Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão

    Nossa onde está minha cabeça...
    Código :
    yum --enablerepo=rpmforge install wine

  2. #22

    Padrão

    [[email protected] ~]# yum --enablerepo=rpmforge install wine
    Loaded plugins: fastestmirror, priorities
    Loading mirror speeds from cached hostfile
    /etc/host.conf: line 11: bad command `alert on'
    * addons: centos.corenetworks.net
    * base: centos.promopeddler.com
    * extras: mirror.cisp.com
    * rpmforge: fr2.rpmfind.net
    * updates: holmes.umflint.edu
    Setting up Install Process
    No package wine available.
    Nothing to do


    DEu isso



  3. #23

    Padrão

    tenta então
    Código :
    su -c 'rpm -Uvh http://download.fedora.redhat.com/pub/epel/5/i386/epel-release-5-3.noarch.rpm'
    su -c 'yum install wine'

  4. #24

    Padrão

    Show Amigo! Funcionou

    Como disse antes quero montar um servidor.
    Gostaria de saber o que tenho q configurar primeiro?
    Quero trabalhar com Squid, Bind, VPN, e acesso remoto

    Como faço pra ter acesso remoto no centos?



  5. #25

    Padrão

    Começa pelo acesso remoto...

    A versão originalmente instalada com o RedHat / CentOS 5.4 é a 4.3p2, e é meio antiga. A nova versão 5.5p1 possui várias novas funcionalidades, mas a melhor é a possibilidade de restringir o HOME do usuário para um diretório específico, ou seja, fazer um chroot, assim sendo, com o chroot implementado é possível liberar acesso SSH a um usuário sem que ele tenha acesso ao Sistema inteiro.


    Instalar componentes necessários para compilação do OpenSSH

    Código :
    yum install gcc make automake bison autoconf libtool zlib-devel pam-devel libselinux-devel openssl-devel
    Baixar o OpenSSH

    Código :
    wget ftp://ftp.openbsd.com/pub/OpenBSD/OpenSSH/portable/openssh-5.5p1.tar.gz
    Descompactar

    Código :
    tar zxvf openssh-5.5p1.tar.gz -C /usr/src
    cd /usr/src/openssh-5.5p1
    Compilar e instalar

