+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Exclamation Há Como Fixar a Conexão à 1MB dos clientes no cartão Engenius EMP-8602 ?

    Olá, gostaria de uma ajuda, nas placas c/ChipSet Ralink e outras, temos a opção de forçar a conexão do cliente à 1MB ao invés de 2MB, 5.5MB, ou 11MB, percebo q assim o Ponto de acesso, trabalha c/+ folga por não precisar manter uma taxa maior c/todos os clientes, vcs q são + experiente, apesar d alguns cliente sempre alterar pensando q sua net vai ficar+ rápida,rs.
    Há possibilidade de fazer essa configuração no cartão, fazer c/q tds clientes conectem à 1MB, até mesmo aqueles q usam placa pci c/ChipSet Realtek q n possui a opção de fixar a taxa de conexão ?
    Uso atualmente uma RB-433ah c/somente um cartão Engenius EMP-8602, ligado numa Omni Hyperlink 15dBM, à 22Mts. Uso a RB em Bridge WLAN>LAN2, onde mantenho um MK num pc embaixo fazendo td o controle, inclusive c/WebProxy ativo, +/- 54 Clientes, autenticação em PPPoE c/Ctrl de Banda.

    Agradeço antecipadamente as respostas...
    VALTER

  2. #2
    xargs -n 1 kill -9 Avatar de sergio
    Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Capital do Triângulo
    Posts
    5.202
    Posts de Blog
    9

    Padrão

    Acredito que você andou lendo umas lendas antigas do wifi...

    Se fosse para wifi funcionar a 1 Mbit, a indústria não teria desenvolvido para funcionar a 11 Mbit.

    Você tem é que forçar/configurar todos os clientes trabalharem a 11/54/108 Mbit, essa é a forma correta.

    A banda do AP é "dividida" entre os clientes e além disso ainda é necessário descontar o overhead, necessário para o gerenciamento do meio.
    Última edição por sergio; 02-01-2009 às 15:20.



  3. #3

    Padrão

    Obrigado pela atenção, tbm tinha chegado a essa conclusão, porém em algns clientes pude ver a seguinte questão, nas estações +longe, cerca de 3,2km, há clientes q se o utilitário da placa estiver em "auto", ele mantém em media 1 no máx. 2 mb, se setar 5,5 ou 11 mb, nem aparece no scan meu SID, isso em 6 clientes + longes e outros clientes cerca 8mt a 1,5km aceita tds as taxas, sendo q esses clientes distintos usam o mesmo tipo d placa, cabo e antena, inclusive os cabos uso d 6 no máx 10 mt.

    Com base nessa experiência pensei q se talvez pudesse gerenciar o cartão p/manter conexão entre os clientes a no máx 1mb, claro q o mesmo trabalhando em modo "B" C/Suporte a 11MB, ficaria melhor, daí eu cheguei nessa conclusão qto maior a distância, a taxa tbm vai caindo, td isso talvez possa ser apenas uma coincidência, mas podemos tbm ter como base um laptop c/WLAN onboard, conforme vms nos distanciando do ponto d acesso, automaticamente a taxa vai caindo, mesmo se for só em modo "B", inicia 11MB, 5,5MB, 2MB, até cair p/1MB. quer dizer q o AP, naquela distância consegue fazer o link à 1 MB, se aumentarmos no utilitários manualmente p/por ex. 5,5mb, o link deixa d existir.

    Por isso gosto do pessoal daqui, esta sempre disposto em nos ajudar.
    Grande abraço

  4. #4
    xargs -n 1 kill -9 Avatar de sergio
    Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Capital do Triângulo
    Posts
    5.202
    Posts de Blog
    9

    Padrão

    Na verdade é comum o MS Windows gerenciar mal a conexão sem fio. Use o software do próprio adaptador, junto com o driver do mesmo.

    Se está com problemas, nestas distâncias que mencionou, está na hora de rever a instalação dos clientes. Geralmente o problema se encontra neles.

    Se no AP conseguir monitorar o ACK, Sinal, SNR, e CCQ, são parâmetros que ajudarão a acertar a rede.

    ACK, quando meno melhor (o ideal é entre 20 e 30)
    Sinal, o ideal é acima de -60 dbm(-58, -55, -45...)
    SNR, o ideal é maior que 30, valores entre 23 e 30 são aceitáveis
    CCQ, sempre oscilando entre 90% e 100%.



