Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Boa noite amigos, sempre temos duvidas sobre que cabo usar, por isso segue anexo uma tabela com perdas de inserção com vários tipos de cabos coaxiais, para facilitar um pouco a nossa vida.

    A perda em db é por mt.

    Espero que ajude quem tem dúvidas !


    Se for útil , agradeça...basta um clique !
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Perdas de inserção em cabos.pdf  

  2. oláá
    me adiciona no MSN que te passo todas as informaçoes sobre sua duvida!
    vendas2@eaconsulting.com.br

    obrigado



  3. Citação Postado originalmente por Alanonline Ver Post
    Boa noite amigos, sempre temos duvidas sobre que cabo usar, por isso segue anexo uma tabela com perdas de inserção com vários tipos de cabos coaxiais, para facilitar um pouco a nossa vida.

    A perda em db é por mt.

    Espero que ajude quem tem dúvidas !


    Se for útil , agradeça...basta um clique !

    Cara, desculpe minha ignorância, mas os cabos LDF é o mesmo que o CellFlex? Ou o CellFlex é uma marca de cabos LDF... Eles tem alguma relação ou é totalmente diferente? Notei que as relações deles são quase idênticas comparando com outra planílha que tenho aqui...

  4. Continuando à falar sobre cabos, sabemos que o cabo é formado por 4 partes principais sendo

    1. Capa plastica de proteção
    2. Malha de blindagem
    3. Dielétrico (espuma branca)
    4. Condutor central

    Cuidados à serem tomados:

    O que define à impedancia de um cabo coaxial, é a relação entre malha e condutor central separados pelo dielétrico, por isso quando "amassamos" um cabo, mudamos totalmente as caracterísitcas dele , pois alteramos a impedancia do cabo, e isto pode causar inúmeros problemas ,como perda de sinal e consequentemente perda de pacotes, já que trablhamos com sinal digital com compactação QSPK.

    É sabido tambem, que as frequencias altas circulam nos extremos do condutor central, por isso devemos observar a qualidade do banho de cobre aplicado sobre ele, um erro bastante comum é "raspar" o condutor central para fazermos a soldagem ou a crimpagem dos conectores, quando fazemos isto, estamos automaticamente diminuando a velocidade do fluxo de eletrons no condutor central, pois ele é banhado com cobre justamente porque o cobre é um excelente condutor eletrico, o condutor central dos cabos RG58 (mais comum) são feitos de latão e banhados com cobre, isto porque o cobre é muito caro para se usar puro dentro de um cabo, por isso devemos manter as caractrisiticas originais dos mesmos para termos um melhor aproveitamento.

    São apenas algumas dicas para facilitar nossa vida !



    Se lhe foi útil agradeça, basta um clique !



  5. Poxa,, Valeu mesmo,,, dica não,,, uma aula,,, rs... valeu

    Sobre cabos ainda,,, muito interessante a observação do cobre,,,
    onde começa a perda em dbd,, cheguei a testar assim,,, tenho cabo LMR 400 de 1,5 m a 2 m, por isso que utilizo LMR 400, sinal em torno de 47 a 68 db 36/48 a 54/54 TX e RX,,, em fim,,,

    fiz um cabo de 40 cm LMR para ver o ganho ou perda no que dá,,,, rs... ganhei de 5 a 10 db,,, mais neste caso eu não precisava,, apenas para testar, e dizer que o tamanho do cabo com certeza interfere muito,,, e pode ajudar em ganhar db's, no caso somando,,,

    é isso aí,,
    Última edição por fullproxy; 06-01-2010 às 14:43.






Tópicos Similares

  1. Problema de Perda de Pacote
    Por chronos7 no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 05-03-2010, 21:29
  2. Respostas: 1
    Último Post: 07-12-2007, 08:33
  3. Medida de perda de sinal do cabo/conectores
    Por netleandromt no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 18-07-2007, 18:58
  4. Respostas: 11
    Último Post: 12-05-2004, 19:11
  5. Respostas: 5
    Último Post: 18-11-2003, 19:50

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L