+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Question VPN atravês IP dinâmico

    Boas..
    Sou novo por estas bandas, mas pelo que li no forum vocês percebem muito..

    Tenho um servidor debian com squid+iptables dentro de uma rede com acesso à internet atravês de um router speedtouch 546 sem ip fixo..

    Queria ligar 4 pc's windows que estão noutra ligação adsl a esta rede como posso fazer isso?

    Configurei o OpenVPN no servidor e instalei a versão windows nos pc's mas não funciona..

    Agradeço toda a ajuda..

  2. #2

    Padrão

    use o DynDNS.com: DNS Hosting, E-mail Delivery, VPS Hosting and Other Services para poder acessar o servidor por nome; o resto, é só seguir as instruções de configuração do OpenVPN, disponiveis na documentação do site.

    Informações como esta: ".. mas não funciona.. " não servem para nada, não são elucidativas



  3. #3

    Padrão

    Tem razão peço desculpa por não ter sido mais completo na minha pergunta..
    Já estou a utilizar o dyndsn como Host with IP address

    Config do Servidor
    dev tun
    log /etc/openvpn/vpn.log
    verb 3
    ifconfig 10.0.1.1 10.0.1.2
    secret static.key
    proto udp
    port 22221
    comp-lzo
    ping 15
    persist-tun
    persist-key

    Config do cliente windows
    remote xxx.dyndns.org
    dev tun
    ifconfig 10.0.1.2 10.0.1.1
    secret static.key
    proto udp
    port 22221
    keepalive 10 120
    comp-lzo


    No iptables tenho
    iptables -A INPUT -p udp --dport 22221 -j ACCEPT
    iptables -t nat -s 10.0.1.2 -A POSTROUTING -o eth0 -j MASQUERADE

    E digo que não funciona porque o cliente windows, tenta fazer a ligação e depois diz inactivity timeout.

    Desde já muito obrigado..

  4. #4

    Padrão

    bem.. falta pouca coisa, agora. Vou "chutar" de (pouca) memória de quando tive problemas com isso.

    a) aumente a verbosidade para 9 (verb 9) ao inves de 3; troque TAMBÉM o item
    "log /etc/openvpn/vpn.log" para "log /var/log/openvpn.log" pra ficar mais "civilizado" (rss - se temos um /var/log pra armazenar.. logs, não tem sentido ficar "espalhando pra todo lado", isso aqui NÃO É (R)WINDOWS) - risos.

    b) "suba" o servidor MANUALMENTE, e NÃO o deixe ir como 'daemon' que é pra leitura de erros. Isso é simples, basta ler o script de acionamento e fazer tudo manual EXCETO o comando que faz com que seja 'daemon'; com isso, tudo o que acontece fica direto no console. (é qualquer coisa como openvpn -config file /path.. etc)
    c) SE 'subir' sem erros, então basta um tail -f /var/log pra acompanharmos as conexões entrantes.

    agora (supondo-se que funciona o server):

    # netstat -nlpt (confira se está REALMENTE na porta 22221

    a partir de um cliente qualquer EXTERNO:
    telnet xxx.dyndns.org 22221

    claro que vai dar erro, mas pelo menos vc fica sabendo se não há um bloqueio qualquer (se chegar no servidor, claro).

    bem, agora a etapa final - a análise do trafego da conexão:

    tcpdump -vvi interface_externa -s 0 host ip_addr_do_host_externo udp port 22221
    e mande o cliente tentar a conexão.

    analise o fluxo de dados.

    Qualquer coisa, volte e a gente tenta entender isso - mas traga informações do log e (eventualmente) mensagens de erro.

    divirta-se.



