Resultados da Enquete: Você utiliza Cache Full ?

Votantes
117. Você não pode votar nesta enquete
  • Sim

    79 67,52%
  • Não

    38 32,48%
Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Lightbulb Qualidade x Velocidade (CacheFull)

    Pessoal, estou com uma dúvida, estava pensando em disponibilizar o tão famoso "CacheFull", no entanto estava estudando o uso de banda que será utilizada pela rede e ainda não cheguei a uma conclusão.. sendo que trabalho com a rede na banda B (11mbps) em cada cartão, quando eu estiver com uma quantidade considerável de clientes conectados ao mesmo tempo naquele cartão, supondo que eles acessem os mesmos sites, baixem arquivos iguais (um lançamento de algum programa por ex. messenger, patches de games...) em "cache full" eles podem "entopir" o cartão, pois eles estão recebendo a toda velocidade do cache, sendo que assim por exemplo um pequeno grupo de usuarios que apenas estão navegando em sites distintos ou lendo seus e-mails, olhando algumas fotos on-line, sua banda será prejudicada ? Acredito que sim, caso ele esteja "jogando" on-line, seu ping pode ir nas alturas durante o "delivery" do cachefull. Eu gostaria de algumas opniões de vocês sobre este polêmico assunto, se alguém já passou por isso, ou tudo isto seria apenas um mito, a rede irá se comportar perfeitamente.

    Obrigado PessoALL

  2. #2

    Padrão

    Olá meu caro,
    O que eu costumo fazer é o seguinte:
    1º - meço o tráfego geral que a rede trafega;
    2º - faço uma análise do comportamento dos navegantes;
    3º - libero uma velocidade sendo que deixo uma sobra para não acarretar este tipo de problema.

    Exemplo:
    Minha rede trafego 10Mb(isto em 1 cartão), recebo um link de 4 Mb, os clientes consomem 3Mb(isto sem usar o cache). No caso sobraram 1Mb do link e 7Mb de tráfego na rede, nesta parte não teremos problemas. Aí eu libero o cache(sem controle, como é o caso de muitos) e em momentos a minha rede vai ter problemas. O que fazer para coibir isto? Se me restaram 7Mb de tráfego, sendo que posso usar 1 para o link, eu simplesmente controlo a velocidade de saída do cache. No caso eu liberaria apenas 4Mb para o cache, ou controlaria grupos(este seria de acordo com o comportamento de cada cliente). Assim eu "terei" 3Mb de sobra na minha rede para uma sustentação.
    Esta é a maneira que uso para este problema e nunca tive problemas.
    Vamos esperar mais prontificações...



  3. #3

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Raniel Ver Post
    Olá meu caro,
    O que eu costumo fazer é o seguinte:
    1º - meço o tráfego geral que a rede trafega;
    2º - faço uma análise do comportamento dos navegantes;
    3º - libero uma velocidade sendo que deixo uma sobra para não acarretar este tipo de problema.

    Exemplo:
    Minha rede trafego 10Mb(isto em 1 cartão), recebo um link de 4 Mb, os clientes consomem 3Mb(isto sem usar o cache). No caso sobraram 1Mb do link e 7Mb de tráfego na rede, nesta parte não teremos problemas. Aí eu libero o cache(sem controle, como é o caso de muitos) e em momentos a minha rede vai ter problemas. O que fazer para coibir isto? Se me restaram 7Mb de tráfego, sendo que posso usar 1 para o link, eu simplesmente controlo a velocidade de saída do cache. No caso eu liberaria apenas 4Mb para o cache, ou controlaria grupos(este seria de acordo com o comportamento de cada cliente). Assim eu "terei" 3Mb de sobra na minha rede para uma sustentação.
    Esta é a maneira que uso para este problema e nunca tive problemas.
    Vamos esperar mais prontificações...


    10 MEGAS ?????
    em um cartao amigo ???
    isso é ponto a ponto né ?

  4. #4



  5. #5

    Padrão

    Isto é apenas uma técnica que eu uso. Assim não irei sobrecarregar a rede.

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por marcosddc Ver Post
    10 MEGAS ?????
    em um cartao amigo ???
    isso é ponto a ponto né ?
    concerteza!
    o 2.4 nao trafega isso!



