nessa área a 5 anos.... indo pra 6.

    Se pudesse voltar no passado eu pegaria tudo que já investi e investiria em outra coisa!!!!
    É algo desgastante, custoso e de concorrência muito acirrada.

    Hoje tenho uma boa clientela, e a mesma vem crescendo.... meu provedor tem um faturamento que chega a dar lucro, mas na minha cidade exitem outros investimentos com maior lucratividade (com certeza em outras cidades também)!

    Isso é minha opinião pessoal, mas se você estiver disposto a entrar ne mercado.... poste sua dúvidas que te ajudarei com o que estiver dentro do meu alcanse.

    Boa Sorte

  4. #4

    Padrão

    Citação Postado originalmente por ijr Ver Post
    Olha, eu estou nessa área a 5 anos.... indo pra 6.

    Se pudesse voltar no passado eu pegaria tudo que já investi e investiria em outra coisa!!!!
    É algo desgastante, custoso e de concorrência muito acirrada.

    Hoje tenho uma boa clientela, e a mesma vem crescendo.... meu provedor tem um faturamento que chega a dar lucro, mas na minha cidade exitem outros investimentos com maior lucratividade (com certeza em outras cidades também)!

    Isso é minha opinião pessoal, mas se você estiver disposto a entrar ne mercado.... poste sua dúvidas que te ajudarei com o que estiver dentro do meu alcanse.

    Boa Sorte

    Voce tem alguma experiencia em redes mesh tenho um interesse em especial nessa area, em que estado vc esta situado



  5. #5

    Padrão

    Citação Postado originalmente por geba3uer Ver Post
    Voce tem alguma experiencia em redes mesh tenho um interesse em especial nessa area, em que estado vc esta situado
    Tem tópico antigo sobre Mesh e entrando em contato direto com um dos colegas ele me relatou que deu muito gargalo e retardo na rede e acabou desistindo.

    Quanto ao nosso futuro, é negro. O negócio é ir usando o que se tem sem pensar em investir muito. As tecnologias estão mudando muito rapidamente e nós não conseguiremos acompanhar, sem falar nas limitações que a propria legislação nos impõe mas não às grandes Teles. Tem um ou dois tópicos aí rodando no momento, sobre este assunto.

  6. #6

    Padrão

    Apesar de todas dificuldades acho que ainda temos algumas vantagens, pois a maioria aqui presta serviçoes gerais em informática, eu conserto até monitores, CRT, LCD tá difícil peça! Isso acaba gerando alguma segurança para nossos clientes. O problema maior que vejo hoje é a imposição de tecnologia que temos, sendo obrigados a usar produtos homologados, sendo que eles nunca são os melhores. Uma outra vantagem, é que atendemos zonas rurais, e pequenas cidades onde não chega outra coisaa não ser rádio.



  7. #7

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Nano2 Ver Post
    Meu caro, tambem tenho essa duvida... acho q precisamos discutir melhor essa situação... no forum existem inumeros topicos relatando problemas, duvidas, etc... acredito q precisamos dividir os grupos... os "com problemas" e os "preocupados"... entendo que cada caso é um caso, tem lugar onde provedores concorrem com uma operadora, porém mais cedo ou mais tarde terão mais concorrentes, como é o meu caso aqui em São Paulo, além das operadoras agora vem internet pela rede eletrica... e pra acabar mesmo.
    Acredito que as associações deveriam dividir os provedores por região, ou ainda, os provedores de determinadas regiões deveriam se unir... por exemplo, não vejo como evoluir em wireless, se quiser ter diferencial o negocio e cabear... o custo é alto, legal, um coisa é cobrar 10Km de fibra outra é comprar 200, 300, 500... o custo cai e muito... se não tiver união vamos cair, um a um... pensem nisso !!!
    Meus companheiros, hoje em dia investir em wireless é lucrativo sim. É tanto que até as operadoras estão entrando nesse ramo (3G, é tecnologia wireless...). Agora investir em Wi-Fi a essa altura do campeonato, só se vc morar em um lugar que outras tecnologias ainda num chegou. Eu tenho um provedor de porte medio, e uso Wi-fi pra conectar meus clientes, como atuo em cidades pequenas essa tecnologia me atende bem. Agora estou começando a me preparar pra Wimax.
    Estou adiquirindo uma estação base Wimax que utiliza uma frequencia não licenciada. (2.4Ghz-2.49Ghz) usando canais com largura de banda alta cujo a interferencia do wi-fi num atrapalha.
    O investimento é alto, mais compensa pois é a tecnologia do futuro
    Melhor que 3G. Minha grande dificuldade é com equipamento cliente que ainda está caro, mais comprando um lote de 1.000 peças consegue-se um bom preço.
    Quero dizer que essa é a unica solução pra nós no momento, se num conseguirmos até 2010 estarmos dentro dessa inclusão sera tarde demais. Pois acredito que nesse periodo de 02 anos as teles teram expandido muito suas redes 3G. E outra, essa questão de internet por meio elétrico é uma utopia, em Paises de primeiro mundo onde milhões num quer dizer muita coisa essa tecnologia está engatinhando e num tem muito mercado ainda, aqui no brasil a coisa vai ser bem mais lenta, bem mais lenta.

