Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Anatel informa que discussões amadureceram e caminham para uma decisão, mas não há data para a venda das frequências de 2,5GHz e 3,5 GHz

    O leilão das duas frequências que seriam utilizadas para prestar serviços de banda larga móvel por redes WiMax ainda não tem data para acontecer no Brasil. O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Ronaldo Sardenberg, informou que o assunto está na pauta do órgão para 2010, mas prefere não fazer mais previsões sobre a licitação.
    No ano passado, Sardenberg prometeu ao mercado que o leilão sairia em 2009, o que não aconteceu. Nesta quinta-feira (10/12), durante o Fórum Telequest 2009, evento que reuniu em São Paulo empresas de telecomunicações para fazer um balanço do setor, o presidente da Anatel disse que não arriscaria falar em datas para a venda das frequências de 2,5GHz e 3,5 GHz
    “A questão está madura e caminha para uma decisão”, disse o presidente da Anatel. Ele informou que as discussões evoluíram neste ano, mas que o órgão ainda precisa bater o martelo e finalizar as regras.
    A novela sobre a regulamentação do WiMax no Brasil vem sendo assistida desde 2006, quando Anatel e Ministério das Comunicações travaram uma batalha sobre a implementação do serviço no País.
    O mercado continua em compasso de espera. Representantes do setor querem que o leilão aconteça logo por considerem que essas redes são um pilar importante para que o plano nacional de banda larga do governo federal seja colocado em prática.
    O diretor de planejamento da Oi, João de Deus, um dos participantes do seminário, afirmou que o impedimento de operação de WiMax no Brasil é uma das barreiras para a universalização da banda larga. Embratel, Telefônica e a própria Oi estão com pilotos de rede WiMax e aguardam uma definição sobre as regras das Anatel para saberem como vão ofertar esse serviço.

  2. A profecia está se cumprindo, o que era para ser nosso (SCM) vai ser para as SMP, se as faixas forem destinadas para o serviço móvel, esqueçam, dançamos!!! E merecidamente, porque somos desorganizados, desunidos e olhamos somente para o interesse individual.

    Cadê o sindicato patronal dos SCM?

    Porque não comparecemos em massa na CONECOM?

    E o cadastro de provedores junto ao Registro.Br?

    Toda ação (ou omissão é o nosso caso) tem suas consequências! Desculpe a franqueza, mas essa é nossa realidade.



  3. Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    A profecia está se cumprindo, o que era para ser nosso (SCM) vai ser para as SMP, se as faixas forem destinadas para o serviço móvel, esqueçam, dançamos!!! E merecidamente, porque somos desorganizados, desunidos e olhamos somente para o interesse individual.

    Cadê o sindicato patronal dos SCM?

    Porque não comparecemos em massa na CONECOM?

    E o cadastro de provedores junto ao Registro.Br?

    Toda ação (ou omissão é o nosso caso) tem suas consequências! Desculpe a franqueza, mas essa é nossa realidade.

    O duro de tudo isso, é ter que afirmar que você está certo! Infelizmente não temos união, não temos, praticamente ninguem diretamente nos representando por meio de sindicato ou qualquer coisa parecida que consiga brigar diretamente por nós!

    Se tiver por favor me passe pois eu desconheço!

  4. é Kleber, há muito tempo penso isso... união... ela não existe. Creio que, pelo grande despreparo dos empresários deste setor. Quer um exemplo simples, desta falta de preparo? Uma consulta pública que é de graça, não dói, não leva quase tempo nenhum, tem uma contribuição pífia pelos que são os maiores interessados.

    Sempre será assim, uns poucos, interessados e ativos como você, chamando a responsabilidade e "carregando tudo nas costas", e um bando de folgados só "deitados em berço esplêndido" assistindo de camarote e reclamando quando as coisas dão errado, sempre com aquela velha frase: "o que será de nós?"



  5. Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    ... o que era para ser nosso (SCM) vai ser para as SMP, se as faixas forem destinadas para o serviço móvel, esqueçam, dançamos!!!
    Essa é um misto de lenda com esperanças exageradas. Nunca houve nenhum possibilidade prática das licenças de 2,5 e 3,5Ghz serem das SCM, pelo menos não das pequenas e médias.

    Desde 2006 se esperava que cada canal de 5Mhz (e um só não serve para muita coisa, seriam necessários vários para conseguir criar um modelo de negócio razoável) saísse por perto de 2Milhões de reais nas regiões menos concorridas. Isso sem possibilidade de subdivisão (contratar apenas para uma cidade ou região).

    É claro que as pequenas e médias SCM podiam fazer lances, mas eu achei muito engraçado que ouvi relatos de que haviam mais de 200 empresas interessadas em fazer lances e - essas mesmas empresas - anunciando planos, indicando que estavam realmente acreditando que tinham chances.

    Mesmo sem as grandes operadoras, nunca houve esperança de que essas licenças viessem, de alguma forma, servir as pequenas e médias.

    Além disso o problema não era apenas o custo da licença, mas também dos equipamentos. Novamente - sem base mas com muita imaginação - muitos esperavam que os equipamentos de WiMAX tivessem preços acessíveis, comparados os de 2,4 ou 5,8Ghz. Quando os fabricantes de WiMAX anunciavam que a padronização iria reduzir custos, era comparado as centenas de milhares de dolares de uma ERB 3G, nunca foi plano colocar os valores próximos (nem de perto) das tecnologias não licenciadas.

    Sendo assim, o fato é: as licenças de 2,5 e 3,5Ghz nunca foram e jamais serão para o mercado de pequenos e médios SCM. Não por eu ser chato ou por eu ser pessimista, mas apenas porque são patamares de solução totalmente diferentes.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 5
    Último Post: 13-10-2014, 21:29
  2. Respostas: 15
    Último Post: 21-05-2009, 16:26
  3. Respostas: 19
    Último Post: 03-12-2008, 12:18
  4. não tem permissão para se conectar com este servidor MySQL
    Por douglassantos no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 18-05-2006, 08:18
  5. XEROX DocuPrint 4517 nao tem driver para Linux?
    Por Edilmar no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 6
    Último Post: 03-10-2005, 13:11

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L