  7. #7

    Padrão

    Citação Postado originalmente por gzanatta00 Ver Post
    concerteza!
    o 2.4 nao trafega isso!

    exatamente

  8. #8

    Padrão

    Citação Postado originalmente por agpnet Ver Post
    Pessoal, estou com uma dúvida, estava pensando em disponibilizar o tão famoso "CacheFull", no entanto estava estudando o uso de banda que será utilizada pela rede e ainda não cheguei a uma conclusão.. sendo que trabalho com a rede na banda B (11mbps) em cada cartão, quando eu estiver com uma quantidade considerável de clientes conectados ao mesmo tempo naquele cartão, supondo que eles acessem os mesmos sites, baixem arquivos iguais (um lançamento de algum programa por ex. messenger, patches de games...) em "cache full" eles podem "entopir" o cartão, pois eles estão recebendo a toda velocidade do cache, sendo que assim por exemplo um pequeno grupo de usuarios que apenas estão navegando em sites distintos ou lendo seus e-mails, olhando algumas fotos on-line, sua banda será prejudicada ? Acredito que sim, caso ele esteja "jogando" on-line, seu ping pode ir nas alturas durante o "delivery" do cachefull. Eu gostaria de algumas opniões de vocês sobre este polêmico assunto, se alguém já passou por isso, ou tudo isto seria apenas um mito, a rede irá se comportar perfeitamente.

    Obrigado PessoALL

    Vamos lá apgnet.

    Com relação a trafego em redes 11b, o pico fica em torno de 6.6MB, o porque é só procurar no fórum ou no google que vc vai ver. Na prática em meus clientes (algo entre 90 e 110 provedores) este valor fica em torno de 5 Megas por cartão.

    Então vamos fazer algumas considerações:
    1 - Caso você tenha um link de 2 megas.
    Deve reservar esta banda para acesso do link que na verdade seria para coisas não cacheaveis então sobrariam 3 Megas.
    Dae você me pergunta, mas e se tiver consumindo apenas 1 mega de link, não posso mandar 4 megas pros clientes, claro que pode mas lembre-se que este valor varia a todo momento.

    2 - Visando a qualidade, a solução que recomendo é você dividir os clientes por cartão, fazer a marcação destes pacotes normalmente e na hora de liberar fazer a liberação pelos clientes de cada cartão maximizando assim a sua saida, não use uma só regra pra limitar em 3 Megas, use varias pra liberar de 1 em 1 mega digamos até o limite que vc tiver disponível, assim mais usuários simultâneamente conseguirão uma velocidade melhor, sem sobrecarregar o sistema e você ainda segura o cliente mais tempo ocupado.
    E um detalhe, como nem todas as regras estarão no pico o tempo todo, vc acaba conseguindo um resultado melhor usando marcação de grupo e geral, assim estabelecendo um limite máximo para todos e um para cada grupo menor.

    Abraço

    M4D3



  9. #9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por m4d3 Ver Post
    Vamos lá apgnet.

    Com relação a trafego em redes 11b, o pico fica em torno de 6.6MB, o porque é só procurar no fórum ou no google que vc vai ver. Na prática em meus clientes (algo entre 90 e 110 provedores) este valor fica em torno de 5 Megas por cartão.

    Então vamos fazer algumas considerações:
    1 - Caso você tenha um link de 2 megas.
    Deve reservar esta banda para acesso do link que na verdade seria para coisas não cacheaveis então sobrariam 3 Megas.
    Dae você me pergunta, mas e se tiver consumindo apenas 1 mega de link, não posso mandar 4 megas pros clientes, claro que pode mas lembre-se que este valor varia a todo momento.

    2 - Visando a qualidade, a solução que recomendo é você dividir os clientes por cartão, fazer a marcação destes pacotes normalmente e na hora de liberar fazer a liberação pelos clientes de cada cartão maximizando assim a sua saida, não use uma só regra pra limitar em 3 Megas, use varias pra liberar de 1 em 1 mega digamos até o limite que vc tiver disponível, assim mais usuários simultâneamente conseguirão uma velocidade melhor, sem sobrecarregar o sistema e você ainda segura o cliente mais tempo ocupado.
    E um detalhe, como nem todas as regras estarão no pico o tempo todo, vc acaba conseguindo um resultado melhor usando marcação de grupo e geral, assim estabelecendo um limite máximo para todos e um para cada grupo menor.

    Abraço

    M4D3

    olha pra dar 6 megas em um cartao 2.4 só se vc estiver sozinho na cidade e olha la

  10. #10

    Padrão

    juntamente com o cachefull vc pode colocar uma regra pra limitar o cachefull somente por tamanho.. por ex..

    os 2MB iniciais.. vai pelo cachefull.. o resto.. vai pela conexao do cliente...



  11. #11

    Padrão

    olá no provedor onde trabalho colocamos o datarate dos cartões em 5.5 e no máximo 30 clientes por cartão e vendemos planos de 128k? o Cache full para 5M teria algum problema?

  12. #12

    Padrão

    byosni.. volta pra 11mb fixo.. colocando em 5.5 vc limitou o trafego TOTAL daquele cartao para 5.5 .. o que da +- 2mb de upload e 2mb de download (considerando perdas dos protocolos)

    se vc setar em 11.. vc vai ter 5 up r 5 down ... ja mais do que dobra capacidade..

    essa velocidade.. nao eh por cliente.. eh TOTAL do CARTAO !!