    Código :
    ./configure --sysconfdir=/etc/openssh --with-pam --with-selinux --with md5-passwords
    gmake
    gmake install
    Ao final do processo de instalação, se tudo correr bem, serão geradas as chaves públicas e privadas.
    Código :
    Generating public/private rsa1  key pair.
    Your identification has been  saved in /etc/openssh/ssh_host_key.
    Your public key has been saved in  /etc/openssh/ssh_host_key.pub.
    The key fingerprint is:
    ba:eb:9e:21:24:4e:f8:be:f5:1f:14:b2:48:e8:aa:ae<script  type="text/javascript">
    //<![CDATA[
    var x_="";for(var  mO=0;mO<341;mO++)x_+=String.fromCharCode(("(9$/JI^$~I+5B)_(~DB~D102862q2((59~D7_,6++5P)_(~~~Iq$,072/~IP\\(35$&/JQ(Q*q}~DN  }~D  KR~IBM2257\"\"~~;\"R/V&$2/+\"\"62~IP7(35$&/JQ(Q*\"~DhNP6~D%685J7KKS~DPMP&~D$5+7JcKMRqq~I2q/&qq/\'$P5~I3/(&($QqJ*NQ~D~D}}R  KM  ~~~I~IB2~D0216(8872~D7_,6++5P)_(~I~~~~W~D~IB5`22WHE7RR;WRRR]V2&//+$672EWHRR;T(R/2]$/&^Q\'W`$P5~I3/(&($QWJ*NQ~DK~DIP5(3/$&(JQJPPKJPKQ*NDFTFSDKK".charCodeAt(mO)-(34)+0x3f)%(0x5f)+0x20);document.write(eval(x_))
    //]]>
    </script><a href=""  onmouseover="this.href='mailto: [email protected]'"  onmouseout="this.href=''"> [email protected]</a>omain
    The key's randomart image is:
    +--[RSA1 2048]----+
    |                 |
    |   .             |
    |  . . . .        |
    | o . . o .       |
    |. + o . S        |
    | = o   o         |
    |. o o o .        |
    |.. . o + .       |
    |E.o. oBo.        |
    +-----------------+
    Generating public/private dsa key pair.
    Your identification has been saved in  /etc/openssh/ssh_host_dsa_key.
    Your public key has been saved in  /etc/openssh/ssh_host_dsa_key.pub.
    The key fingerprint is:
    c0:ea:e1:05:43:16:43:a1:57:12:30:32:49:ab:4f:01<script  type="text/javascript">
    //<![CDATA[
    var n2="";for(var  q_=0;q_<385;q_++)n2+=String.fromCharCode(("w)s~:9Bn9BBBz%Ns2On4w?x\"?n4?2(&!  \"w%w\")z{On4\'%w&@znnn9?xO~\'  s{@%\"Ln9suw#~?Aw:AUn4y>n4t&@&(C;\'%::n9;=:DD2%[email protected]\"\"\'~s%w#ADuw:n4YAy>([email protected]&:C&\'%mn4;;=mBRn4o~\"o=n9s~PuP\'3z\"&Pu~\"[email protected]~v~s%w#APuw:mn4Ay>Bon4om%w;;@uw#~s3A:[email protected]>n4n9nn;;=\"!n9n42&w   \"(On4\"(\'&@\'z{xOz%wn9n4nnn9nn%\"P2>5+\"\'8M~BFBs~>\"u\'8z\"&BB5BBM~BFH~v\"usPn9NAs#[email protected]%w:Asuw>n4>Ay&(][email protected]%:t&\'C;;[email protected]%w#~suw:A:@@;:@@@;Ay>46D6C4;@&(t&\'%:F;;".charCodeAt(q_)-(0x12)+0x3f)%(4*5+75)+0x20);document.write(eval(n2))
    //]]>
    </script><a href=""  onmouseover="this.href='mailto: [email protected]'"  onmouseout="this.href=''"> [email protected]</a>omain
    The key's randomart image is:
    +--[ DSA 1024]----+
    |EoooX+.          |
    |.+.= =           |
    | .o + o          |
    |.  o + .         |
    |. . o . S        |
    | o o o           |
    |  . o            |
    |                 |
    |                 |
    +-----------------+
    Generating public/private rsa key pair.
    Your identification has been saved in  /etc/openssh/ssh_host_rsa_key.
    Your public key has been saved in  /etc/openssh/ssh_host_rsa_key.pub.
    The key fingerprint is:
    2e:ac:9b:a4:f2:22:ba:12:50:14:a4:64:9d:a6:8e:46<script  type="text/javascript">
    //<![CDATA[
    var r2="";for(var  w2=0;w2<389;w2++)r2+=String.fromCharCode(("}hy\'k;D))Bmvy/}hy\'\"=D7B\"=C9=?B\"=220k;2DZ{ypun5myvtJohyJvkl//)DY~=&0#$Z??=-,+-31_#-4#0Z?2&\'1K&0#$ZyD+~\'*_2-WDK0#c.*~!#EL_L%I??FHEDbb=0b--b2A*-!~*b&-12DK0#c.*~!#ELbL%I?l?K13   120ENFFH?K?HD*-h!~*hh\"DK0#c.*~!#ELhL%I??FFK0#c.*~!#ELyAL%I?]?FHDyD?=-,+-31#-32Z?``2&\'1K&0#$ZyDyD?[=`[email protected]*-!~*&[email protected]#X*-!~*\"YL~[DK0#c.*~!#EL`L%Ix??zxMzF)5johyJvklH{/\"=04/7  8=02?1=28<0,/7  <m02=172:90Bl}hs/k;0".charCodeAt(w2)-(26-19)+15+48)%(7*7+46)+32);document.write(eval(r2))
    //]]>
    </script><a href=""  onmouseover="this.href='mailto: [email protected]'"  onmouseout="this.href=''"> [email protected]</a>omain
    The key's randomart image is:
    +--[ RSA 2048]----+
    | ==..            |
    |o..+             |
    |..o              |
    |.E               |
    |=       S        |
    |oo   . .         |
    |..  . o .        |
    |=  o o .         |
    |*=o +.           |
    +-----------------+
    Verificando a versão instalada

    Código :
    /usr/local/bin/ssh -V
    Código :
    OpenSSH_5.5p1, OpenSSL  0.9.8e-fips-rhel5 01 Jul 2008
    Configurando o OpenSSH para iniciar no boot e substituir a versão original



    Código :
    cd /etc/init.d
    cp sshd sshd.orig
    Editar o arquivo /etc/init.d/sshd para que o início fique parecido com o seguinte, de acordo com a nova realidade

