+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Ponto com Hotspot deve ser registrado na ANATEL?

    Galera, boa noite!

    Hoje me surgiu uma dúvida. Pelo que já vi das discussões aqui no fórum, o local onde está o servidor de autenticação dos clientes deve ser um ponto registrado na ANATEL. Por exemplo: Recebo meu link num determinado local, mas lá apenas tiro o cabo UTP do roteador, levo para um rádio e faço um ponto a ponto para um outro local, onde recebo o link e envio ao meu servidor, para autenticar clientes e a partir daí distribuir em outros pontos de acesso.
    Pelo que entendo das exigências da legislação da ANATEL o ponto onde recebo o link de ser registrado como estação e o ponto onde tenho o servidor também deve ser registrado como uma estação. Estou certo?

    Então, é aí que entra minha dúvida. Alguns provedores não usam um servidor central para autenticar usuários, mas aproveitam as opções do Mikrotik instalado nas RB's e criam hotspot's em cada ponto de acesso, onde eles cadastram os clientes nas RB's, fazem controle de banda e já autenticam o cliente ali mesmo.
    Neste caso, cada torre de distribuição que está com um hotspot configurado para autenticar cliente deve ser registrada como uma estação na ANATEL?

  2. #2

    Padrão

    estou legalizado e autentico todos os meus clientes em apenas um local, mas agora me veio esta duvida tambem, sera que se eu passar a autenticar os meus clientes em pontos diferentes eu tenho que homologar as outras torres tambem? Outra coisa, quero passar um link para outra cidade, mas a autenticação vai continuar aqui, ou seja vão trafegar pela rede ate aqui para se autenticar, sera que mesmo assim tenho que me homologar la?



  3. #3

    Padrão

    Até onde eu saiba, você não precisará registrar esta estação da nova cidade para onde vai. Claro, quando falamos em não registrar estação, estamos falando em cidades com menos de 500 mil habitantes, pois acima disso é necessário sim.
    Mas esta questão da autenticação dos usuários realmente me deixou em dúvida. Vamos esperar que alguém mais entendido do assunto esclareça isso pra gente.

  4. #4

    Padrão

    TUDO BEM, MAS GOSTARIA DE TER UMA CERTEZA, AFINAL NAO QUERO PERDER MINHA HOMOLOGAÇÃO NE



  5. #5

    Padrão

    Fiz a mesma pergunta em outro post e não me recordo .... a minha estrututa é assim = MK autenticando tudo no escritório >>> PTP para torre 1 >>> e da torre 1 para a torre 2 . O Kleber Brasil que tem varios posts sobre scm me disse que como minha cidade é de 300.000 habitantes eu não teria que registrar as torres , apenas o ponto de saida do escritório , mesmo que ele seja um nano.

    A minha duvida é que se a anatel não precisa de ter conhecimento nenhum sobre as torres?

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por FernandodeDeus Ver Post
    Fiz a mesma pergunta em outro post e não me recordo .... a minha estrututa é assim = MK autenticando tudo no escritório >>> PTP para torre 1 >>> e da torre 1 para a torre 2 . O Kleber Brasil que tem varios posts sobre scm me disse que como minha cidade é de 300.000 habitantes eu não teria que registrar as torres , apenas o ponto de saida do escritório , mesmo que ele seja um nano.

    A minha duvida é que se a anatel não precisa de ter conhecimento nenhum sobre as torres?
    Esta é outra duvida que tenho tambem, pois acho que prescizam sim de ter conhecimento sobre as torres, mas é melhor procurar mais informações



  7. #7

    Padrão

    Citação Postado originalmente por FernandodeDeus Ver Post
    Fiz a mesma pergunta em outro post e não me recordo .... a minha estrututa é assim = MK autenticando tudo no escritório >>> PTP para torre 1 >>> e da torre 1 para a torre 2 . O Kleber Brasil que tem varios posts sobre scm me disse que como minha cidade é de 300.000 habitantes eu não teria que registrar as torres , apenas o ponto de saida do escritório , mesmo que ele seja um nano.

    A minha duvida é que se a anatel não precisa de ter conhecimento nenhum sobre as torres?
    Realmente você não precisa registrar as torres. A Anatel não precisa ter conhecimento delas. Claro que você tem que mantê-las funcionando dentro das normas, porque se for necessário, eles poderão fiscalizar suas torres. Por isso, procure usar equipamentos homologados e não ultrapassar os limites de expectro permitido.