  8. #8

    Padrão

    Este assunto tem me tirado o sono, principalmente depois que os candidatos a prefeito das cidades onde tenho provedor estão dizendo em suas campanhas que irão fornecer internet de graça pra população.

    A questão é: concorrer com quem cobra pelo serviço não é tão dificil, mas concorrer com a prefeitura que fornece de graça?! sem lógica, mesmo sendo um serviço de péssima qualidade (tenho certeza que vai ser), quantos pagarão por um serviço que se tem de graça?

    Veja o caso da tv por assinatura, o Brasil tem mais de 170 milhões de habitantes, quantos pagam pra ter canais de tv? (será que dá 1 milhão?? 0,5% do total)... não sei não mas o cenário é meio pessimista.

    Agora vem agregar valor, fornecer telefonia, etc, etc outros serviços pra que se possa sobreviver...

    Mas será que as grandes teles vão deixar de graça as prefeituras comprando um link de 10megas por exemplo, e tirando uns 4000 assinantes de adsl deles? Que prejuízo.... no Brasil o interesse defendido é sempre dos grandes (não se pode esquecer da lei da inclusão digital, que pode tb mudar o rumo das coisas).

    Quanto ao wimax e outros, rapaz eu tenho 2 anos neste ramo, ainda não tirei um centavo pra mim, sempre tem necessidade de investir e pagar o monte de impostos que bostatel nos cobra, governo, prefeitura, etc, etc... sem levar em conta que ainda não paguei todas as dividas que fiz pra começar...

    Afff, que desabafo.... é esperar pra ver... ou pular fora!!!
    Última edição por netosdr; 13-09-2008 às 11:43.



  9. #9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por EDBRITO Ver Post
    Meus companheiros, hoje em dia investir em wireless é lucrativo sim. É tanto que até as operadoras estão entrando nesse ramo (3G, é tecnologia wireless...). Agora investir em Wi-Fi a essa altura do campeonato, só se vc morar em um lugar que outras tecnologias ainda num chegou. Eu tenho um provedor de porte medio, e uso Wi-fi pra conectar meus clientes, como atuo em cidades pequenas essa tecnologia me atende bem. Agora estou começando a me preparar pra Wimax.
    Estou adiquirindo uma estação base Wimax que utiliza uma frequencia não licenciada. (2.4Ghz-2.49Ghz) usando canais com largura de banda alta cujo a interferencia do wi-fi num atrapalha.
    O investimento é alto, mais compensa pois é a tecnologia do futuro
    Melhor que 3G. Minha grande dificuldade é com equipamento cliente que ainda está caro, mais comprando um lote de 1.000 peças consegue-se um bom preço.
    Quero dizer que essa é a unica solução pra nós no momento, se num conseguirmos até 2010 estarmos dentro dessa inclusão sera tarde demais. Pois acredito que nesse periodo de 02 anos as teles teram expandido muito suas redes 3G. E outra, essa questão de internet por meio elétrico é uma utopia, em Paises de primeiro mundo onde milhões num quer dizer muita coisa essa tecnologia está engatinhando e num tem muito mercado ainda, aqui no brasil a coisa vai ser bem mais lenta, bem mais lenta.
    Amigo vc poderia me passar alguns detalhes se assim for possivel sobre esses equipamentos wimax que vc esta de olho, eu particularmente estou de olho nesta técnologia mas ainda não achei nada que pudesse usar na pratica como provedor e ao mesmo tempo no cliente, voce tem noção de preço desses equipamentos.