  5. #5

    Padrão

    executei manualmente da seguinte maneira: openvpn --config /etc/openvpn/server.conf e ele não deu nenhum erro
    executei netstat -nlpt para ver se a porta estava a ser utilizada e não aparece

    executei o telnet e a determinada altura o log, dá-me o seguinte:

    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375422 I/O WAIT status=0x0020
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375489 ENCRYPT IV: 239295f3 3f84d15b
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375544 ENCRYPT FROM: 0000001e 49f07ce1 fa2a187b f3641eb4 cb07ed2d 0a981fc7 48
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375639 ENCRYPT TO: 239295f3 3f84d15b 21f47ccd eef7a5b8 5db0e465 da168122 b3413bc2 4e5d84e[more...]
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375687 TCP/UDP: No outgoing address to send packet
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375718 SENT PING
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375750 TIMER: coarse timer wakeup 1 seconds
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375784 RANDOM USEC=108265
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375819 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=3 arg=0x080a5b24
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375852 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=4 arg=0x080a5b20
    Thu Apr 23 15:40:49 2009 us=375894 I/O WAIT TR|Tw|SR|Sw [1/108265]


    Desculpe a ignorancia, mas sou novo em linux
    Na seguinte linha
    tcpdump -vvi interface_externa -s 0 host ip_addr_do_host_externo udp port 22221
    pelo que substituo host e ip_addr_do_host_externo

  6. #6

    Question

    executei manualmente da seguinte maneira:
    #/etc/init.d/openvpn stop
    #openvpn --config /etc/openvpn/server.conf -daemon
    e ele não deu nenhum erro

    executei
    #netstat -nlpt para ver se a porta estava a ser utilizada e não aparece

    Desculpe a ignorancia, mas sou novo em linux
    Na seguinte linha
    tcpdump -vvi interface_externa -s 0 host ip_addr_do_host_externo udp port 22221
    pelo que substituo host e ip_addr_do_host_externo



  7. #7

    Padrão


    acho que vc precisa prestar mais atenção no que a gente escreve, senão complica:
    "#openvpn --config /etc/openvpn/server.conf -daemon"

    eu disse NÃO DEIXE ir como daemon.. e vc deixou. Repita o comando SEM o "-daemon", powww...

    "Na seguinte linha
    tcpdump -vvi interface_externa -s 0 host ip_addr_do_host_externo udp port 22221
    pelo que substituo host e ip_addr_do_host_externo"

    adivinhe..

    man tcpdump (aqui vai a titulo de exemplo):

    tcpdump -vvi eth0 host 192.168.30.30 and udp and port 22221

    óbvio: substitua eth0 pela sua interface ethernet EXTERNA e 192.168.. pelo ip_addr real do cliente (r)windows; se não sabe, remova "host 192.. and " deixe "udp and port.."

    e vc NÃO informou o que leu no /var/log/..?

