Página 1 de 4 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Ola pessoal!


    Tenho uma duvida aqui que esta me deixando louco.


    Seguinte , todas os clientes da empresa para a que eu trabalho tem servidores rodando RAID 1.

    Um servidor com 2 discos do mesmo tamanho e fazendo espelhamento, ate aqui tudo bem entondo e consigo configurar sem problemas.

    Porem , quando eu desligo a maquina e tiro um disco do Raid a maquina sobe , e quando faco o mesmo com o outro disco, a maquina diz que nao consegue achar o Grub e nao consegue dar o Start no Linux.

    Isso 'e o que nao entendo , os discos deveriam ser uma copia identica um do outro e se um falhar , o outro tem que continuar funcionando , estou cerot?


    Por favor alguem ai poderia matar essa minha duvida?

    Nao estou entendendo.


    Obrigado Daniel

  2. não entendo muito do assunto, mas o RAID é em software ou em hardware? se for em software, será que ele nao tá fazendo o espelhamento só das partições, em vez do disco inteiro, e aí consequentemente a MBR não está sendo duplicada?



  3. É o ideal seria antes de tudo saber como está sendo feito o seu RAID, via SW ou HW, e quais
    partições estão no espelhamento.
    Existe um porém para isso pois em alguns casos alguns sistemas de RAID, quando não a maioria, ele tem uma espécie de ponteiro/indexes (me corrijam por favor) e quando vc tem
    2 discos espepelhados (0 e 1), se vc tirar o 1 você terá de dar um comando para sincronia ou re-sincronia entre eles, pois o sistema RAID terá um status de falha.
    Não tenho muita experiência com RAID via software com Linux, mas com Solaris acontecia isso, e, eu não poderia tirar o 0 pois daria este tipo de problema.
    Quando é por HW e são sistemas mais inteligentes um pouco, algumas controladoras já fazem a sincronia ou re-sincronia automática, isso especialmente para storage arrays, aquelas gavetas de discos com 1 ou mais controladoras RAID.
    Mesmo por HW o correto é epserar resincronizar para dai testar e tirar o outro disco.

    Em Softwares como os da antiga Veritas era +/- assim, porém um pouco mais complicado na parte de mão de obra, pois havia um esquema de encapsulamento dos discos, e isso era interessante por alguns lados e por outros nem tanto... Não me lembro bem como era passo-a-passo mas me recordo que não era tão simples!

  4. Citação Postado originalmente por dlabreu Ver Post
    Ola pessoal!


    Tenho uma duvida aqui que esta me deixando louco.


    Seguinte , todas os clientes da empresa para a que eu trabalho tem servidores rodando RAID 1.

    Um servidor com 2 discos do mesmo tamanho e fazendo espelhamento, ate aqui tudo bem entondo e consigo configurar sem problemas.

    Porem , quando eu desligo a maquina e tiro um disco do Raid a maquina sobe , e quando faco o mesmo com o outro disco, a maquina diz que nao consegue achar o Grub e nao consegue dar o Start no Linux.

    Isso 'e o que nao entendo , os discos deveriam ser uma copia identica um do outro e se um falhar , o outro tem que continuar funcionando , estou cerot?


    Por favor alguem ai poderia matar essa minha duvida?

    Nao estou entendendo.


    Obrigado Daniel
    Amigo, o pouco que eu entendo, o espelhamento e re-construção de dados entre hd´s, você pode usar o raid 5, que faz espelhamento entre 3 hd´s ou mais. abraço



  5. Sem querer ser mala ... mas completando a informação do "beirsdorf" o RAID 5 tem de ser feito com no mínimo 3 discos. Explicando de maneira bem básica o funcionamento do RAID5 é a escrita distribuida de paridade de informação de dados entre os discos que fazem parte deste RAID, de modo que no momento de gravação ele funciona +/- assim :

    |====================|
    |disco1|disco2|disco3|
    |====================|
    | dado |dado | parid.|
    |--------------------|
    |parid.|dado | dado |
    |--------------------|
    | dado |parid.| dado |
    ======================

    Desta forma o algorítimo do RAID5 irá dirtribuir um dado de paridade em cada disco e que
    quando um destes vir a parar de funcionar, a controladora irá recuperar as informação contidas neste disco através do cálculo de paridade.

    Problema, você não poderá perder mais de um disco pois se dois discos pararem de funcionar,
    ao mesmo tempo ou até a troca e re-construção do primeiro você perderá o volume todo.

    Solução para este caso, existem controladoras RAID que pode criar um disco para ser um "spare" do seu volume em RAID5, e neste caso e com boas e caras controladoras o disco de "spare" irá automaticamente assumir o lugar do primeiro disco que parou de funcionar, através da de-construção, de maneira automática.

    Esse tipo de configuração é muito comum em gabinetes de armazenamento de dados os "Storage Arrays", que visam ter uma maior disponibilidade do ambiente, onde inclusive se pode ter mais de uma controladora RAID no mesmo Storage e neste ainda pode ser conectados gavetas de disco do tipo JBOD (gavetas sem controlador RAID) para aumentar a capacidade, mas sendo administrados pelas controladoras do Storage principal.

    Acho que pude ajudar um pouco e espero não ter causado mais dúvidas, além de poder compartilhar um pouco do que eu conheço e já trabalhei!

    abs a todos !







Tópicos Similares

  1. Dúvida sobre vírus no Linux
    Por Nightwalker no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 30-08-2007, 07:07
  2. Dúvidas ao usar o Firebird no Linux.
    Por Bit no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 29-06-2005, 11:03
  3. Raid 0 no Linux RedHat 9
    Por CrashCrazy no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 08-06-2005, 09:40
  4. RAID 1 no Linux
    Por Vaza no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 23
    Último Post: 23-03-2005, 12:31
  5. duvidas seguranca no linux e problema com programas
    Por rivo no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 04-07-2004, 01:20

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L