    Mas a minha dúvida é na questão da autenticação. Por exemplo, você autentica todo mundo num único lugar. Mas e se você autenticasse os clientes em cada torre, teria que legalizar cada uma delas?

  8. #8

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Carlos Picioli Ver Post
    Realmente você não precisa registrar as torres. A Anatel não precisa ter conhecimento delas. Claro que você tem que mantê-las funcionando dentro das normas, porque se for necessário, eles poderão fiscalizar suas torres. Por isso, procure usar equipamentos homologados e não ultrapassar os limites de expectro permitido.

    Mas a minha dúvida é na questão da autenticação. Por exemplo, você autentica todo mundo num único lugar. Mas e se você autenticasse os clientes em cada torre, teria que legalizar cada uma delas?
    Procurei agora mas não achei uma cópia da resolução se não me engano 506/2008.
    Mas me lembro de algumas frases típicas das leis brasileiras que sempre deixam brechas. Frases que costumeiramente dão margem a dupla interpretação. Não sei porque estes caras não fazem as coisas "às claras".
    Parece que eles tem medo de deixar alguma coisa para trás e por isso elaboram textos que complicam.
    Fala que se não tem link externo, se não tem roteadores, e tem mais alguns detalhes, não é preciso licenciar.
    Agora pergunto: Se tiver uma RB na repetidora fazendo o papel de autenticação e roteamento, não estará obrigado? Também fiquei na dúvida.



  9. #9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Agora pergunto: Se tiver uma RB na repetidora fazendo o papel de autenticação e roteamento, não estará obrigado? Também fiquei na dúvida.
    Então, esta é minha questão também. Porque, no meu ponto de vista, a partir do momento que se faz autenticação e outras coisas, a RB está agindo como um servidor.

    E aí, não adianta nada ter licença, pagar uma grana danada, e de repente ser pego por uma bobeira dessas.

  10. #10

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Carlos Picioli Ver Post
    Então, esta é minha questão também. Porque, no meu ponto de vista, a partir do momento que se faz autenticação e outras coisas, a RB está agindo como um servidor.

    E aí, não adianta nada ter licença, pagar uma grana danada, e de repente ser pego por uma bobeira dessas.
    Eu tenho as torres com Nano2 para distribuir e estão em bridge. Os enlaces entre torres e base em 5.8.
    E na base, desce tudo para o servidor que está em baixo. Pelo que eu sei, neste caso só é preciso licenciar a base.

    Qual seria a vantagem em autenticar em cada torre? Não estou questionando, mas gostaria de saber as vantagens, pois se um dia eu crescer mais talvêz eu tenha necessidade de usar algo assim.



  11. #11

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Qual seria a vantagem em autenticar em cada torre? Não estou questionando, mas gostaria de saber as vantagens, pois se um dia eu crescer mais talvêz eu tenha necessidade de usar algo assim.
    E se der um problema na RB da torre? Quanto tempo vai demorar pra colocar outra com todas as configuracoes?
    Mesmo se deixar previamente configurado, as coisas mudam dia após dia, será que todas as configurações serão iguais quando precisar trocar rapidamente a RB defeituosa?
    Pensando nisso, aqui eu não invento moda, deixo RB somente como bridge (2 minutos eu configuro tudo em 1 RB nova) e pronto, o servidor faz o resto, até por uma questão de centralização.
    Já o servidor, tenho um reserva previamente configurado com funções básicas, caso necessário.

  12. #12

    Padrão

    Quanto ao registro, segue link:

    Tipos básicos de estações de telecomunicações que devem ser cadastradas e licenciadas no SCM:

    1-
    I.
    Estações de telecomunicações que desempenhem as funções de roteamento ou comutação por circuito, pacotes ou células (Frame Relay, ATM, IP, DQDB, X25, etc.), mesmo que operem sem equipamentos de radiocomunicação ou com Equipamentos de Radiocomunicação de Radiação Restrita Certificados e dispensados de licenciamento.

    2-
    I.
    Estações de telecomunicações que executem funções de multiplexação de informações provenientes de diferentes acessos de clientes, como por exemplo estações com equipamentos de radiocomunicação ponto-multiponto utilizados para concentrar acessos de diversos clientes, estações com multiplexadores determinísticos ou estações com equipamentos de terminação óptica, mesmo que estas não possuam equipamentos de radiocomunicação ou que possuam Equipamentos de Radiocomunicação de Radiação Restrita Certificados e dispensados de licenciamento.

