Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Smile Para-raio correto

    Mais uma vez, boa noite a todos.
    Venho novamente solicitar aos amigos, a opnião e conselhos.

    Atualmente estou utilizando um PARA-RAIO em minha torre, este está no topo da mesma, somente com um pequeno pedaco de cabo ligado a ele e à torre, e a torre na parte inferior também com um pequeno pedaço de cabo ligado às astes de cobre.

    A minha duvida e a seguinte este mesmo PARA-RAIO poderia me trazer problemas de proteção?
    Pois as RBs estão aterradas à torre e a torre é o condutor.
    Seria outra opção melhor trocar para o modelo de cabeamento antigo?
    Evitando que o cabo de cobre nú tenha contato com a Torre.

    Grato a todos, o meu muito obrigado.

  2. #2

    Padrão

    amigo aqui o cabo nao tem contato com a torre , dece um cabo de cobre do topo até as astes no chao ( acho que são 3 ) , elas estao a 2 metros de profundidade enterradas no chao com uma caixa de inspeçao , tambem esta ligado nessa caixa de inspeçao o aterramento dos equipamentos , tenho ligado nele servidor, switch , roteador, pç-ap , rb's , Ns5 .. nunca tive problemas .



  3. #3

    Padrão

    aqui usamos um sistema exatamente como o colega acima, o cabo do para raio desce isolado da torre até astes de cobre no solo.

  4. #4
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Bom dia,

    Você fez alguma medição com terrômetro para saber o nível de resistência do aterramento? Caso o aterramento esteja incorreto esse tipo de para-raios é um "tiro no pé": em vez de ajudar poderá danificar (permanentemente) e até "torrar" os seus equipamentos.



  5. #5

    Padrão

    Vou compartilhar o que faço aqui e foi ensinado pelo engenheiro da BrT/Oi, o cara é especialista em aterramento. O cabo de descida é totalmente desnecessário, pelo simples fato da massa da torre ser mais eficiente para transportar a descarga; Não precisa de para-raios convencionais, poderá colocar um metalon galvonizado no topo da torre, para que este fique mais alto que as antenas; isolar as antenas; e o mais importante, fazer um bom aterramento na base. Como podem ter percebido, isso não é muito comum, mas observem as torres da Claro e BrT, eles usam esse procedimento (pelo menos no TO) e comigo funcionou muito bem, não tive problemas até hoje, esse engenheiro sabe realmente o que fala. Abraços!

  6. #6
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Bom dia,

    eu não gosto muito dessa solução da BRT/Oi. Além disso, no esquema da BRT desce um cabo em paralelo com a torre, fixado em partes diferentes, como um reforço para a descida da descarga. Prefiro cabo de descida totalmente em separado (25mm), uma boa malha aterradora e nível de resistência "0" ou "-0,1".

    Prefiro aterrar as antenas e os rádios/cartões na torre. Equipamentos de transmissão sem aterramento pode ter funcionamento errôneo ou abaixo de suas capacidades. Um bom aterramento é fundamental, inclusive nos equipamentos. Aterrar equipamentos e para-raios na torre pode apresentar algum risco, mesmo com aterramento perfeito, pois por algum erro na medição no nível de resistência e de possível descarga de correntes espúrias pode ser fatal para o sistema.



  7. #7
    Patrocinador Avatar de edcomrocha
    Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    São Paulo, Brazil, Brazil
    Posts
    840

    Padrão

    Citação Postado originalmente por MarceloGOIAS Ver Post
    Bom dia,

    eu não gosto muito dessa solução da BRT/Oi. Além disso, no esquema da BRT desce um cabo em paralelo com a torre, fixado em partes diferentes, como um reforço para a descida da descarga. Prefiro cabo de descida totalmente em separado (25mm), uma boa malha aterradora e nível de resistência "0" ou "-0,1".

    Prefiro aterrar as antenas e os rádios/cartões na torre. Equipamentos de transmissão sem aterramento pode ter funcionamento errôneo ou abaixo de suas capacidades. Um bom aterramento é fundamental, inclusive nos equipamentos. Aterrar equipamentos e para-raios na torre pode apresentar algum risco, mesmo com aterramento perfeito, pois por algum erro na medição no nível de resistência e de possível descarga de correntes espúrias pode ser fatal para o sistema.
    Opa boa tarde a todos, uma duvida:
    Um eletricista me indicou fazer justamente um cabo de descida isolado da torre que vou montar aqui, e aterrar os equipamentos na torre, esse aterramento da torre tambem é feito por hastes de cobre? pode-se usar as mesmas hastes do para-raio para aterrar a torre??

    Abraços a todos

  8. #8
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Bem,

    como a torre está "fincada" no solo a mesma já está aterrada, exceto se estiver em solo muito arenoso ou muito rasa. No esquema que você citou não interligue o aterramento dos equipamentos com o aterramento do para-raio.

    Caso esteja em cima de um prédio tudo muda.

