+ Responder ao Tópico



  1. Salve galera...

    Me deparei com essa questão, existe a possibilidade de se fazer Sincronismo via satélite em equipamentos mais simples como MK e outros disponiveis no mercado.
    Todos os equipamentos de grande porte do mercado fazem sincronismo por GPS, o Canopy da Motorola tem o CMM, o SkyGateway da Skypilot tem GPs interno e só ativa as funções dele se ele fazer o sincronismo.
    Mas pq o tal sincronismo??
    Ele serve para que, caso vc tenha vários APs, um não interfira no outro. O Skypilot vai além, internamente, ele tem 7 ou 8 minisetoriais que somadas fazem os 360º, e ele faz isso com rotação de 10 000 voltas por segundo, fazendo com que, em determinado instante, sem que se consiga notar, ele atenda exclusivamente, os clientes conectados na setorial 1, por ex.

    Agora imagine a cena:

    Em uma torre, vc tenha 04 cartões, 04 setoriais, 04 canais diferentes. Só neste cenário não existe a possibilidade de um canala esteja interferindo em outro, ainda mais se vc desejar aumentar sua rede, ai sim fica totalmente impossível que seja escolhido um canal que não esteja usado.

    Agora imagine uma torre, em que se tenha umas 06 setoriais, cada um com seu Mk, e que eles trabalhem em conjunto, no mesmo canal, até no mesmo SSID e que um software faça a mesma coisa que o Skypilot faz, "que fiquem dando voltas" entre as setoriais, de uma forma dinamica.

    Vc conseguria atender mais clientes, uma melhora absurda de sinal e qualidade, pois se começar a encher os cartões, se adiciona mais um kit de setorial e Mk.

    Bom é isso, espero que todos cooperem..

    Victor Corrêa

  2. Caramba Victor,rs...vou ver o consigo a esse respeito.



  3. Citação Postado originalmente por juquianet Ver Post
    Salve galera...

    Me deparei com essa questão, existe a possibilidade de se fazer Sincronismo via satélite em equipamentos mais simples como MK e outros disponiveis no mercado.
    Todos os equipamentos de grande porte do mercado fazem sincronismo por GPS, o Canopy da Motorola tem o CMM, o SkyGateway da Skypilot tem GPs interno e só ativa as funções dele se ele fazer o sincronismo.
    Mas pq o tal sincronismo??
    Ele serve para que, caso vc tenha vários APs, um não interfira no outro. O Skypilot vai além, internamente, ele tem 7 ou 8 minisetoriais que somadas fazem os 360º, e ele faz isso com rotação de 10 000 voltas por segundo, fazendo com que, em determinado instante, sem que se consiga notar, ele atenda exclusivamente, os clientes conectados na setorial 1, por ex.

    Agora imagine a cena:

    Em uma torre, vc tenha 04 cartões, 04 setoriais, 04 canais diferentes. Só neste cenário não existe a possibilidade de um canala esteja interferindo em outro, ainda mais se vc desejar aumentar sua rede, ai sim fica totalmente impossível que seja escolhido um canal que não esteja usado.

    Agora imagine uma torre, em que se tenha umas 06 setoriais, cada um com seu Mk, e que eles trabalhem em conjunto, no mesmo canal, até no mesmo SSID e que um software faça a mesma coisa que o Skypilot faz, "que fiquem dando voltas" entre as setoriais, de uma forma dinamica.

    Vc conseguria atender mais clientes, uma melhora absurda de sinal e qualidade, pois se começar a encher os cartões, se adiciona mais um kit de setorial e Mk.

    Bom é isso, espero que todos cooperem..

    Victor Corrêa
    ola amigo vc pode dar mais um pouco de detalhes por favor pq eu ja estou com esse tipo de problema aqui nas minhas bases. tenho que aumentar e nao estou vendo pro onde aqui tenho 433 com 3 xr2600 em cada com painel

  4. bota os próximos painéis com polaridade horizontal.



  5. Pelo que sei o sincronismo através de GPS dos sistemas de transmissão de grande porte servem para que o relógio do sinal de transmissão seja recuperado de forma eficiente no próximo salto e com isso evitar o escorregamento do sinal.

    Como os circuitos nesses equipamentos normalmente são TDM (multiplexação por divisão do tempo) é importante o sincronismo do relógio para queo bit trafegado seja reconhecido pelo equipamento receptor.

    Bem, estou falando da camada de enlace de um sistema de transmissão típico então o equipamento não reconhece se os dados são IP, Frame Relay, etc.

    A topologia deste sistema normalmente possui um receptor GPS onde é extraido o sinal de sincronismo ligado a um equipamento de transmissão (master) e o relógio é inserido nos dados transmitidos. O outro equipamento fica sendo escravo deste primeiro equipamento e consegue recuperar o relógio.

    Dependendo da quantidade de saltos em diferentes equipamentos de um sistema de transmissão que um circuito irá passar vão existir outros receptores GPS para inserir novamente o sinal que pode estar degradado.

    Um sincronismo eficiente evita a famigerada taxa de erro de bit (BER) que quando chega na camada IP acaba por destruir um pacote inteiro obrigando o sistema das pontas (normalmente TCP) a retransmitir pacotes, degradando assim a banda de transmissão.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 7
    Último Post: 08-07-2013, 16:47
  2. WPA em rede Wi-Fi Outdoor é viável??
    Por lipeiori no fórum Redes
    Respostas: 24
    Último Post: 01-05-2008, 10:59
  3. Respostas: 2
    Último Post: 12-02-2007, 09:09
  4. MK qual placa wi-fi usar?
    Por Good_speed no fórum Redes
    Respostas: 10
    Último Post: 05-01-2007, 09:16
  5. ajuda com gps . . (novato em wi-fi)
    Por thiagog no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 05-03-2005, 01:53

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L