    Obrigado

  10. #10

    Padrão

    Citação Postado originalmente por EDBRITO Ver Post
    Meus companheiros, hoje em dia investir em wireless é lucrativo sim. É tanto que até as operadoras estão entrando nesse ramo (3G, é tecnologia wireless...). Agora investir em Wi-Fi a essa altura do campeonato, só se vc morar em um lugar que outras tecnologias ainda num chegou. Eu tenho um provedor de porte medio, e uso Wi-fi pra conectar meus clientes, como atuo em cidades pequenas essa tecnologia me atende bem. Agora estou começando a me preparar pra Wimax.
    Estou adiquirindo uma estação base Wimax que utiliza uma frequencia não licenciada. (2.4Ghz-2.49Ghz) usando canais com largura de banda alta cujo a interferencia do wi-fi num atrapalha.
    O investimento é alto, mais compensa pois é a tecnologia do futuro
    Melhor que 3G. Minha grande dificuldade é com equipamento cliente que ainda está caro, mais comprando um lote de 1.000 peças consegue-se um bom preço.
    Quero dizer que essa é a unica solução pra nós no momento, se num conseguirmos até 2010 estarmos dentro dessa inclusão sera tarde demais. Pois acredito que nesse periodo de 02 anos as teles teram expandido muito suas redes 3G. E outra, essa questão de internet por meio elétrico é uma utopia, em Paises de primeiro mundo onde milhões num quer dizer muita coisa essa tecnologia está engatinhando e num tem muito mercado ainda, aqui no brasil a coisa vai ser bem mais lenta, bem mais lenta.
    Eu também acho que wi-fi está com os dias contados.
    Já que voce entrou pelo Wimax, qual o investimento para uma base? E para clientes?

    Dá uma olhada no site da Huawei e me diz se é por aí o caminho das pedras.



  11. #11

    Padrão

    Citação Postado originalmente por netosdr Ver Post
    Este assunto tem me tirado o sono, principalmente depois que os candidatos a prefeito das cidades onde tenho provedor estão dizendo em suas campanhas que irão fornecer internet de graça pra população.

    A questão é: concorrer com quem cobra não é tão dificil, mas concorrer com a prefeitura que fornece de graça?! sem lógica, mesmo sendo um serviço de péssima qualidade (tenho certeza que vai ser), quantos pagarão por um serviço que se tem de graça?

    Veja o caso da tv por assinatura, o Brasil tem mais de 170 milhões de habitantes, quantos pagam pra ter canais de tv? (será que dá 1 milhão?? 0,5% do total)... não sei não mas o cenário é meio pessimista.

    Agora vem agregar valor, fornecer telefonia, etc, etc outros serviços pra que se possa sobreviver...

    Mas será que as grandes teles vão deixar de graça as prefeituras comprando um link de 10megas por exemplo, e tirando uns 4000 assinantes de adsl deles? Que prejuízo.... no Brasil o interesse defendido é sempre dos grandes (não se pode esquecer da lei da inclusão digital, que pode tb mudar o rumo das coisas).

    Afff, que desabafo.... é esperar pra ver... ou pular fora!!!

    Amigo concordo com voce e pra falar a verdade ja estive pensando sobre isso, existe uma tendencia na minha opinão de a internet baixar cada vez mais o preço até chegar perto de ser de graça, o que eu estava pensando essa semana, porque não usar esta estrategia e começar a pensar em retirar receita de outra maneira dos clientes, ja que as prefeituras estão começando com essa ideia de internet de graça eu estou pensando em ser o primeiro a vender esse serviço a eles e ganhar com a clientela, sei la a ideia ainda esta confusa pois quando se pensa no futuro e se sabe que a perda de receita é certa chega a dar um arrepio.