  8. #8

    Padrão

    Peço desculpa não tinha percebido bem..Fiz
    #/etc/init.d/openvpn stop
    # openvpn --config /etc/openvpn/server.conf
    # netstat -nlpt
    Resultado
    Código :
    Conexões Internet Ativas (sem os servidores)
    Proto Recv-Q Send-Q Endereço Local          Endereço Remoto         Estado      PID/Program name
    tcp        0      0 127.0.0.1:3306          0.0.0.0:*               OUÇA       2189/mysqld
    tcp        0      0 10.0.0.201:139          0.0.0.0:*               OUÇA       25807/smbd
    tcp        0      0 127.0.0.1:8080          0.0.0.0:*               OUÇA       2748/havp
    tcp        0      0 10.0.0.201:53           0.0.0.0:*               OUÇA       2076/named
    tcp        0      0 127.0.0.1:53            0.0.0.0:*               OUÇA       2076/named
    tcp        0      0 10.0.0.201:22           0.0.0.0:*               OUÇA       2247/sshd
    tcp        0      0 127.0.0.1:25            0.0.0.0:*               OUÇA       2730/exim4
    tcp        0      0 127.0.0.1:953           0.0.0.0:*               OUÇA       2076/named
    tcp        0      0 10.0.0.201:445          0.0.0.0:*               OUÇA       25807/smbd
    tcp        0      0 0.0.0.0:28990           0.0.0.0:*               OUÇA       24846/(squid)
    tcp6       0      0 :::7777                 :::*                    OUÇA       2799/java
    tcp6       0      0 :::9090                 :::*                    OUÇA       2799/java
    tcp6       0      0 :::9091                 :::*                    OUÇA       2799/java
    tcp6       0      0 :::5222                 :::*                    OUÇA       2799/java
    tcp6       0      0 :::5223                 :::*                    OUÇA       2799/java
    tcp6       0      0 fe80::250:fcff:fe39:139 :::*                    OUÇA       25807/smbd
    tcp6       0      0 :::5229                 :::*                    OUÇA       2799/java
    tcp6       0      0 :::80                   :::*                    OUÇA       2885/apache2
    tcp6       0      0 :::7443                 :::*                    OUÇA       2799/java
    tcp6       0      0 ::1:953                 :::*                    OUÇA       2076/named
    tcp6       0      0 fe80::250:fcff:fe39:445 :::*                    OUÇA       25807/smbd
    tcp6       0      0 :::7070                 :::*                    OUÇA       2799/java
    Resultado do tail -f
    Código :
     TIMER: coarse timer wakeup 1 seconds
    Fri Apr 24 09:08:53 2009 us=195479 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=3 arg=0x080a5b24
    Fri Apr 24 09:08:53 2009 us=195512 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=4 arg=0x080a5b20
    Fri Apr 24 09:08:53 2009 us=195555 I/O WAIT TR|Tw|SR|Sw [1/197665]
    Fri Apr 24 09:08:54 2009 us=399284  event_wait returned 0
    Fri Apr 24 09:08:54 2009 us=399401 I/O WAIT status=0x0020
    Fri Apr 24 09:08:54 2009 us=399440 TIMER: coarse timer wakeup 1 seconds
    Fri Apr 24 09:08:54 2009 us=399552 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=3 arg=0x080a5b24
    Fri Apr 24 09:08:54 2009 us=399587 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=4 arg=0x080a5b20
    Fri Apr 24 09:08:54 2009 us=399630 I/O WAIT TR|Tw|SR|Sw [1/197665]
    Fri Apr 24 09:08:55 2009 us=603282  event_wait returned 0
    Fri Apr 24 09:08:55 2009 us=603406 I/O WAIT status=0x0020
    Fri Apr 24 09:08:55 2009 us=603444 TIMER: coarse timer wakeup 1 seconds
    Fri Apr 24 09:08:55 2009 us=603481 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=3 arg=0x080a5b24
    Fri Apr 24 09:08:55 2009 us=603514 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=4 arg=0x080a5b20
    Fri Apr 24 09:08:55 2009 us=603557 I/O WAIT TR|Tw|SR|Sw [1/197665]
    Fri Apr 24 09:08:56 2009 us=807272  event_wait returned 0
    Fri Apr 24 09:08:56 2009 us=807357 I/O WAIT status=0x0020
    Fri Apr 24 09:08:56 2009 us=807394 TIMER: coarse timer wakeup 1 seconds
    Fri Apr 24 09:08:56 2009 us=807431 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=3 arg=0x080a5b24
    Fri Apr 24 09:08:56 2009 us=807464 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=4 arg=0x080a5b20
    Fri Apr 24 09:08:56 2009 us=807505 I/O WAIT TR|Tw|SR|Sw [1/197665]
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11276  event_wait returned 0
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11392 I/O WAIT status=0x0020
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11457 ENCRYPT IV: 899471e7 5e8a2367
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11513 ENCRYPT FROM: 0000105d 49f07ce1 fa2a187b f3641eb4 cb07ed2d 0a981fc7 48
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11606 ENCRYPT TO: 899471e7 5e8a2367 d94e6fc9 7082fce7 47f268ce bcdf2a6e 9ed3d4cd 21038d5[more...]
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11654 TCP/UDP: No outgoing address to send packet
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11685 SENT PING
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11716 TIMER: coarse timer wakeup 1 seconds
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11752 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=3 arg=0x080a5b24
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11785 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=4 arg=0x080a5b20
    Fri Apr 24 09:08:58 2009 us=11828 I/O WAIT TR|Tw|SR|Sw [1/197665]
    Fri Apr 24 09:08:59 2009 us=215277  event_wait returned 0
    Fri Apr 24 09:08:59 2009 us=215399 I/O WAIT status=0x0020
    Fri Apr 24 09:08:59 2009 us=215436 TIMER: coarse timer wakeup 1 seconds
    Fri Apr 24 09:08:59 2009 us=215474 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=3 arg=0x080a5b24
    Fri Apr 24 09:08:59 2009 us=215508 PO_CTL rwflags=0x0001 ev=4 arg=0x080a5b20
    Fri Apr 24 09:08:59 2009 us=215550 I/O WAIT TR|Tw|SR|Sw [1/197665]

