Página 1 de 6 12345 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Bom, postei esse tópico, explicando o porque os modens travam. Já sabemos que em bridge a possibilidade de travar é praticamente nula, certo?

    Analizem o tópico abaixo:

    Uma abordagem sobre travamentos nos ADSL x Controle de Conexão do Mikrotik

    Bom a solução seria usar todos os modens em bridge, então o problema tá resolvido certo? Certo, porém os adsl sendo da mesmo operadora há um problema: os gateways são iguais... Então os pacotes não sabem por onde sair e o problema não é resolvido.

    Bom, mas isso é coisa do passado agora. A Mikrotik em sua últimas versões corrigiu vários bugs, dentre eles, um importante que resolveria esse problema, mas não estava funcionando.

    Vamos a solução:

    Como é feito o loadbalance ou mesmo um roteamento da forma tradicional? De forma básica define-se a rede e qual é o gateway por qual essa rede irá sair, certo?

    Ficaria algo assim:

    /ip route
    add comment="" disabled=yes distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=200.217.255.104 routing-mark=A scope=30 target-scope=10

    add check-gateway=ping comment=LINK2 disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=192.168.254.254 routing-mark=B scope=255 target-scope=10



    Como ficará a solução? Primeiro coloque TODOS os modens em BRIDGE....

    Segundo crie um discaddor pppoe para cada modem... No primeiro, você deixa marcado as opções do dicador (menos "discar por demanda"). No outros discadores as 3 opções devem estar desmarcadas...

    Fazendo isso todos os dicadores estarão conectados e com a flag "R" ativa (conectado e rodando)...

    O segredo está nas rotas. Antigamente você faria como exemplifiquei acima certo? Definindo a rede ou mesmo os pacotes marcados e qual o gateway que sairia. Para resolver o problema, não será definido nenhum gateway, mas somente a INTERFACE a qual os pacotes sairão... Veja abaixo:

    /ip route
    add check-gateway=ping comment=LINK2 disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=LINK2 routing-mark=B

    add check-gateway=ping comment=LINK1 disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=pppoe-out1 routing-mark=A


    Confira na figura abaixo como fica...

    Pronto!!! Viu como é fácil??? Bom, vou colocar isso no creative commons e quem iria comprar modens novos, agora pode doar para mim.... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    PS: Essa função já existe a muito tempo, mas parece que só está funcionando satisfatoriamente na 3.23 para cima. Abaixo desta versão, o loadbalance trava e fica horrível a conexão (usando desta forma).

    Gostaram??

    Aqui nóis mata a cobra e mostra o pau, moço......... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         bridge123.jpg
Visualizações:	1220
Tamanho: 	25,6 KB
ID:      	4842  
    Última edição por catvbrasil; 08-07-2009 às 20:32.

  2. Parabens!



  3. Meus parabens grande CATV, mais so me tira uma duvida, na sua explicação, vc fala pra colocar a interface do link em uma regra e na outra coloca a interfaçe pppoe, mais na sua imagem esta os dois pppoe, como seria a forma correta, me perdoe se to falando besteira!
    Última edição por sergio; 09-07-2009 às 16:06. Razão: Por favor, faça o comentário apenas, não precisa poluir o tópico com uma citação deste tamanho.

  4. Citação Postado originalmente por rogeriodj Ver Post
    Meus parabens grande CATV, mais so me tira uma duvida, na sua explicação, vc fala pra colocar a interface do link em uma regra e na outra coloca a interfaçe pppoe, mais na sua imagem esta os dois pppoe, como seria a forma correta, me perdoe se to falando besteira!
    Então... é isso mesmo...

    Você coloca a interface no lugar do gateway. Quando é criado uma interface virtual vinculada a uma interface real , quem valerá é a VIRTUAL... é o mesmo que acontece nas bridges, quando você cria uma bridge (interface virtual) e vincula uma ether ou uma wlan (interface real), quem valerá é a BRIDGE...



  5. Citação Postado originalmente por catvbrasil Ver Post
    Bom, postei esse tópico, explicando o porque os modens travam. Já sabemos que em bridge a possibilidade de travar é praticamente nula, certo?

    Analizem o tópico abaixo:

    Uma abordagem sobre travamentos nos ADSL x Controle de Conexão do Mikrotik

    Bom a solução seria usar todos os modens em bridge, então o problema tá resolvido certo? Certo, porém os adsl sendo da mesmo operadora há um problema: os gateways são iguais... Então os pacotes não sabem por onde sair e o problema não é resolvido.

    Bom, mas isso é coisa do passado agora. A Mikrotik em sua últimas versões corrigiu vários bugs, dentre eles, um importante que resolveria esse problema, mas não estava funcionando.

    Vamos a solução:

    Como é feito o loadbalance ou mesmo um roteamento da forma tradicional? De forma básica define-se a rede e qual é o gateway por qual essa rede irá sair, certo?

    Ficaria algo assim:

    /ip route
    add comment="" disabled=yes distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=200.217.255.104 routing-mark=A scope=30 target-scope=10

    add check-gateway=ping comment=LINK2 disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=192.168.254.254 routing-mark=B scope=255 target-scope=10



    Como ficará a solução? Primeiro coloque TODOS os modens em BRIDGE....

    Segundo crie um discaddor pppoe para cada modem... No primeiro, você deixa marcado as opções do dicador (menos "discar por demanda"). No outros discadores as 3 opções devem estar desmarcadas...

    Fazendo isso todos os dicadores estarão conectados e com a flag "R" ativa (conectado e rodando)...

    O segredo está nas rotas. Antigamente você faria como exemplifiquei acima certo? Definindo a rede ou mesmo os pacotes marcados e qual o gateway que sairia. Para resolver o problema, não será definido nenhum gateway, mas somente a INTERFACE a qual os pacotes sairão... Veja abaixo:

    /ip route
    add check-gateway=ping comment=LINK2 disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=LINK2 routing-mark=B

    add check-gateway=ping comment=LINK1 disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=pppoe-out1 routing-mark=A


    Confira na figura abaixo como fica...

    Pronto!!! Viu como é fácil??? Bom, vou colocar isso no creative commons e quem iria comprar modens novos, agora pode doar para mim.... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    PS: Essa função já existe a muito tempo, mas parece que só está funcionando satisfatoriamente na 3.23 para cima. Abaixo desta versão, o loadbalance trava e fica horrível a conexão (usando desta forma).

    Gostaram??

    Aqui nóis mata a cobra e mostra o pau, moço......... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    muito legal o topico, é isso ai, tem q mostrar q mikrotik tem muito recurso desconhecido mesmo.
    parabéns






Tópicos Similares

  1. Respostas: 22
    Último Post: 07-07-2009, 12:48
  2. Respostas: 3
    Último Post: 03-07-2009, 07:35
  3. Resolvendo problema de travamento no mikrotik
    Por fsoaress76 no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 16-12-2007, 00:10
  4. Respostas: 1
    Último Post: 18-09-2007, 19:39
  5. Respostas: 0
    Último Post: 06-03-2006, 13:41

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L