  12. #12

    Padrão

    Citação Postado originalmente por geba3uer Ver Post
    Amigo concordo com voce e pra falar a verdade ja estive pensando sobre isso, existe uma tendencia na minha opinão de a internet baixar cada vez mais o preço até chegar perto de ser de graça, o que eu estava pensando essa semana, porque não usar esta estrategia e começar a pensar em retirar receita de outra maneira dos clientes, ja que as prefeituras estão começando com essa ideia de internet de graça eu estou pensando em ser o primeiro a vender esse serviço a eles e ganhar com a clientela, sei la a ideia ainda esta confusa pois quando se pensa no futuro e se sabe que a perda de receita é certa chega a dar um arrepio.
    Rapaz eu pensei nisso e tive rondando as prefeituras aqui da região... vc acha que a prefeitura vai comprar o link da gente ou mesmo nos contratar pra prestar o serviço da cidade?? eu acho que não..

    Política é o maior jogo de interesses que eu já vi, todos os municípios que eu fui, cada prefeitura tem seu "técnicú", que cambada de incompetente, não sabe nem o que é "mikrotik", "wi-fi", "wimax"... e ainda bacam os espertos... aff Brasil mundo dos curiosos, profissão sem regulamentação é isso que dá!

    Nestes municipios que estivemos, alguns prefeitos já nos descartaram de principio, que já tinham o seu técnicu...

    Agora se vc tiver um QI, ai pode rolar... mas imagina a encheção de saco e a quantidade de gente, quanto vc cobraria pra atender cada usuario da prefeitura?? Será que eles se dispõe a pagar algo perto disso?!?!



  13. #13

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Eu também acho que wi-fi está com os dias contados.
    Já que voce entrou pelo Wimax, qual o investimento para uma base? E para clientes?

    Dá uma olhada no site da Huawei e me diz se é por aí o caminho das pedras.
    olha eu irei utilizar tecnologia da Aperto networks wave4000 com cliente usb pra notebook e uns router cliente pra conexão residencial e empresarial, tem tambem uma CPE pra conexões mais distantes.
    O investimento da ERB tá na casa dos R$ 30.000,00 isso a solução da Aperto. Já os equipamentos clientes em torno de 300,00 o USB pra Notebook, e 500,00 o route pra empresas e residencias, o caro mesmo é o CPE que custa em media R$ 1100,00
    Essa tecnologia pra minha necessidade resolve pois o cliente mais distante que irei conectar nessa erb está a 3km, mais acredito que dá pra conectar cliente até uns 5km sem necessidade de antena. Após isso só com CPE.
    Para mais informações é só postar ok!

  14. #14

    Padrão

    Citação Postado originalmente por EDBRITO Ver Post
    olha eu irei utilizar tecnologia da Aperto networks wave4000 com cliente usb pra notebook e uns router cliente pra conexão residencial e empresarial, tem tambem uma CPE pra conexões mais distantes.
    O investimento da ERB tá na casa dos R$ 30.000,00 isso a solução da Aperto. Já os equipamentos clientes em torno de 300,00 o USB pra Notebook, e 500,00 o route pra empresas e residencias, o caro mesmo é o CPE que custa em media R$ 1100,00
    Essa tecnologia pra minha necessidade resolve pois o cliente mais distante que irei conectar nessa erb está a 3km, mais acredito que dá pra conectar cliente até uns 5km sem necessidade de antena. Após isso só com CPE.
    Para mais informações é só postar ok!
    Se conectar em 3km sem antena já está muito bom.
    Você disse que a base ficaria em 30.000. O que irá compôr esta base, já que voce achou caro o CPE por 1.100,00.
    É torre mais alta?

    Quais as especificações destes equipamentos, como frequencia, potencia, protocolo, etc.



  15. #15

    Padrão

    Citação Postado originalmente por netosdr Ver Post
    Rapaz eu pensei nisso e tive rondando as prefeituras aqui da região... vc acha que a prefeitura vai comprar o link da gente ou mesmo nos contratar pra prestar o serviço da cidade?? eu acho que não..