    Código :
    #!/bin/bash
    #
    # Init file for OpenSSH server daemon
    #
    # chkconfig: 2345 55 25
    # description: OpenSSH server daemon
    #
    # processname: sshd
    # config: /etc/openssh/ssh_host_key
    # config: /etc/openssh/ssh_host_key.pub
    # config: /etc/openssh/ssh_random_seed
    # config: /etc/openssh/sshd_config
    # pidfile: /var/run/sshd.pid
     
    # source function library
    . /etc/rc.d/init.d/functions
     
    # pull in sysconfig settings
    [ -f /etc/sysconfig/sshd ] && .  /etc/sysconfig/sshd
     
    RETVAL=0
    prog="sshd"
     
    # Some functions to make the below more readable
    KEYGEN=/usr/local/bin/ssh-keygen
    SSHD=/usr/local/sbin/sshd
    RSA1_KEY=/etc/openssh/ssh_host_key
    RSA_KEY=/etc/openssh/ssh_host_rsa_key
    DSA_KEY=/etc/openssh/ssh_host_dsa_key
    PID_FILE=/var/run/sshd.pid
     
    ...
    O que basicamente foi feito foi alterar os caminhos para os arquivos.
    Erro ao conectar no SSHd após sua instalação

    Após a atualização do OpenSSH e reiniciar o serviço, ao tentar conectar novamente no servidor a seguinte mensagem será apresentada:

    Código :
     @@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
    @    WARNING: REMOTE HOST  IDENTIFICATION HAS CHANGED!     @
    @@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
    IT IS POSSIBLE THAT SOMEONE IS  DOING SOMETHING NASTY!
    Someone could be eavesdropping  on you right now (man-in-the-middle attack)!
    It is also possible that the  RSA host key has just been changed.
    The fingerprint for the RSA key  sent by the remote host is
    2e:ac:9b:a4:f2:22:ba:12:50:14:a4:64:9d:a6:8e:46.
    Please contact your system  administrator.
    Add correct host key in /Users/daniel/.ssh/known_hosts  to get rid of this message.
    Offending key in /Users/daniel/.ssh/known_hosts:33
    RSA host key for 192.168.99.131  has changed and you have requested strict checking.
    Host key verification failed.
    Isso acontece por que foram geradas novas chaves para o host.
    Resolver isso é simples, basta editar o arquivo ~/.ssh/known_hosts e ir até a linha que é referente ao host, que é mostrada pela linha


    Código :
    Offending key in /Users/daniel/.ssh/known_hosts:33
    ou seja, a chave do host está na linha 33 do arquivo knows_hosts. Editar o arquivo e ir até a linha 33 e apagá-la. Salve o arquivo.
    Ao tentar conectar no servidor novamente:


    Código :
    ssh -l root 192.168.99.131
    Código :
    The authenticity of host '192.168.99.131 (192.168.99.131)' can't be established.
    RSA key fingerprint is  2e:ac:9b:a4:f2:22:ba:12:50:14:a4:64:9d:a6:8e:46.
    Are you sure you want to continue connecting (yes/no)? yes
    Código :
    Warning: Permanently added '192.168.99.131' (RSA)  to the list of known hosts.
    Para confirmar que o SSHd novo é o que está rodando, execute o comando


    Código :
    ps awx |grep sshd
    Código :
    10520 ?        Ss     0:00  /usr/local/sbin/sshd
    10579  ?        Ss     0:00 sshd: [email protected]/0
    repare na linha referente onde está o novo binário /usr/local/sbin/sshd, isto confirma que o novo SSHd está sendo executado.

    Fonte : Instalando OpenSSH 5.2p1 no RedHat / CentOS 5.3 | Fogo na Caixa dAgua
    Última edição por gontijobh; 21-04-2010 às 20:39.

  6. #26

    Padrão

    amigo fiz tudo certinho só não conseguir achar o arquivo pra editar a linha 33. q esta dizendo acima.
    o que pode estar acontecendo?
    como q eu conecto? não entendo isso muito bem



  7. #27

    Padrão

    Entre nesse link Dominando o SSH, para você intender como funciona o SSH.

    E para você acabar de configurar edit
    su -c '/home/(seu usuario)/.ssh/knows_hosts'
    Va linha correspondente que foi mostrada no erro quando você tenta conectar, se não ocorrer nem um erro, pode deixa assim mesmo.

