+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Links O3B

    Tenho acompanhado no site O3b Networks : Home, noticias sobre o andamento do sistema de satelites para acesso a internet, e pelo que entendi, até agora, parece que pode ser uma saída para o pequeno provedor que não tem alternativa aos links de preços altos e má vontade das operadoras brasileiras. Alguem tem mais detalhe sobre a Empresa em questão? Estão prometendo o inicio de comercialização no final de 2.010 com velocidade de 1 mb a 10 gb.

  2. #2

    Padrão

    Olha link via satelite não é uma coisa muito viavel na tecnologia existente, pois o Delay de UPLOAD e somente UPLOAD é muito grande,

    Download é uma maravilha, funciona perfeitamente,
    porém para se ter uma "media" perfomace de Upload é necessario ter antenas de 3 a 4mts e que seja daquelas que se auto ajustam ao sinal do satelite(o que custa cerca de 100 mil só a antena , no minimo..)

    acredito que a tecnologia via satelite para atendimento de usuarios de internet vai melhorar e chegará la.. porém ainda não tá na hora.. ainda vai ser necessario muito investimento..
    entao vamos aguardar e ver no que vai dar!



  3. #3

    Padrão

    Gente não devemos esquecer que a Tecnologia Evolui...

    Antigamente falavam que o wireless não ia funcionar e olha ai hoje sobrevivemos dessa tecnologia..


    Poxa gente é da Google o projeto 3B..

    Não sei se lembra que os google estava construindo uma rede mundial de satelites.. ta ai agora eles dominam o mundo mesmo rsrs..
    Última edição por balisteri; 26-06-2009 às 22:19.

  4. #4

    Padrão

    Por ser do Google é que eu acho que nós, os pequenos provedores, podemos ganhar alguma coisa com o link, inclusive estão prometendo desempenho similar ao link de cabo ótico. O interesse deles é o maior numero possivel de internautas (+ 3 bilhões) e o nosso tambem, atingindo principalmente o público mais humilde, pois a internet a rádio é a alternativa mais barata e acessivel no interior do Brasil e é o que realmente vem promovendo a inclusão digital de um número expressivo de brasileiros que de outra forma só teriam acesso a internet em lans house.