Página 1 de 4 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. De forma simples:

    HTB
    HTB (Hierarchical Token Bucket) [Marca hierárquica de grande quantidade] é uma disciplina de enfileiramento que é útil para aplicar diferentes manuseios para diferentes tipos de tráfego. As filas que você adicionou em /queue simple e /queue tree estão vinculados a HTB principal.


    SQF
    Stochastic Fairness Queuing (SFQ) equaliza os fluxos de tráfego (sessões TCP ou streams UDP) quando o link estiver completamente cheio.
    Utilize SFQ para links congestionados para assegurar que as conexões não escasseiem. SFQ é especialmente benéfico em links wireless


    PCQ
    Para resolver algumas imperfeições SFQ, o Per Connection Queuing [Fila por Conexão](PCQ) foi criado. PCQ (Per Connection Queue) é uma fila que pode ser usada para uniformizar dinamicamente ou moldar o tráfego para vários usuários, usando pouca administração. É possível dividir os cenários PCQ em três grandes grupos: Igualdade de largura de banda para um determinado número de usuários; Alguma largura de banda distribuída com igualdade entre os usuários; Largura de banda desconhecida distribuída com igualdade entre os usuários.
    Usado para diversas situações, como compartilhamento melhorado de banda entre hosts, entre outras coisas.


    PFIFO / BFIFO
    Estas disciplinas de queuing são baseadas no algoritmo FIFO (First-In First-Out)[primeiro que chega é o primeiro que sai]. A diferença entre PFIFO and BFIFO é que um é medido em pacotes e o outro em bytes.
    Utilize as disciplinas de queuing FIFO se você tiver um link não-congestionado


    RED
    Random Early Detection [Detecção Prematura Aleatória] (também conhecido como Descarte Prematuro Aleatório que é como ele realmente funciona) é um mecanismo de queuing que tenta evitar o congestionamento de rede ao controlar o tamanho médio de queue (fila).
    Utilizado em links congestionados com altas taxas de dados, assim como nas rápidas e do tipo TCP-friendly.


    Lembrando que não deve ser aplicado disciplinas, a torta e a direita. Tudo deve ter um propósito e deve ser estudado caso a caso para que uma implantação tenha sucesso. Como sempre digo e MUITOS não gostam, cada caso é um caso, esse lance de copiar e colar é coisa de "zé ruela" e por incrível que pareça aqui tem vários "técnicos especialistas" copiando e colando as regras e soluções nos servidores de clientes, sem nem saber para que serve. Recomento vocês estudarem o fluxo de pacotes no Mikrotik, pois isso irá facilitar todo o entendimento sobre como e onde aplicar diciplinas (e regras também).


    Estou organizando alguns treinamentos básicos para iniciantes online grátis. Em breve convido a todos por aqui...
    Última edição por catvbrasil; 04-07-2009 às 23:14.

  2. catvbrasil, excelente post !!!, pois fazendo o estudo de fluxo de dados e regras para QOS podemos criar excelentes soluções simples para ambientes extremamente caóticos!

    Quanto ao trainamento free...rs estarei aguardando!

    Obrigado!



  3. Concordo contigo, Catv, esse negócio de cortar e colar, acaba dando uma insegurança total para mim.
    Pois acabo não sabendo exatamente o que cada coisa faz.
    E este tem sido um ponto que tem me deixado "atrazado" em relação a ampliar o conhecimento do MK.
    Tem muita coisa, mas maioria do tipo corta e cola.
    Ou então, breves orientações de alguns companheiros que por saberem mais a fundo, pode ser que para eles, as regras sejam claras. Por isso dizem: vai em mangle e faz tal e tal coisa. Ms fica faltando o porquê.
    E até hoje eu não achei uma apostila ou algo do gênero que faça aplicação das regras de forma comentada, para o vivente saber exatamente o que está fazendo.
    Por isso eu acho que o mikrotik fica tão "assustador" para quem está começando ou que empaca no caminho, como eu.

    Por isso esta sua iniciativa é altamente louvável.

  4. Esse é o conteúdo de alguns manuais em PDF que tenho...


    ??????



  5. Citação Postado originalmente por Roberto21 Ver Post
    Esse é o conteúdo de alguns manuais em PDF que tenho...


    ??????
    Isso é o que está no manual, apenas traduzido (David, parece que o Inglês tá ajudando...hehehehe). Agora esses PDFs que existem por ai, também foram traduzidos do Manual, conforme apostila da MDBrasil (Mikrotik Brasil), pirateada na Internet toda.






Tópicos Similares

  1. Qual a diferença entre os tipos de Queues?
    Por Gosulator no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 07-11-2007, 23:24
  2. Tipos de Músicas
    Por Sukkubus no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 16
    Último Post: 11-02-2004, 08:42
  3. Podem me ajudar com esse tipo de firewall
    Por PandaAzul no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 01-10-2003, 13:46
  4. Existe algum tipo de Ghost para linux?
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 24-05-2003, 14:40
  5. que tipo de cluster usar?
    Por Mr_Mind no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 25-03-2003, 14:46

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L