    Citação Postado originalmente por edcomrocha Ver Post
    Opa boa tarde a todos, uma duvida:
    Um eletricista me indicou fazer justamente um cabo de descida isolado da torre que vou montar aqui, e aterrar os equipamentos na torre, esse aterramento da torre tambem é feito por hastes de cobre? pode-se usar as mesmas hastes do para-raio para aterrar a torre??

    Abraços a todos



  9. #9
    Patrocinador Avatar de edcomrocha
    Ingresso
    Aug 2007
    Localização
    São Paulo, Brazil, Brazil
    Posts
    840

    Padrão

    Citação Postado originalmente por MarceloGOIAS Ver Post
    Bem,

    como a torre está "fincada" no solo a mesma já está aterrada, exceto se estiver em solo muito arenoso ou muito rasa. No esquema que você citou não interligue o aterramento dos equipamentos com o aterramento do para-raio.

    Caso esteja em cima de um prédio tudo muda.
    Ela não está fincada no solo nao Marcelo, esta em cima de uma laje, opr isso quero aterra ela tambem, se bem que ela no pé dela esta soldada a uma coluna, será que só isso resolve??

    Os equipamentos vao ficar aterrados na torre e como eu disse vou descer o cabo do para-raio isolado da torre.

    Obrigado mais uma vez Marcelo

    Abraços a todos

  10. #10
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    No seu caso terá mesmo de aterrar a torre. Coluna de concreto apresenta baixa resistência, exceto se tiver ferros aterrados.

    Citação Postado originalmente por edcomrocha Ver Post
    Ela não está fincada no solo nao Marcelo, esta em cima de uma laje, opr isso quero aterra ela tambem, se bem que ela no pé dela esta soldada a uma coluna, será que só isso resolve??

    Os equipamentos vao ficar aterrados na torre e como eu disse vou descer o cabo do para-raio isolado da torre.

    Obrigado mais uma vez Marcelo

    Abraços a todos



  11. #11

    Padrão

    Aqui temos o seguinte, em uma torre nossa que fica num lugar crítico, temos um cabo de descida do para-raio, porém o captor não está isolado da torre, e um cabo de 20mm para aterramento dos equipamentos, e um aterramento da torre, tudo ligado ao mesmo conjunto de hastes, são 5 hastes.

  12. #12

    Padrão

    Não sou especialista em para-raio. Sou apenas um técnico de manutenção.

    O que eu estudei sobre o assunto, é:

    - Para raio é um elemento de segurança, você só fica sabendo se está bom mesmo quando a merda acontece. Eletricistas me corrijam.

    - A eletricidade tende a percorrer a menor distância e de menor resistência. Assim o melhor e mais eficiente é ter o para raio acima de toda a estrutura e um cabo direto ao solo bem aterrado.

    - Um raio quando cai gera muita estática, por esse motivo torre aterrada e equipamentos isolados do para raio.

    Em para raio eu não tenho experiência, mas em raio eu tenho, pois já caiu um na antena (TV) de casa quando era criança. Quando isso acontece o raio é guiado por fios e pela humidade. No meu caso pude ver exatamente por onde o raio passou (logicamente no dia seguinte pelas marcas) mas fora desse trajeto o estrago no restante da casa foi desde o desaparecimento do cobre da instalação elétrica, passando por um transformador queimado numa televisão desligada da tomada a uma maçameta de geladeira, de ferro, trincada.

    Vocês facilitariam com isso?



  13. #13

    Padrão Para-Raio Correto

    Quero agradecer a todos por suas respostas e sujestões, e assim que eu estiver dinheiro pra mudar farei as mesmas e as postarei aqui com detalhes...

  14. #14

    Smile Cuidado...

    Citação Postado originalmente por edcomrocha Ver Post
    Ela não está fincada no solo nao Marcelo, esta em cima de uma laje, opr isso quero aterra ela tambem, se bem que ela no pé dela esta soldada a uma coluna, será que só isso resolve??

    Os equipamentos vao ficar aterrados na torre e como eu disse vou descer o cabo do para-raio isolado da torre.

    Obrigado mais uma vez Marcelo

    Abraços a todos
    O esquema utilizado pela BrT/Oi tem o seguinte fundamento. Como a torre é metalica com baixa resistencia elétrica então a mesma é utilizada como condutor para o aterramento do para-raios até as hastes de cobre fincadas no solo. O aterramento da torre ao solo está exemplificado na prática telebras 240-410-600 na página 42.

    Tem que ser um procedimento calculado (área de cobertura das hastes pela quantidade das mesmas) e um solo que permita uma resistencia adequada ao escoamento da descarga do raio. Procedimento este facilmente encontrado por ai na internet.

    Se utilizar a torre como condutor é imperativo que o aterramento das suas antenas e placas seja diferente do aterramento do para-raios e se possível use o mesmo da rede elétrica que vai alimentar os seus equipamentos. Normalmente na instalação elétrica é feito esse procedimento de aterramento.

    Leve por um condutor isolado do aterramento do para-raios até a caixa onde vai abrigar os equipamentos e antenas e aterre por este.

