+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Provedor de jogos

    Pessoal, eu estou com uma ideía de montar servidores de jogos (Counter Strike, Unreal, Lineage, etc) e distribuir via rádio, tipo, a pessoa paga uma mensalidade para acessar essa rede e poder jogar. Não seria pra internet e sim, na verdade uma rede para jogos.

    Dúvidas:

    Preciso de licença da anatel?
    Tenho que usar material homologado?

    Obrigado a todos.

  2. #2

    Padrão

    Pelo que me parece, ainda consta como atividade de telecomunicação, ou seja, acesso a uma rede "intranet".



  3. #3

    Padrão

    Ideia interessante, será que dá lucro?

    Quanto ao material homologado é necessário sim.

    Quanto a legalidade disso, seria importante uma consulta a Anatel para ter a certeza.

  4. #4

    Padrão

    Se vai cobrar para ter acesso a uma rede, constitui serviço de telecomunicação mesmo que não seja à Internet.



  5. #5

    Padrão

    Isso mesmo, seria uma Intranet, uma rede como uma LAN House, mas via rádio e espalhada pela cidade. Sobre cobrar é claro que seria cobrado, mas se o ilegal for essa cobrança, eu penso em fazer como os servidores de Lineage, seriam "doações" entendem? Na verdade oq eu queria saber é q mesmo sem usar internet se eu precisaria da licença da tia ana.

  6. #6

    Padrão

    Cara! Ainda sim configura-se em um serviço de telecomunicações, mesmo que fosse doação. Poxa se fosse assim ninguém precisaria de SCM, pois o que haveria de provedor "grátis"por ai!!!