    Obrigado pela paciencia



  9. #9

    Padrão

    Faltou colocar na configuracao do servidor a opcao local.

    esta deve ser a configuracao do servidor:

    local xxx.dyndns.org
    dev tun
    log /etc/openvpn/vpn.log
    verb 3
    ifconfig 10.0.1.1 10.0.1.2
    secret static.key
    proto udp
    port 22221
    comp-lzo
    ping 15
    persist-tun
    persist-key

    Config do cliente windows
    remote xxx.dyndns.org
    dev tun
    ifconfig 10.0.1.2 10.0.1.1
    secret static.key
    proto udp
    port 22221
    keepalive 10 120
    comp-lzo

  10. #10

    Padrão

    bem.. pelo que vc observa, no extremo à direita do netstat vc lê pid/servidor; então o que temos lá é que NÃO TEMOS o nome openvpn. Acompanhando o "endereço local" vc observa que NÃO existe o 22221 - entendo que foi a porta que vc escolheu para seu openvpn; tampouco existe ALGUMA porta em UDP, que é como trabalha o OpenVPN na condição normal.

    portanto: o OpenVPN não subiu - nem precisamos nos preocupar com o tcpdump

    SE a porta que vc informou é a correta, claro, e não tiver alterado o protocolo.

    Bem, vamos tentar nos organizar no barraco: o OpenVPN trabalha habitualmente na porta 500 UDP, vc tem alguma razão particular para escolher a 22221 sob tcp (por exemplo)?? se não tem, experimentemos, nem que seja só pra me agradar, a porta 500/UDP (altere seu server.conf)

    examine agora o seu log (que - imagino - esteja em /var/log/openvpn.log) seja lá o nome/folder que tenha atribuido a ele. Examine-o CUIDADOSAMENTE, as razões do servidor não se manter aparece ali.

    esqueci de dizer:

    QUANDO o OpenVPN fica firme e forte, o tun0 (interface virtual) é criada e mantida; se ainda estiver com dúvidas de o Open estar ou não "no ar", faça:

    /sbin ifconfig tun0 (mostra caracteristicas dessa interface)

    ou apenas o /sbin/ifconfig (mostram TODAS as suas interfaces)

    bem, de qualquer forma, examine o log e FAÇA correção daquilo que ele diz que está errado. Daí, tente de novo (nem precisa tcpdump).

    Quando vc conseguir manter o server no ar, trataremos do resto.

    divirta-se.
    Última edição por irado; 24-04-2009 às 16:53.



  11. #11

    Padrão

    Boas..
    1) A porta pode ser a padrão. Experimentei com a porta definida no server.conf como 500, até mesmo retirei a definição para ele assumir automaticamente e ele continua a não subir..(Alterei na firewall também a porta) No log continua a aparecer os mesmo valores