  5. #5

    Padrão

    Essas opções de taxa de transferência são apenas para a placa ajusta os ACK, timeout e MTU.

  6. #6

    Padrão

    valtersan ,

    até concordo com os amigos, mas na prática a teoria é outra, algumas placas realmente trabalham melhores em menores bandas, sempre configuro meus clientes a 1mb, e por experiência própria alguns clientes só funcionaram bem quando reduzida a banda para o mínimo, no caso a 1mb.

    Para quem tem dúvida, temos exemplos nos manuais dos cartões Senao onde constam as relações entre Banda, distância e potência.

    Quanto menor a banda utilizada, maior a distância alcançada com a mesma potência de saida.

    Data Transfer Rate 11, 5.5, 2 and 1 Mbps, Auto Fall-Back

    Frequency Band 2.400~2.484 GHz

    Range (open environment)
    11 Mbps –300m/450m ( 23 dBm output power)
    5.5 Mbps –400m/600m ( 23 dBm output power)
    2 Mbps – 500m/750m ( 23 dBm output power)
    1 Mbps –800m/1200m ( 23 dBm output power)

    Alguns softwares não tem configuração de banda ou são automáticas, para configurar manualmente, vai nas propriedades da placa de rede sem fio e clica em configurar, avançado e procura por velocidade e configura o desejado.



  7. #7

    Smile

    Valtersan.

    Com relação a vossa pergunta, o ideal seria não usar placas, mas cada empresa com seu cenário.

    com relação a taxa de dados, imagina a seguinte situação.

    O seu ap seja ele mikrotik ou qq outro ap de plástico que tenha o mercado, qdo operando como um Access Point, ele em um espaço de tempo x vai atender um dos seus clientes, ou seja, o AP NÃO fala com todo mundo ao mesmo tempo. Durante esse atendimento entre seu ap e seu cliente ocorrem perguntas e respostas, sendo que se TX/RX estiverem em 11 mbps qdo operando em 802.11b haverá uma comunicação mais rápida. Agora se o próximo cliente a ser atendido, seu ap estiver em 11 Mbps e seu cliente a 1 mbps, o ap vai demorar 11 vezes mais tempo pra atender esse cliente, do que o cliente que esta em 11 mbps, causando dessa forma um atraso pra o atendimento de todas as próximas requisições.

    Pior do que clientes com 11/1 Mbps é clientes 11/1 Mbps + sinal ruim, qto chegar a esta situação, se vc verificar nos logs de um ap mikrotik vai ver a mensagem de "sent deauth", ai sim literalmente "fx*-u", porque além de uma lentidão na rede os clientes serão desconectados e conectados por alguns instantes, a cada vez que um deauth for enviado, por causa de um cliente trafegando a 1 mbps e com sinal ruim (Se não tem visada, ou o cliente esta fora do “zona de cobertura” não compensa instalar).

    No mikrotik, como outros aps existem recursos como o Access List e recursos de criptografia, por exemplo, para que somente clientes autorizados se conectem no seu Access Point.

    imagine seu access point aberto, ai um cliente do seu concorrente que não entende P*_a nenhuma resolve se associar a sua rede, porem a antena dele tah virada pra outro lado. Não precisa nem falar que o sinal dele vai ficar horrível que não vai conseguir negociar com o ap a 11 mbps, e que este intruso vai te causar uma baita dor de cabeça, para os demais clientes do pop. Portanto procurar usar segurança na rede, desde a simples implementação de access list, ou a implementação de criptografia avançada ira ajudar a minimizar a dor de cabeça.

    Então, resumindo:
    em uma rede ponto-multiponto operando em 802.11b todo mundo deve ficar setado a 11 mbps, se for plaquina explica pro cliente que qdo ligar o pc ele tem que conferir se realmente esta 11 mbps, ou simplesmente que não mexa onde não deve.

    para seus clientes distantes que soh funcionam com 1 mbps (Estranho), tente trocar as placas por rádios Ovislink ou qq ap de plástico com ap router embarcado. ( O ideal seria que fossem todos os seus clientes com Rádios ai vc seta pra 11 mbps no rádio, coloca senha, e pronto).

    Levar em consideração os parâmetros que o sr Sergio postou acima, pois são de fundamental importância.