    Política é o maior jogo de interesses que eu já vi, todos os municípios que eu fui, cada prefeitura tem seu "técnicú", que cambada de incompetente, não sabe nem o que é "mikrotik", "wi-fi", "wimax"... e ainda bacam os espertos... aff Brasil mundo dos curiosos, profissão sem regulamentação é isso que dá!

    Nestes municipios que estivemos, alguns prefeitos já nos descartaram de principio, que já tinham o seu técnicu...

    Agora se vc tiver um QI, ai pode rolar... mas imagina a encheção de saco e a quantidade de gente, quanto vc cobraria pra atender cada usuario da prefeitura?? Será que eles se dispõe a pagar algo perto disso?!?!

    Amigo isso realmente é uma coisa que não tem como discutir, precisa conhecer os cara da politica afinal de contas não se faz nada sem eles (infelizmente), agora uma coisa boa nessa questão que vc falou é que como o sinal é montado por pessoas sem a menor qualificação na area o sinal tbem é um lixo e no final de contas os clientes acabam voltando, minha preocupação nesse sentido é mesmo a 3G isso ta complicado sem fala nos investimentos da Embratel que tambem ta pegando pesado, vc conhece alguma regulamentação desses projetos da prefeitura, uma coisa que eu estava pensando aqui é criar uma mensalidade baixa onde o cliente paga apenas o custo mesmo e começar a pensar em outros serviços para com o tempo não ser tão dependente da internet em si.

  16. #16

    Padrão

    Citação Postado originalmente por EDBRITO Ver Post
    olha eu irei utilizar tecnologia da Aperto networks wave4000 com cliente usb pra notebook e uns router cliente pra conexão residencial e empresarial, tem tambem uma CPE pra conexões mais distantes.
    O investimento da ERB tá na casa dos R$ 30.000,00 isso a solução da Aperto. Já os equipamentos clientes em torno de 300,00 o USB pra Notebook, e 500,00 o route pra empresas e residencias, o caro mesmo é o CPE que custa em media R$ 1100,00
    Essa tecnologia pra minha necessidade resolve pois o cliente mais distante que irei conectar nessa erb está a 3km, mais acredito que dá pra conectar cliente até uns 5km sem necessidade de antena. Após isso só com CPE.
    Para mais informações é só postar ok!

    Amigo nessa area de wimax que com certeza é futuro voce pretende usar apenas internet e telefone ou pretende agregar serviços como tv junto, vc ja tem alguma ideia de homologação desses equipamentos e previsão e vendas com fornecedor no Brasil, acho que seria interessante uma area para discutirmos essas tendencias que na minha opinião vai definir se ficamos ou não no mercado.



  17. #17

    Padrão

    Citação Postado originalmente por EDBRITO Ver Post
    olha eu irei utilizar tecnologia da Aperto networks wave4000 com cliente usb pra notebook e uns router cliente pra conexão residencial e empresarial, tem tambem uma CPE pra conexões mais distantes.
    O investimento da ERB tá na casa dos R$ 30.000,00 isso a solução da Aperto. Já os equipamentos clientes em torno de 300,00 o USB pra Notebook, e 500,00 o route pra empresas e residencias, o caro mesmo é o CPE que custa em media R$ 1100,00
    Essa tecnologia pra minha necessidade resolve pois o cliente mais distante que irei conectar nessa erb está a 3km, mais acredito que dá pra conectar cliente até uns 5km sem necessidade de antena. Após isso só com CPE.
    Para mais informações é só postar ok!
    Legal, mais podemos usar mesmo? Está homologado?

  18. #18

    Padrão

    Bom dia Amigos do forum


    Realmente o futuro do Wireles é um pouco incerto com o adivento da tecnilogia 3G das operadoras celulares, porem acredito que como em todo ramo de atividade seja preciso que nos adaptemos as adversidades, precisamos oferecer uma variedade de serviços e possibilidades aos nossos clientes para poder dar motivos o suficiente para que eles nao queiram mudar de provedor.