    2) No ifconfig aparece o seguinte:
    Código :
    tun0      Link encap:Não Especificado  Endereço de HW 00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00
              inet end.: 10.0.1.1  P-a-P:10.0.1.2  Masc:255.255.255.255
              UP POINTOPOINT RUNNING NOARP MULTICAST  MTU:1500  Métrica:1
              RX packets:0 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
              TX packets:0 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
              colisões:0 txqueuelen:100
              RX bytes:0 (0.0 B)  TX bytes:0 (0.0 B)
     
    tun1      Link encap:Não Especificado  Endereço de HW 00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00
              inet end.: 10.0.1.1  P-a-P:10.0.1.2  Masc:255.255.255.255
              UP POINTOPOINT RUNNING NOARP MULTICAST  MTU:1500  Métrica:1
              RX packets:0 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
              TX packets:0 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
              colisões:0 txqueuelen:100
              RX bytes:0 (0.0 B)  TX bytes:0 (0.0 B)
    Alterei também o server.conf como indicação do amaia..

    Desde já muito obrigado..

    Notei uma coisa..Tentei fazer
    # /etc/init.d/openvpn start
    e ele retorna failed

    Tenho o SQUID + HAVP + IPTABLES
    Alguns deles pode estar bloqueando?

    No log tenho uma novidade:

    Mon Apr 27 10:56:10 2009 us=381865 TCP/UDP: Socket bind failed on local address 87.196.114.193:1500: Cannot assign requested address
    Última edição por vjmartins; 27-04-2009 às 06:57.

  12. #12

    Padrão

    hmmm.. há algo estranho aparecendo no ifconfig.

    SE vc não criou manualmente as tun0 e tun1 e (pelo que vi) não estão no seu server.conf, de onde surgiram elas? pesquise isso aí direito, inclusive pelo seguinte:

    quando o OpenVPN 'sobe' (e fica, claro), ele próprio cria a interface de comunicação (se multiplas, criará de tun0 a tunN). Acontece que suas duas tun estão com o mesmo endereçamento, tanto local quanto p2p (10.0.1.1 P-a-P:10.0.1.2)

    Isso NÃO é normal, na verdade uma anomalia que AINDA não havia visto.

    se criou manualmente, "descrie" e voltemos para o inicio: start/stop (sem daemon) e, em terminal separado, acompanhe o log.

    é provável que essa seja UMA das razões pelas quais o treco não vai pra frente - no seu log menciona isso, se o endereço já existe, não há como atribui-lo.

    DEPOIS que o OpenVPN server firmar eu vou me preocupar com o squid, iptables, etc. Até lá, apenas ignore.
    Última edição por irado; 27-04-2009 às 09:38.



  13. #13

    Padrão

    Removi o OpenVPN e voltei a instalar..
    As ligações desapareceram...
    Agora quando tento subir o open manualmente no syslog aparece
    Apr 27 13:47:12 servergaf kernel: [12631.113866] tun0: Disabled Privacy Extensions
    Apr 27 13:47:17 servergaf ntpd[2819]: Listening on interface #7 tun0, 10.0.1.1#123 Enabled
    Apr 27 13:47:56 servergaf kernel: [12675.107206] tun0: Disabled Privacy Extensions


    eth0 Link encap:Ethernet Endereço de HW 00:50:fc:39:dd:e4
    inet end.: 10.0.0.201 Bcast:10.0.0.255 Masc:255.255.255.0
    endereço inet6: fe80::250:fcff:fe39:dde4/64 Escopo:Link
    UP BROADCASTRUNNING MULTICAST MTU:1500 Métrica:1
    RX packets:614848 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
    TX packets:672031 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
    colisões:0 txqueuelen:1000
    RX bytes:289874418 (276.4 MiB) TX bytes:289799892 (276.3 MiB)
    IRQ:18 Endereço de E/S:0xd800

    lo Link encap:Loopback Local
    inet end.: 127.0.0.1 Masc:255.0.0.0
    endereço inet6: ::1/128 Escopo:Máquina
    UP LOOPBACKRUNNING MTU:16436 Métrica:1
    RX packets:406367 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
    TX packets:406367 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
    colisões:0 txqueuelen:0
    RX bytes:448497859 (427.7 MiB) TX bytes:448497859 (427.7 MiB)

    tun0 Link encap:Não Especificado Endereço de HW 00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00
    inet end.: 10.0.1.1 P-a-P:10.0.1.2 Masc:255.255.255.255
    UP POINTOPOINT RUNNING NOARP MULTICAST MTU:1500 Métrica:1
    RX packets:0 errors:0 dropped:0 overruns:0 frame:0
    TX packets:0 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
    colisões:0 txqueuelen:100
    RX bytes:0 (0.0 B) TX bytes:0 (0.0 B)
    Última edição por vjmartins; 27-04-2009 às 09:53.

