Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por thiagotp26 Ver Post
    Em B realmente o sinal dos clientes ficam melhores, acho que vou ter que trocar a placa de rede dos clientes que não estão conectando em "B" ne...

    Não precisa, toda placa que trabalha em G tambem trabalha em B, basta ir no software dela e ajustar.

  2. Bem, ou seu servidor trabalha em B para todos os clientes ou em G para todos os clientes.

    Quando vocÊ coloca em B, todo mundo é forçado a usar B.

    Se você colocar em B/G, seu servidor vai pensar assim:
    Se todo mundo suportar G, eu vou usar G. Porém se 1 ou mais só suportar B, eu vou fazer todos conectarem como B.

    Enfim, ele tenta usar G se TODOS na rede suportarem G, caso contrario, ele usa B mesmo.


    G é mais rápido que B, porém B é mais estável para servidores externos (ambiente outdoor).

    Resumindo: Se você tem um provedor, mini-provedor, use B! A qualidade é melhor e todo mundo vai suportar.

    Se alguem nao estiver conseguindo se conectar a rede, você terá que ir na casa do cliente e mecher na conexão, alterando para B.

    Última edição por renangomes; 09-02-2009 às 21:11.



  3. Realmente trabalhar em modo misto B / G no servidor, não é uma boa idéia.

    O ideal é modo B

    Nos clientes, acerte as placas, USB´s ou AP´s para trabalharem em B

  4. Infelizmente venho a descordar de alguns foristas...

    Não há coisa melhor que trabalhar com uma rede em banda G, porém para se ter uma rede operando G é bem mais complicado pois vai depender muito dos equipamentos, alinhamento de antenas, qualidade de cabos e conectores.

    Realmente os equipamentos tem uma potencia bem mais reduzida quando trabalham em modo G o que para muitos acha que é pior.

    A tranmissão utilizando utilizada no protocolo 802.11g (OFDM) é bem mais trabalhada.

    Como te recomendaram, sete os clientes em B, faça ao contrário, já que não precisa de um tráfego grande na sua interface. Sete seu MK em somente B e deixe os cliente B/G. Como a torre só permite B seus clientes irão se conectar apenas B.

    Quando quiser fazer uma mudança, basta trocar o MK para G que todos os clientes que suportarem já irão trocar automaticamente sem a necessidade de ir na casa / empresa de cada um.

    Se ainda tiver um provedor com poucos cliente, tente trabalhar com G desabilitando no MK Data Rates as velocidades 1Mb, 2Mb, 5.5Mb, 6Mb e 9Mb.

    Se um cliente negociar estas taxas com sua torre é porque não está com um bom sinal tão logo no futuro poderá ter problemas com eles se conectando em sua torre.

    Ta ai minha sugestão.



  5. É, mas o problema relatado no primeiro post é que quando seta em B, alguns conectam normalmente e outros não. Quando troca para G, os que conectavam, não conectam mais, mas os outros passam a conectar.
    Eu nunca tinha visto isso, portanto, estou acompanhando com curiosidade.






Tópicos Similares

  1. Qual as diferenças entre várias distribuições?
    Por FabioRB no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 15
    Último Post: 03-02-2004, 16:18
  2. Diferença entre arquivos
    Por PASCHOAL no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 02-10-2003, 00:08
  3. Diferenças entre RH9 e Conectiva8x
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 16
    Último Post: 10-06-2003, 09:56
  4. DIFERENÇA ENTRE: SETUIDGID e ENVUIDGID
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 06-05-2003, 07:55
  5. Respostas: 7
    Último Post: 14-03-2003, 15:01

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L