+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Ensinando a pensar - um problema, milhares de soluções

    http://img124.imageshack.us/img124/9259/eapa.png

    http://img404.imageshack.us/img404/3544/eapb.png

    http://img76.imageshack.us/img76/7162/eapc.png

    Baixar este documento


    Continuação:
    Acompanho o fórum a algum tempo, sempre que algo me chama atenção eu faço como descrevi no texto acima. Outro dia li alguns artigos aqui mesmo e como há algum tempo estava buscando uma solução melhor que o cache full já estava com algumas idéias em mente.

    Foi quando um dia li um post onde o amigo dava uma dica que a meu ver não era interessante, não ao menos naquela aplicação citada.

    Fiquei com aquilo na cabeça.

    Acabei voltando ao tópico varias vezes para colher o que era plantado em forma de perguntas e respostas por outros usuários, depois de uma dessas visitas me ocorreu o seguinte.

    Seria interessante aplicar a variável em questão no controle do super cache full que desenvolvo, uma espécie de cache melhorado que trabalha integrado a uma QoS especializada com queue type personalizada.

    Então alguns dias depois em outro tópico lendo a respeito de limitações de trafego juntei o que foi dito a minha idéia inicial do super cache full somado a variável do primeiro tópico e concluí ser possível.

    Fui para a etapa de organizar as idéias, fiz toda lição direitinho. Alguns dias se passaram.

    Então, não pude mais esperar, mão na massa e 15 minutos depois tava pronto, já testando e pra minha alegria ficou pronto o controle mais especializado que garante vantagem a quem precisa de banda e ainda é totalmente customizável.
    Acabei integrando ao meu QoS e super cache full do debian conlinux o seguinte controle:

    Caso A: Videos armazenados no cache especializado em videos, os primeiros 2 megas do video são enviados pela conexão do cliente a velocidade de 2 mpbs, velocidade essa compartilhada entre os clientes para esta tarefa, de 2 a 5 megas a velocidade de envio cai pra 1mbps, e de 5 mega até o final vai a 512k. Permitindo dessa forma que o cliente receba a parte inicial do video e comece a visualizar, e em caso de desistência de assistir o video, a banda ainda não enviada será economizada de forma inteligente no radio.

    Caso B: Conteúdo armazenado no conlinux cache, o primeiro mega do arquivo segue a uma taxa de 2mbps, velocidade essa compartilhada entre os clientes para esta tarefa, nos próximos 10 megas a velocidade de envio 4x a contratada no plano do cliente, e acima disso pra apenas 2x a velocidade contratada até o final. Permitindo dessa forma que o cliente tenha uma aceleração real porém, dando chance que outros também tenham este beneficio de forma equivalente, e ainda deixando liberada a navegação do cliente na velocidade contratada o que é fantástico.

    Cascateamento: Foi possível fazer o cascateamento de regras e aprimorar ainda mais o controle por grupo de clientes por plano, por ip por torre ou por site de destino.

    O que já era bom, na minha opinião ta ficando cada dia melhor.


    Quer saber como funciona ?

    [ame]http://www.youtube.com/watch?v=06-Tn185B3U[/ame]




    ------------------------------------------------------------------------

    Meus cumprimentos ao Alexandre e David.


    Este artigo receberá complemento de colaboradores.

    Última edição por m4d3; 04-05-2009 às 01:24.

  2. #2

    Padrão

    Por favor moderação, mover para o fórum correspondente.



  3. #3

    Padrão

    Tem um ditado que diz que idéias não são metais que se fundem.
    Mas com certeza ideias se completmentam.
    Ficou muito bom.

    Algum tempo atrás eu levantei uma questão parecida com respeito a downloads direto da internet.
    O burst do MK é baseado em banda e tempo.
    A minha curiosidade era se daria para fazer o burst baseado em tamanho de arquivo.
    Algumas idéias foram postadas mas acabou o tópico não indo para frente.
    Agora com a tua solução, eu pergunto: não seria possível seguir o mesmo raciocínio com com o link de internet?


    https://under-linux.org/f106102-controle-de-banda-diferente-2

  4. #4

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Tem um ditado que diz que idéias não são metais que se fundem.
    Mas com certeza ideias se completmentam.
    Ficou muito bom.

    Algum tempo atrás eu levantei uma questão parecida com respeito a downloads direto da internet.
    O burst do MK é baseado em banda e tempo.
    A minha curiosidade era se daria para fazer o burst baseado em tamanho de arquivo.
    Algumas idéias foram postadas mas acabou o tópico não indo para frente.
    Agora com a tua solução, eu pergunto: não seria possível seguir o mesmo raciocínio com com o link de internet?


    https://under-linux.org/f106102-controle-de-banda-diferente-2

    Acredito que seja, se quiser colocar a sua idéia a gente amadurece ela juntos.