    Falo por experiencia propria, pois em minha regiao existe uma cooperativa agricola que distribui internet, nao chega a ser de graça como os prefeitos querem distribuir, porem os cooperados tem a possibilidade de pagar na safra descontando a mensalidade de seus saldos de graos, ou seja o cliente paga a cada seis meses, mesmo assim o nosso provedor vem ganhando clientes a cada dia, pois estamos oferecendo qualidade, equipe tecnica responsavel e treinada, telefone para atendimento ao cliente, resolução de problemas com prazo de no maximo 48 horas, painel de assinante com serviços basicos como extrato de horas, 2º via de boleto, abertura de chamados, coisas simples porem que fazem a diferença na hora do cliente contratar o serviço.

    Para os que estao um pouco apreencivos com a chegada das eleições e alguns candidatos usarem em suas plataformas de campanha a distribuição de internet wireless gratuitas, acredito tambem que devemos ser um pouco seticos quanto a isso, afinal todos nos sabemos que as coisas nao sao tao simples assim, tem a questao da parte tecnica, aquisição de link, pessoal para as instalações, projeto para licença junto a anatel, que por sinal nao difere muito da nossa (procurem por SLP), ou seja o custo e a dor de cabeça é muito alto, mas se mesmo assim um ou outro prefeito quiser mesmo abraçar a causa, podem ter certeza que vai existir o perfil de usuario que vai usar a "ruinternet" da prefeitura e o usuario que mesmo assim vai preferir pagar por um serviço de qualidade.

    Em relação a novas tecnologias, temos que ter em mente que tudo isto gera um custo um pouco alto, sem falar que nossas estações foram recentemente mudadas para mikrotik ou outras tecnologias parecidas, com isto investimos em routerboards, licenças de software, antenas de qualidade melhor, tudo isso num prazo de 7 à 5 anos, e alguns provedores ainda nao tiveram o retorno de seu investimento, o que precisamos é atrelar o maximo de qualidade e serviços aos nossos clientes para que o wirelles sobreviva durante mais alguns anos.


    Abraços à todos



    Marcelo
    CCNA - LINUX - MIKROTIK
    ...:: VIA LOCAL NET ::...
    msn [email protected]



  19. #19

    Padrão

    Ola amigos!
    Olha eu penso assim:

    Tem que se trabalhar com qualidade de serv~ço, como nosso amigo citou acima, e ficar experto em novas tecnologias que valer a apena o investimento, mas hoje, internet tem de vários tipos, mas oque realmente conta é a qualidade no serviço.

  20. #20

    Padrão

    Citação Postado originalmente por mgn5005 Ver Post
    Bom dia Amigos do forum


    Realmente o futuro do Wireles é um pouco incerto com o adivento da tecnilogia 3G das operadoras celulares, porem acredito que como em todo ramo de atividade seja preciso que nos adaptemos as adversidades, precisamos oferecer uma variedade de serviços e possibilidades aos nossos clientes para poder dar motivos o suficiente para que eles nao queiram mudar de provedor.
    Pois é esta "tal" de 3G que está preocupando todo mundo. Todos os serviços agregados poderão realmente ajudar, mas vai chegar num ponto em que o usuário vai exigir mobilidade. Afinal notebook já está se popularizando.

    Temos que descobrir algumas possibilidades técnicas dentro da faixa destinada a nós em 2.4 ou 5.8. Mas precisa ser algo que ofereça esta mobilidade. Senão, não vai ter qualidade de serviço que segure o cliente. Será que a tecnologia MIMO, poderá suprir esta necessidade?

    E volto a chamar a atenção para o uso das frequencias de 850 e 1800 que as operadoras estão usando para distribuir internet. Não há previsão na legislação para isso. Mas quem se preocupa com legislação, a não ser para nos prejudicar? Será que Anatel tem força ou interesse para fazer valer a legislação? No mapa de distribuição de frequencias, estas não estão destinadas a dados ou internet. É só conferir no site da Anatel e verão o que digo.
    Concordo que a tecnologia hoje vai em direção a convergência. Mas afinal, lei é lei. E eles logo vão dar um jeito de mudar a lei.