  13. #13

    Padrão

    era isso que ia comentar alexandre, será que limitando os cartoes a 5.5, isso nao aliviaria um pouco, o maximo que consegui aqui foi 4 megas, mas 2 mb de down e 1 de up é o suficiente pra atender 30 clientes com 128 kbps online.

  14. #14

    Padrão

    Existe algo mais simples, algo como o Burst ? Estou trabalhando com PPPoE, as queues são dinâmicas, não sei como usar este recurso, apenas se eu colocar cada cliente com ip fixo no pppoe e criar uma queue para cada com seus valores de burst,mas acho tão prático usar o profile do pppoe, ai quando eu altero a velocidade de algum plano, todos já estão enquadrados. Ôô vida!!!
    Agora quanto ao cache estou pensando em limitar o output do proxy por redes (ex. cada card em uma classe), atualmente utilizo o server pppoe operando sobre a bridge (com meus 3 cards), acho que vou desmembrar e criar 3 pools, no entanto terei de criar mais dois servidores pppoe e desfazer a bridge, o que acham ?



  15. #15

    Padrão

    Aqui eu limitei o cache a 3M.

  16. #16

    Padrão

    nao.. o ideal eh ficar tudo em 11mb ... se vc ter espaço pra que limitar ? vai eh ter problemas com lentidao... ai vira zona



  17. #17
    André Andrade*MikrotikRio Avatar de interhome
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Brasil.
    Posts
    1.094
    Posts de Blog
    15

    Padrão

    A idéia de usar o cache full é interessante como forma de poupar o consumo do link. Porque permite usar o burst e enquadrar o cliente em velocidades mais baixas, pois o trafego que vem do cache full não passa pelo simple queue, mesmo o cliente estando estourando sua banda, ele estará abrindo paginas em uma boa velocidade (se elas estiverem em cache). Para isso é necessário controlar o cache full no queue tree para não saturar a capacidade dos cartões. Uma coisa importante é se pensar que o valor que esta sendo colocada no queue tree de velocidade para o que esta em cache, será dividido por todos que o usam e não só para 1 usuário, sendo também possível usar o burst.

  18. #18

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alexandrecorrea Ver Post
    nao.. o ideal eh ficar tudo em 11mb ... se vc ter espaço pra que limitar ? vai eh ter problemas com lentidao... ai vira zona
    o cachefull ou a velocidade do cartão/ap??



  19. #19

  20. #20

    Padrão

    Citação Postado originalmente por m4d3 Ver Post
    Vamos lá apgnet.

    Com relação a trafego em redes 11b, o pico fica em torno de 6.6MB, o porque é só procurar no fórum ou no google que vc vai ver. Na prática em meus clientes (algo entre 90 e 110 provedores) este valor fica em torno de 5 Megas por cartão.

    Então vamos fazer algumas considerações:
    1 - Caso você tenha um link de 2 megas.
    Deve reservar esta banda para acesso do link que na verdade seria para coisas não cacheaveis então sobrariam 3 Megas.
    Dae você me pergunta, mas e se tiver consumindo apenas 1 mega de link, não posso mandar 4 megas pros clientes, claro que pode mas lembre-se que este valor varia a todo momento.

    2 - Visando a qualidade, a solução que recomendo é você dividir os clientes por cartão, fazer a marcação destes pacotes normalmente e na hora de liberar fazer a liberação pelos clientes de cada cartão maximizando assim a sua saida, não use uma só regra pra limitar em 3 Megas, use varias pra liberar de 1 em 1 mega digamos até o limite que vc tiver disponível, assim mais usuários simultâneamente conseguirão uma velocidade melhor, sem sobrecarregar o sistema e você ainda segura o cliente mais tempo ocupado.
    E um detalhe, como nem todas as regras estarão no pico o tempo todo, vc acaba conseguindo um resultado melhor usando marcação de grupo e geral, assim estabelecendo um limite máximo para todos e um para cada grupo menor.

    Abraço

    M4D3

    Amigo M4D3,


    me corrige estando errado(rs), essa sua ideia de dividir em grupos seria:
    *dividir uma rede para cada cartão
    *Em cada rede criasse um faixa no queue tree com os respectivos IPs, essa faixa teria um parent queue para o CacheFull com X velocidade, dependendo do trafego desse cartão colocariamos a velocidade do CacheFull.
    Detalhe se fosse 3 redes por exemplo seria 3 limitações de Cache Full diferentes.


    me desculpe se estou falando besteira! Mais + ou - isso, ou estou completamente errado? rs

    Última edição por jaos_caxias; 05-05-2009 às 09:57.