  5. #5
    André Andrade*MikrotikRio Avatar de interhome
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Brasil.
    Posts
    1.095
    Posts de Blog
    15

    Padrão

    Quando comecei usando controle de banda por CBQ, ele realmente funciona 100 %, porem mesmo com fila de prioridades o cliente final ficava insatisveito. Como explicar que por ele ter aberto um download, a sua navegação ficaria muito ruim. Foi ai que surgiu o que estava em cache, ali guardado, sem ocupar o link (tão caro), assim surgiu a ideia de se manter 2 controles, 1 o que vem do link e outro o que vem do cache. Desta forma, buscando o equilibrio realmente tivemos clientes mais satisfeito.

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por m4d3 Ver Post
    Acredito que seja, se quiser colocar a sua idéia a gente amadurece ela juntos.
    Anos atrás eu tinha uma loja e comecei a fazer um sistema em clipper. Fiz o básico. Logo em seguida veio trabalhar comigo um rapaz e eu dei alguns livros que ele devorou. Logo, logo ele sabia mais clipper do que eu. REsultado: deixei que ele fizesse o desenvolvimento e eu ia só testando e dando sugestões do dia a dia. Ficou uma beleza. Pena que o clipper caiu em desuso.

    Mantendo as devidas proporções, acontece o mesmo agora. Eu conheço muito pouco do MK. As configurações básicas eu consegui fazer depois de muito lutar e começar a usar o teu programa configurador do MK.
    Por isso, se quiser fazer algo a respeito, sou companheiro, mas tecnicamente não vou contribuir muito, pela falta de conhecimento.



  7. #7
    André Andrade*MikrotikRio Avatar de interhome
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Brasil.
    Posts
    1.095
    Posts de Blog
    15

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Anos atrás eu tinha uma loja e comecei a fazer um sistema em clipper. Fiz o básico. Logo em seguida veio trabalhar comigo um rapaz e eu dei alguns livros que ele devorou. Logo, logo ele sabia mais clipper do que eu. REsultado: deixei que ele fizesse o desenvolvimento e eu ia só testando e dando sugestões do dia a dia. Ficou uma beleza. Pena que o clipper caiu em desuso.

    Mantendo as devidas proporções, acontece o mesmo agora. Eu conheço muito pouco do MK. As configurações básicas eu consegui fazer depois de muito lutar e começar a usar o teu programa configurador do MK.
    Por isso, se quiser fazer algo a respeito, sou companheiro, mas tecnicamente não vou contribuir muito, pela falta de conhecimento.
    1929 criei um programa em Clipper de gerenciamento de loja em parceria com uma empresa não muito seria que acabou fechando. Enfim, até hoje vejo muitos programas bonitos, mas não vejo nada, ao meu ver tão direto quanto o que estar feito em Clipper. Como com o tempo tivemos varias idéias de coisas para incrementar o sistema, gostaria de uma sugestão, qual linguagem acha que seria boa para criação do novo programa? Desde já agradeço.

  8. #8

    Padrão

    Citação Postado originalmente por interhome Ver Post
    1929 criei um programa em Clipper de gerenciamento de loja em parceria com uma empresa não muito seria que acabou fechando. Enfim, até hoje vejo muitos programas bonitos, mas não vejo nada, ao meu ver tão direto quanto o que estar feito em Clipper. Como com o tempo tivemos varias idéias de coisas para incrementar o sistema, gostaria de uma sugestão, qual linguagem acha que seria boa para criação do novo programa? Desde já agradeço.
    Puxa, agora tu me pegou.
    Eu depois do clipper, parei no tempo em relação a programação.
    O clipper era bom, muito versátil e extremamente rápido.
    Eu até fazia atualização de dados dos fabricantes via fax-modem. Inicialmente era 2400 de velocidade, depois vieram as placas de 9600. Nem internet tinha. Era só a comunicação entre meu micro e o servidor do fabricante.
    Mas como o clipper não tinha interface gráfica na época, acabou ficando para trás. Na verdade eu comecei com o DbaseII depois o III e depois o clipper que era compativel com o Dbase.
    Mas hoje com os bancos de dados relacionais abriu-se muitas opções.
    Até comecei a conhecer o Delphy mas depois parei. E hoje já tem coisa bem mais avançada, especialmente para um programa que se destine a gerenciar provedor e interagir com mikrotik.



  9. #9

    Padrão

    Agora tem video demonstração aqui na primeira página.

  10. #10

    Padrão

    boa tarde,

    eu so meio leio no mkt, e consegui fazer o tutorial do pcram, e me interessei nessas regras que ele mostrou no video, tem como alguem me ajudar cria-las??


    obrigado a todoso



  11. #11
    Patrocinador Avatar de edcomrocha
    Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    São Paulo, Brazil, Brazil
    Posts
    840

    Padrão

    Citação Postado originalmente por mktguaruja Ver Post
    boa tarde,

    eu so meio leio no mkt, e consegui fazer o tutorial do pcram, e me interessei nessas regras que ele mostrou no video, tem como alguem me ajudar cria-las??


    obrigado a todoso

    Nao sei se da certo, mais tem um post no forum que acho que é mais ou menos isso que o M4D3 fez acho que esse post é do nosso amigo 1929 se nao me engano, me corrijam se eu estiver errado