Página 1 de 102 123456 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. PCC LOADBALANCE - 3 LINKS SIMÉTRICOS (TESTADO DE 2 ATÉ 16 LINKS)
    MKV: 3.x
    MKR: 3.28

    EthLinkA = Interface do primeiro link
    EthLinkB = Interface do segundo link
    EthLinkC = Interface do terceiro link
    EthClientes = Interface dos clientes

    Quando em modo roteado:
    10.1.10.129 = Ip do modem A
    10.1.10.161 = Ip do modem B
    10.1.10.193 = Ip do modem C

    Endereços das interfaces no Mikrotik ROS
    10.1.10.130/27 = Ip da interface EthLinkA
    10.1.10.162/27 = Ip da interface EthLinkB
    10.1.10.194/27 = Ip da interface EthLinkC

    ======================================================================

    Vamos as regras e explanações sobre o sistema PCC

    Em mangle
    add action=accept chain=prerouting comment="SEM BALANCE" disabled=no dst-address-list=sem_balance in-interface=EthClientes
    esta primera regra aceita as conexões para todos os ips de destino que se encontrarem na lista 'sem_balance' que irão sair pela rota padrão

    add action=mark-connection chain=input comment="" connection-state=new disabled=no in-interface=EthLinkA new-connection-mark=conn_na passthrough=yes
    add action=mark-connection chain=input comment="" connection-state=new disabled=no in-interface=EthLinkB new-connection-mark=conn_nb passthrough=yes
    add action=mark-connection chain=input comment="" connection-state=new disabled=no in-interface=EthLinkC new-connection-mark=conn_nc passthrough=yes
    cria as marcas (conn_na, conn_nb, conn_nc) para novas conexões em cada uma das interfaces (EthLinkA, EthLinkB, EthLinkC)

    add action=mark-routing chain=output comment="" connection-mark=conn_na disabled=no new-routing-mark=to_ra passthrough=no
    add action=mark-routing chain=output comment="" connection-mark=conn_nb disabled=no new-routing-mark=to_rb passthrough=no
    add action=mark-routing chain=output comment="" connection-mark=conn_nc disabled=no new-routing-mark=to_rc passthrough=no
    utiliza as marcações (conn_na, conn_nb, conn_nc) para criar as marcações das respectivas rotas (to_ra, to_rb, to_rc)

    add action=mark-connection chain=prerouting comment="" disabled=no dst-address-type=!local in-interface=EthClientes new-connection-mark=conn_ma0 passthrough=yes per-connection-classifier=both-addresses:3/0
    add action=mark-connection chain=prerouting comment="" disabled=no dst-address-type=!local in-interface=EthClientes new-connection-mark=conn_mb1 passthrough=yes per-connection-classifier=both-addresses:3/1
    add action=mark-connection chain=prerouting comment="" disabled=no dst-address-type=!local in-interface=EthClientes new-connection-mark=conn_mc2 passthrough=yes per-connection-classifier=both-addresses:3/2

    agora utilizando os classificadores (0,1,2 e portanto são 3) na interface de clientes criamos novas marcas de conexão (conn_ma0, conn_mb1, conn_mc2), notem que se tivessemos 4 links seria aquie que fariamos as alterações para (0,1,2,3 e portanto são 4) ficando 4/0, 4/1, 4/2, 4/3 ou ainda se tivessemos links assimétricos onde por exemplo:

    LinkX de 512k
    LinkY de 1024k
    LinkZ de 2048k

    somariamos todos os links e dividiriamos pelo valor do menor link então teriamos 3584k/512k=7 então teriamos 7 marcações de pcc indo de 7/0 até 7/6 das quais devemos direcionar a primeira pro link X, a segunda e terceira pro link Y e as quatro restantes para o link Z fazendo nosso sistema perfeitamente equilibrado, vale resaltar que sistemas do tipo ADSL não garantem a banda e portanto devemos fazer testes em cada um dos links para aferir as velocidades possíveis em cada um, já vi muitos casos onde um link desse tipo de 2Mb era melhor do que o de 4Mb da mesma operadora instalada no mesmo local, também se deve criar as marcações para input e output.


    add action=mark-routing chain=prerouting comment="" connection-mark=conn_ma0 disabled=no in-interface=EthClientes new-routing-mark=to_nra passthrough=no
    add action=mark-routing chain=prerouting comment="" connection-mark=conn_mb1 disabled=no in-interface=EthClientes new-routing-mark=to_nrb passthrough=no
    add action=mark-routing chain=prerouting comment="" connection-mark=conn_mc2 disabled=no in-interface=EthClientes new-routing-mark=to_nrc passthrough=no
    utilizando das novas marcações (conn_ma0, conn_mb1, conn_mc2) criamos uma nova marcação de rota na interface de clientes como (to_nra, to_nrb, to_nrc)

    ======================================================================

    Em nat
    add action=masquerade chain=srcnat comment="MASCARAMENTO PCC" disabled=no out-interface=EthLinkA
    add action=masquerade chain=srcnat comment="" disabled=no out-interface=EthLinkB
    add action=masquerade chain=srcnat comment="" disabled=no out-interface=EthLinkC
    vale resaltar que o mascaramento pode ser feito de várias formas, indicando por exempo o ip da interface em src-nat, pela range de ips dos clientes e pela interface do link como acima.