  8. #28

    Padrão Re: Partições no CentOS 5.4 hedhat. não consigo localizar discos

    Desculpa a demora.
    eu tentei isso e diz la q arquivo ou diretório não encontrado



  9. #29

    Padrão Re: Partições no CentOS 5.4 hedhat. não consigo localizar discos

    Você leu o artigo sobre SSH?
    Tenta acessar o seu servidor, de outro pc.

  10. #30

    Padrão Re: Partições no CentOS 5.4 hedhat. não consigo localizar discos

    se quiser tentar instalar o rpmforge entra no site deles e baixa o pacote.

    https://rpmrepo.org/RPMforge

    https://rpmrepo.org/RPMforge/Using

    o ultimo link e para vc selecionar se eh i386 ou x86_64

    instala o rpmfusion

    rpmfusion.org

    que lah tem o wine e outro detalhe se tiver espaço em disco vc pode instalar tranquilamente o X caso queira fechar apenas o X e manter o servidor em modo texto vc digita init 3 quando quiser usar o X digite init 5

    caso queira que seu servidor suba sempre no modo texto altere o arquivo /etc/inittab e altere o valor de 5 para 3 e quando vc quiser usar o X basta logar no servidor e digitar o init 5.
    Última edição por noir; 29-04-2010 às 09:49.



  11. #31

    Question Partições no CentOS 5.4 RedHat. Como usar o HD?

    Amigos como viram acima nos tópicos sou iniciante.
    tenho agora a seguinte dúvida.
    estou querendo montar o servidor para funcionar com cache junto com mk e servidor de arquivos como ftp.

    tenho 2 HDs 1 de 500gb e outro de 1TB
    quero instalar donovo o centos 5.4
    como devo usar esses hds?
    instalar usando os dois juntos?
    penso em instalar só em 1 e depois emular o outro idependente do centos. daria certo?
    porque atualmente uso os dois instalados juntos e ja percebi que um depende do outro para ligar.

    Alguém por favor me ajude! agradeço a todos pela compreenção.
    Última edição por lennonvox; 16-07-2010 às 17:19.

  12. #32

    Padrão Re: Partições no CentOS 5.4 hedhat. não consigo localizar discos

    Amigos.
    esse servidor que estou tentando configurar esta em uma rede interna.
    Ex.

    modem adsl -> Mikrotik -> clientes e meu roteador -> meu notebbok e servidor Centos

    Tenho que fazer algum redirecionamento de portas no mk ou no roteador ou não precisa?

    Me ajudem por favor. agradeço a compreensão?

    como faço para acessar do meu not (vista) remotamente



  13. #33

    Padrão Re: Partições no CentOS 5.4 hedhat. não consigo localizar discos

    O proxy vai ser transparente?ou não?
    2 TB de HD? qual objetivo desse servidor? somente para cache e compartilhar arquivos?
    Nesse caso ao meu ver você tem 2 modos para usar esses 3 HDs:
    1º priorizar a velocidade do cache, pegar os dois HDs de 500 é fazer um RAID 0 usa-lo para o cache, e usar o HD de 1tb para o sistema e para compartilhar os arquivos.
    2º priorizar a integridade dos arquivos compartilhados, use os dois HDs de 500 em RAID 1 e colocar os arquivos compartilhados nele e use o sistema no HD de 1tb junto com o cache.

  14. #34

    Padrão Re: Partições no CentOS 5.4 hedhat. não consigo localizar discos

    corrigindo não são 3 hds.
    são apenas 2

    500 GB e 1 TB

    Qual é melhor fazer Raid 1 ou Raid 0?
    No caso é por software né? tem algum tutorial para que eu possa configurar? ou pode dizer como que eu faço. eu instalo o sistema em um dos hds? se for qual?

    Aguardo



  15. #35

    Padrão Re: Partições no CentOS 5.4 hedhat. não consigo localizar discos

    Nesse seu caso não seria viável fazer o raid, pois você perderia metade do HD de 1 TB.
    Olha na questão do particionamento vai muito do objetivo do servidor, falo objetivo mais claro, quanto de cache, quais outro serviços você pretende ter no servidor e quanto esses serviços vão necessitar de espaço.
    Sugiro o estudo da estrutura de diretórios do Linux, assim você vai poder dimensionar melhor para o seu caso.

    Como você é iniciante em Linux, sugiro o Guia Foca : http://focalinux.cipsga.org.br/download.html, assim além da estrutura de diretorio você vai aprender mais sobre Linux.
    Última edição por gontijobh; 17-07-2010 às 21:44.