    LINK:
    http://www.telenordeste.com.br/ANATE...ntacao_scm.ppt



  13. #13

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Eu tenho as torres com Nano2 para distribuir e estão em bridge. Os enlaces entre torres e base em 5.8.
    E na base, desce tudo para o servidor que está em baixo. Pelo que eu sei, neste caso só é preciso licenciar a base.

    Qual seria a vantagem em autenticar em cada torre? Não estou questionando, mas gostaria de saber as vantagens, pois se um dia eu crescer mais talvêz eu tenha necessidade de usar algo assim.
    Eu também tenho minha estrutura assim. Atendemos 4 cidades e todos os pontos estão em bridge, sendo que um único servidor autentica todo mundo.

    Agora, entramos em sociedade com uma empresa para expandir em algumas cidades vizinhas, e o pessoal trabalha desta forma, colocando para autenticar em cada rádio. Por isso minha dúvida, pois temos SCM própria, e não quero correr riscos.

    Quanto a vantagem, poderia citar a redução de broadcast, um isolamento maior dos clientes para o caso de algum deles pegar vírus e atrapalhar a rede. Enfim, as duas opções tem suas vantagens e desvantagens. Eu, particularmente, prefiro o modo bridge.

  14. #14

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Carlos Picioli Ver Post
    Eu também tenho minha estrutura assim. Atendemos 4 cidades e todos os pontos estão em bridge, sendo que um único servidor autentica todo mundo.

    Agora, entramos em sociedade com uma empresa para expandir em algumas cidades vizinhas, e o pessoal trabalha desta forma, colocando para autenticar em cada rádio. Por isso minha dúvida, pois temos SCM própria, e não quero correr riscos.

    Quanto a vantagem, poderia citar a redução de broadcast, um isolamento maior dos clientes para o caso de algum deles pegar vírus e atrapalhar a rede. Enfim, as duas opções tem suas vantagens e desvantagens. Eu, particularmente, prefiro o modo bridge.
    Eu antes tinha hotspot. Sempre funcionou bem, mas havia um pequeno tráfego na rede, provindo de quem estava conectado mas não navegando.

    Tentei de tudo e não consegui eliminar este resquício de tráfego. E por isso o hotspot não desconectava quem estava inativo.

    Trocamos para IPxMAC, criamos sub-redes tipo 171.10.1.2 171.10.2.2 171.10.3.2 etc etc. e radios clientes em bridge cliente isp roteado.

    Terminou o broadcast e se algum pegar vírus acho que não vai passar adiante. As 3 torres ficaram centralizadas no servidor na base.



  15. #15

    Padrão

    alguem chegou em algum concenso sobre esse assunto?

    Afinal... um provedor que dividi sua rede em pequenas celulas, autenticando os usuarios (seja hotspot, ppoe, ipXmac) na repetidora/torre mais proxima... devera registrar essa torre?

  16. #16

    Padrão

    Então rapaz, até agora aparentemente não houve consenso. Eu continuo autenticando apenas na estação que é registrada na Anatel, pois esse é o entendimento que tive da coisa.

    Mas realmente faz autenticações em células menores é uma boa idéia. Claro, desde que não seja obrigatório registrá-las.

    Por via das dúvidas, vou continuar com a autenticação centralizada.



  17. #17

    Padrão Re: Ponto com Hotspot deve ser registrado na ANATEL?

    amigo Carlos utilizando autenticação centralizada só basta registrar a estação ok?
    as repetidorar não e necessário pode-se utilizar tranquilo?

  18. #18

    Padrão Re: Ponto com Hotspot deve ser registrado na ANATEL?

    Boa noite a todos, tenho essa grande duvida tambem mais em um modo diferente, asim eu configuro a RB para ter hotspot e coloco em radius para ser autenticado todos os clientes no servidor central. eu acho que assim seria melhor o cliente pega o ip da torre e fazendo uma pagina de hotspot diferente para cada bairro e autenticando tudo na central e desse modo pode?



  19. #19

    Padrão Re: Ponto com Hotspot deve ser registrado na ANATEL?

    tecnicamente falando.. precisa-se registrar toda estacao onde faça concentracao de clientes, onde faca roteamento.
    logo, mesmo que o hotspot funcione atraves de radius... ali ainda estara fazendo concentracao de clientes, ainda estara fazendo roteamento...
    logo, vai precisar registrar