    ======================================================================

    Em rotas
    add comment="" disabled=no distance=2 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=10.1.10.129 scope=30 target-scope=10
    add comment="" disabled=no distance=3 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=10.1.10.161 scope=30 target-scope=10
    add comment="" disabled=no distance=4 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=10.1.10.193 scope=30 target-scope=10
    definimos 3 rotas padrão sendo que cada uma tem um custo diferente e portanto a primeira terá a preferencia, caso venha a faltar a segunda assume, em seguida a terceira

    add comment="" disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=10.1.10.129 routing-mark=to_nra scope=30 target-scope=10
    add comment="" disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=10.1.10.161 routing-mark=to_nrc scope=30 target-scope=10
    add comment="" disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=10.1.10.193 routing-mark=to_nrb scope=30 target-scope=10
    em seguida todas as 3 rotas que utilizam marca de rotas (to_nra, to_nrb, to_nrc) dividem a carga que foi previamente marcada pelo mangle

    ======================================================================

    Ainda é possível fazer com que o próprio Mikrotik ROS disque as conexões do tipo ADSL aumentando a eficiência do sistema (MODENS EM BRIDGE), sendo que neste caso é recomendado fazer o mascaramento por range de ips e não por interface e a indicação dos gateways por interface e não por ip, no caso de links dedicados é recomendável fazer a indicação do ip do gateway e não da interface.

    Em nat
    add action=masquerade chain=srcnat src-address=10.0.0.0/24 comment="MASCARAMENTO PCC" disabled=no

    Em rotas
    add comment="" disabled=no distance=2 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=EthLinkA scope=30 target-scope=10
    add comment="" disabled=no distance=3 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=EthLinkB scope=30 target-scope=10
    add comment="" disabled=no distance=4 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=EthLinkC scope=30 target-scope=10
    add comment="" disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=EthLinkA routing-mark=to_nra
    add comment="" disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=EthLinkB routing-mark=to_nrb
    add comment="" disabled=no distance=1 dst-address=0.0.0.0/0 gateway=EthLinkC routing-mark=to_nrc

    ======================================================================

    Com relação ao usar o check ping, devemos tomar um certo cuidado pois links de diferentes tipos tendem a ter diferentes tempos de resposta ao ping e quando este método é utilizado pode ocorrer desigualdade entre os consumos dos links apesar de as marcações estarem corretas, isso porque o sistema leva em consideração o tempo de resposta de cada gateway.

    ======================================================================

    Dica:
    /system ntp client
    set enabled=yes mode=unicast primary-ntp=a.ntp.br
    set enabled=yes mode=unicast secondary-ntp=b.ntp.br
    importante manter o relógio do seu sistema em sincronia com UTC para automação de tarefas e registro de logs.

    ======================================================================

    Complemento:
    utilize sofware Mikrotik ROS original, quando você utiliza um sofware Mikrotik ROS original, esta contribuindo para o desenvolvimento de novas e importantes ferramentas como é o caso do PCC e tantas outras melhorias incorporadas.

    Licença Mikrotik Level 4 - Até 200 usuários simultâneos ~ R$ 110,00
    Licença Mikrotik Level 5 - Até 500 usuários simultâneos ~ R$ 210,00
    Licença Mikrotik Level 6 - Ilimitados usuários simultâneos ~ R$ 510,00
    valores em reais em 29/08/2009 - onde encontrar:> http://www.mikrotikbrasil.com.br

    ======================================================================

    Fonte:
    https://under-linux.org/f128610-pcc
    PCC - MikroTik Wiki
    http://forum.mikrotik.com/viewtopic....31415&start=50

    Agradecimentos:
    normis, NetworkPro, Chupaka, omega-00, tiagom, andre

    ======================================================================

    Compilado por:
    Última edição por m4d3; 31-08-2009 às 19:11.

  2. Show, muuitoo massaaa!!! Obrigado!!!



  3. é o luciano arrebentando!!!! vc é o cara!!!!

  4. Bom pessoal to precisando de uma referência pra esse load balance em PCC só que com os modems em Bridge !


    Alguém sabe ou jah conseguiu ???



  5. Não funciona com 2 links?






Tópicos Similares

  1. Respostas: 12
    Último Post: 15-05-2015, 17:14
  2. Respostas: 6
    Último Post: 08-03-2015, 02:04
  3. Respostas: 2
    Último Post: 18-06-2014, 16:27
  4. Respostas: 273
    Último Post: 20-09-2012, 10:39
  5. duvida sobre link dedicado por balance de operadora
    Por boneco no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 13
    Último Post: 05-05-2011, 18:07

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L