    Com relação ao que o amigo Demo Bill colocou com relação ao cartão senao, não esta errado, mas isso se aplica a um link ponto a ponto, em situação que o objetivo é uma grande distancia e que a banda pode ser baixa. Setar um cliente para 1 mbps em uma rede ponto-multiponto somente vai ter dor de cabeça.

    Vale ainda lembrar, que se o amigo valtersan for trabalhar para colocar todos os seus clientes do seu access point em 11 mbps, somente vai sentir enorme diferença qdo todos estiverem fixados a 11 mbps enquanto tiver um cliente operando em 1 mbps ele vai continuar atrapalhando todos os demais clientes desse ap.

    espero te ajudado,
    um forte abraço.

  8. #8
    xargs -n 1 kill -9 Avatar de sergio
    Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Capital do Triângulo
    Posts
    5.202
    Posts de Blog
    9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Gilmar Ver Post
    Valtersan.

    Com relação a vossa pergunta, o ideal seria não usar placas, mas cada empresa com seu cenário.

    com relação a taxa de dados, imagina a seguinte situação.

    O seu ap seja ele mikrotik ou qq outro ap de plástico que tenha o mercado, qdo operando como um Access Point, ele em um espaço de tempo x vai atender um dos seus clientes, ou seja, o AP NÃO fala com todo mundo ao mesmo tempo. Durante esse atendimento entre seu ap e seu cliente ocorrem perguntas e respostas, sendo que se TX/RX estiverem em 11 mbps qdo operando em 802.11b haverá uma comunicação mais rápida. Agora se o próximo cliente a ser atendido, seu ap estiver em 11 Mbps e seu cliente a 1 mbps, o ap vai demorar 11 vezes mais tempo pra atender esse cliente, do que o cliente que esta em 11 mbps, causando dessa forma um atraso pra o atendimento de todas as próximas requisições.

    Pior do que clientes com 11/1 Mbps é clientes 11/1 Mbps + sinal ruim, qto chegar a esta situação, se vc verificar nos logs de um ap mikrotik vai ver a mensagem de "sent deauth", ai sim literalmente "fx*-u", porque além de uma lentidão na rede os clientes serão desconectados e conectados por alguns instantes, a cada vez que um deauth for enviado, por causa de um cliente trafegando a 1 mbps e com sinal ruim (Se não tem visada, ou o cliente esta fora do “zona de cobertura” não compensa instalar).

    No mikrotik, como outros aps existem recursos como o Access List e recursos de criptografia, por exemplo, para que somente clientes autorizados se conectem no seu Access Point.

    imagine seu access point aberto, ai um cliente do seu concorrente que não entende P*_a nenhuma resolve se associar a sua rede, porem a antena dele tah virada pra outro lado. Não precisa nem falar que o sinal dele vai ficar horrível que não vai conseguir negociar com o ap a 11 mbps, e que este intruso vai te causar uma baita dor de cabeça, para os demais clientes do pop. Portanto procurar usar segurança na rede, desde a simples implementação de access list, ou a implementação de criptografia avançada ira ajudar a minimizar a dor de cabeça.

    Então, resumindo:
    em uma rede ponto-multiponto operando em 802.11b todo mundo deve ficar setado a 11 mbps, se for plaquina explica pro cliente que qdo ligar o pc ele tem que conferir se realmente esta 11 mbps, ou simplesmente que não mexa onde não deve.

    para seus clientes distantes que soh funcionam com 1 mbps (Estranho), tente trocar as placas por rádios Ovislink ou qq ap de plástico com ap router embarcado. ( O ideal seria que fossem todos os seus clientes com Rádios ai vc seta pra 11 mbps no rádio, coloca senha, e pronto).

    Levar em consideração os parâmetros que o sr Sergio postou acima, pois são de fundamental importância.

    Com relação ao que o amigo Demo Bill colocou com relação ao cartão senao, não esta errado, mas isso se aplica a um link ponto a ponto, em situação que o objetivo é uma grande distancia e que a banda pode ser baixa. Setar um cliente para 1 mbps em uma rede ponto-multiponto somente vai ter dor de cabeça.

    Vale ainda lembrar, que se o amigo valtersan for trabalhar para colocar todos os seus clientes do seu access point em 11 mbps, somente vai sentir enorme diferença qdo todos estiverem fixados a 11 mbps enquanto tiver um cliente operando em 1 mbps ele vai continuar atrapalhando todos os demais clientes desse ap.

    espero te ajudado,
    um forte abraço.

    hehehehhee... cabra bão. Queria um filho assim.