  14. #14

    Padrão

    agora ficou normal pelo menos no aspecto do server estar 'escutando'. Vamos repetir:

    netstat -nlpu (deve aparecer, na ultima coluna, a porta e o daemon do openvpn)
    ....................^ aqui é mesmo "u"

    bem.. então vc está com parte do problema resolvido. Falta só o resto - risos.

    veja se o client conecta. Se NÃO conectar, então vamos começar de novo. Ufa.



  15. #15

    Padrão

    Muito Obrigado pela paciência..
    é o seguinte..quando faço
    #openvpn --config /etc/openvpn/server.conf
    o tun0 não aparece no ifconfig

    O tun0 só aparece no ifconfig depois de fazer #/etc/init.d/openvpn start

    O problema é que para o #/etc/init.d/openvpn start não dar erro tenho de retirar a linha #remote xxx.dydns.org do server.conf
    Quando faço isso então ele corre..

  16. #16

    Padrão

    acho que o colega precisa ler bem a documentação:

    aquele "local" - dyndns, etc, é irregular e confunde o servidor - vide HOWTO, logo na primeira linha do exemplo está:
    # Which local IP address should OpenVPN
    # listen on? (optional)

    então vc não precisa mencionar isso, o servidor (provavelmente) vai "se virar" pra identificar isso.

    quando muito vc poderia criar uma variavel de ambiente e inseri-la ai, mas dá mais trabalho e, sendo opcional, pra que tanto?

    quanto ao script funcionar e o comando on-line não, é POSSIVEL que se deva a isso aí.

    então LEIA a documentação, adeque o server.conf a ela e faça (à mão) o 'start' do servidor.



  17. #17

    Padrão

    O openvpn no servidor já está a funcionar..
    ifconfig
    Código :
    tun0      Link encap:Não Especificado  Endereço de HW 00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00-00
              inet end.: 10.0.1.1  P-a-P:10.0.1.2  Masc:255.255.255.255
              UP POINTOPOINT RUNNING NOARP MULTICAST  MTU:1500  Métrica:1
              RX packets:0 errors:0 dropped:16 overruns:0 frame:0
              TX packets:0 errors:0 dropped:0 overruns:0 carrier:0
              colisões:0 txqueuelen:100
              RX bytes:0 (0.0 B)  TX bytes:0 (0.0 B)

    a porta está aberta na firewall
    iptables -A INPUT -p udp --dport 1500 -j ACCEPT

    mas o cliente não consegue estabelecer a ligação

  18. #18

    Padrão

    A opcao local serve para indicar qual ip deve ser feita a conexao, por exemplo se vc tiver mais de uma placa de rede conectada a internet.

    Mas como foi dito anteriormente, realmente eh opcional.
    Última edição por amaia; 28-04-2009 às 10:51.



  19. #19

    Padrão

    bem.. 50% do problema resolvido

    agora vc fará o seguinte, colocar o tcpdump para olhar as tentivas de conexão e TAMBÉM olhar o log:

    # tcpdump -vvi tun0

    no caso do log, va alterou o path e a verbosidade pra que ele possa "contar" tudo o que acontece?

    é realmente porta 1500 definida no server.conf?

    após isso, peça ao cliente para acessar UMA UNICA VEZ. Analise o resultado do tcpdump e LEIA atentamente o log

    informe:

    errro que aparecer em AMBOS (qualquer erro).

    erro que o cliente recebe na sua *UNICA* tentativa.