    Se voce está instalando a torre em uma laje use o esquema de aterramento do para-raios existente no prédio para aterrar a sua torre.

    Abraços,



  15. #15

    Padrão

    Selecionei 2 links dos que considero importantes para quem pretende instalar um "para-raios" (nova grafia, perdeu o acento mas mantém o hífen) eficiente.

    A norma, especificações e dicas neste link.
    http://www.fazfacil.com.br/reforma_construcao/eletricidade_raios_4.html

    Modelos e calculo aproximado neste link.
    Pára-raios e aterramentos II

    Abraço a todos

  16. #16

    Padrão Re: Para-raio correto

    Gente, eu faço curso tecnico em eletronica no Senai, estou me formando agora este ano, e fiz meu primeiro para raios em um torre minha, fiz da seguinte forma, desci do topo da torre o cabo de cobre ate a base, onde ele foi interligado sem emendas a 8 astes de 2,40mts, cada aste esta a uma distancia de 2,60cm uma da outra formando um grande retangulo e a ultima se interligando novamente a primeira aste.
    Outro detalhe foi o seguinte, para cada aste de cobre, fizemos um burado de 50cm para so então descer a aste, foi colocado em cada buraco uma camada de cerca de 10cm de sal grosso, desses que se da para vaca em vazendas, e so depois enterramos as astes, o cabo de cobre que as interligam foi entrerrado em uma valeta de aproximadamente 30cm de profundidade.
    Como eu não tinha terrometro para medir, fiz da zeguinte forma, peguei uma lampada de duplo filamento de 60W, e liguei na energia eletrica, onde a tensão no instante da medição estava dando exatamente e sem oscilação 121v, com um alicate amperimetro medi a corrente de consumo da lampada, que deu 0,40a, pois bem, de posse dos dados para base, tirei o fio do comum da rede e liguei no aterramento do para raios, e obtive o seguinte resultado, tensão fase/terra = 120,4 v corrente de consumo da lampada entre a fase e o terra = 0,39 a, ou seja ficou Show o aterramento. Dando apenas 0,06v de diferença e 0,01a .



  17. #17

    Padrão Re: Para-raio correto

    Em 10 meses, suas astes cobreadas já devem ter perdido o revestimento, se for cobre puro o sal vai criar uma zinabre ao redor delas e nos pontos de conexão serão bastante visiveis.

    Um método econômico e eficaz é utilizar cano galvanizado de 1/2 com 6 metros de comprimento e ir mais fundo em busca da umidade no solo, utilize aterragel (terragel ou sei lá como escreve isso), evite o sal de todo modo pois ele acelera o processo de oxidação do metal.

    Dependendo do tipo do solo (quanto mais argiloso melhor, quanto mais arenoso pior) o seu aterramento leva mais ou menos astes. O ideal é plantar grama sobre o aterramento pra manter a umidade o máximo possível, evite concretar sobre o aterramento e mantenha os pontos de medição a 40cm de profundidade em caixa de inspeção. Refaça as medições pra conferir se esta tudo ok a cada 3 meses e anote os valores.

    Segue recomendação de leitura sobre o assunto: http://www.mspc.eng.br/tecdiv/para-raios-210.shtml

    Abraço
    Última edição por m4d3; 02-12-2010 às 13:27.

  18. #18

    Padrão Re: Para-raio correto

    Obrigado pelas dicas, eu ate cliquei na estrelinha ai para agradecer, eu sei da questão da corrosão, ate depois que fiz é que eu fui lembrar da betonita, que eu deveria ter colocado era ela no lugar do sal, mas ta tudo bem, agora é esperar e verificar a corrente de tempo em tempo



  19. #19

    Padrão Re: Para-raio correto

    a minah torre aki vou fazer tudo izolado ..

    o do para-raio vai deser isolado
    e vou fazer mais outro pros ekipamentos ...
    pode ate ser um gassto desnessesario ...
    mais os ekipamento vou garatir ...

    e fazer separado ... pois aqui da muitos raios ...

  20. #20

    Padrão Re: Para-raio correto

    Amigo dá uma Olhada nessa explicação do MAGAL aqui nesse LINK
    acredito que se nesse link não tiver explicando tudo tem quase tudo ahsuahs
    Vlw...
    espero ter ajudado
    Citação Postado originalmente por manodell Ver Post
    Mais uma vez, boa noite a todos.
    Venho novamente solicitar aos amigos, a opnião e conselhos.

    Atualmente estou utilizando um PARA-RAIO em minha torre, este está no topo da mesma, somente com um pequeno pedaco de cabo ligado a ele e à torre, e a torre na parte inferior também com um pequeno pedaço de cabo ligado às astes de cobre.

    A minha duvida e a seguinte este mesmo PARA-RAIO poderia me trazer problemas de proteção?
    Pois as RBs estão aterradas à torre e a torre é o condutor.
    Seria outra opção melhor trocar para o modelo de cabeamento antigo?
    Evitando que o cabo de cobre nú tenha contato com a Torre.

    Grato a todos, o meu muito obrigado.