+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão NanoStation2 Setorial

    Pessoal sou novo no Forum, e espero nao ter postado minha dúvida em local errado...
    mais vamos la, eu to com 6 NanoStation2 e 4 NanoStation5, e oque acontece que to precisando distribuir internet para umas 40 residenciasm, no caso o provedor he uma ONG para atender familias carentes, entao eu queria saber se posso fazer em uma torre colocar essas Nano2 como setorial utilizando apenas a antena interna mesmo, e nos clientes uma grade em cada casa, e como eu faria a configuração dessas Nano para que ficassem em cascata...
    Ex: Nano01, Nano02, Nano03, Nano04 todas as 4 na torre fazendo 360º e na mesma rede com o Gateway em comum.
    Ex2.
    Nano1 = 192.168.0.2 - gateway 192.168.0.1
    Nano2 = 192.168.0.3 //
    Nano3 = 192.168.0.4 //
    Nano4 = 192.168.0.5 //

    ou seja, como poderia fazer as 4 nano2 serem apenas 1 para atender os clientes em 360graus, ou entao seria melhor 1 nano2 com uma antena Omni?

    Espero que me ajudem, abraços....

  2. #2

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    nao tem como transformar 4 nano em 1...
    a unica forma de atender 360graus, ou seja, usuario poderia rodar os 360º sem precisar reconectar em outro AP, seria usando 1 omni.

    no caso do nano, cada equipamento atendera uma regiao... cada equipamento atendera 60º...
    vc ira precisar de 6 para fechar os 360º.
    Última edição por AndrioPJ; 10-07-2010 às 23:12.



  3. #3

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Para que funcione corretamente tenho uma sugestão:
    as 4 nano configuradas como AP nu menu network coloque em BRIDGE, os IPs delas pode ser qual quer mesmo fora da faixa.
    utilize o SWITCH de um roteador (aprouter, aquario) para conectar as 4 nano, com o router configurado como GATEWAY coloque o link na porta WAN, pois assim voce controla os clientes no router.

  4. #4

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    nao tem como atender 360º só com 4 ñ?



  5. #5

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Citação Postado originalmente por Nando Ver Post
    nao tem como atender 360º só com 4 ñ?
    Entao as 4 eu somente citei como exemplo, tenho 6 nano2, abraços

  6. #6

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Então Robson e seu fizesse que cada nano atender uma área no caso as residencias na abrangencia dos 60º e sendo cada nano um gateway, oq acha? Pois ja que o unico interesse é a internet e nao um rede corporativa, vc acha que seriamais viável ou a Omni, qual vc me indicaria?



  7. #7

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Citação Postado originalmente por mascaraapj Ver Post
    nao tem como transformar 4 nano em 1...
    a unica forma de atender 360graus, ou seja, usuario poderia rodar os 360º sem precisar reconectar em outro AP, seria usando 1 omni.

    no caso do nano, cada equipamento atendera uma regiao... cada equipamento atendera 60º...
    vc ira precisar de 6 para fechar os 360º.

    Só pra complementar: O NanoStation tem antena com 60 graus de abertura. Pra fechar 360 graus são 6 rádios. Todos em AP-WDS-Bridge e ligados a um switch. Para uma cobertura eficiente o ideal são 7 rádios, porque do centro da antena para as laterais, o sinal cai em até 10 dB.

    É mais indicado usar um bullet (20 clientes) ou bullet-M (80 clientes) conectado a uma antena omni. Mas não são homologados no Brasil.

    Sobre a marca da antena, deixo a seu critério. Pesquise a que tem o melhor custo benefício para a sua operação.

    ZéAlves
    Última edição por granlabor; 11-07-2010 às 07:26.

  8. #8

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    amigos qual alcance real do nano?



  9. #9

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Blz Granlabor, vou dar mais umas pesquisadas em relação as Omni, mais agradeço a ajuda, abraços

  10. #10

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Citação Postado originalmente por Lukmilani Ver Post
    Entao as 4 eu somente citei como exemplo, tenho 6 nano2, abraços
    Mas se usar só 4 vai ficar melhor, ísto se o pessoal não estiver muito longe da base. Pois eles abrem bem mais que 60º. Canal 1, 5, 9 e 13 daí a superposição de canais será pequena.
    Já com 6 voce não terá canais suficientes e vai dar um embrolio



  11. #11

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    1929 qual o espaço de canal ideal para um funcionamento legal pq ja ouvi dizer que e bom tipo tres canais de distancias de um pro outro.

  12. #12

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Mas se usar só 4 vai ficar melhor, ísto se o pessoal não estiver muito longe da base. Pois eles abrem bem mais que 60º. Canal 1, 5, 9 e 13 daí a superposição de canais será pequena.
    Já com 6 voce não terá canais suficientes e vai dar um embrolio
    Oi 1929.

    A não ser que vc esteja perto o bastante pra captar o sinal irradiado ao redor da unidade, o ângulo de abertura da antena dos nanos é 60 graus. Para conferir a informação abra o arquivo abaixo e leia o valor de "3dB Beamwidthwith Azimuth"

    http://www.ubnt.com/downloads/ns2_datasheet.pdf

    Dentro do ângulo de 60 graus é a área onde você terá sinal confiável.

    É o mesmo caso das antenas Yaggi, que só tem 20 graus de abertura e estando bem próximo é possível captar o sinal a 45 graus de seu eixo. Mas isto não quer dizer que a antena Yaggi tem abertura de 45 graus.

    Talvez seja por isso que algumas pessoas reclamam por não receber sinal do rádio além de 1 KM.

    Abraço,

    ZéAlves



  13. #13

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Zé, vai depender do que voce considerar distante ou perto.
    Aqui eu tenho clientes com 500 , 600 metros e estão conectados praticamente em 90º.
    O que eu vejo é que com 6 não há como evitar a sobreposição forte dos canais.
    Com 4 ainda há mas bem pequena é a sobreposição.
    E não adianta colocar um vertical e outro horizontal na torre, pois daí sim, o perto é perto mesmo e nestas distâncias onde estão montados sermpre haverá uma interferência entre um e outro.
    Na verdade eu não entendo bem os lóbulos de irradiação. Quando digo não entendo é na questão de distâncias. O lóbulo é feito em cima de uma antena isotrópica, etc etc etc...Tudo aquilo que já sabemos.
    Mas e os círculos que compoem o lóbulo? Estes 60º são medidos lá num dos círculos quase externo. Deste ponto em diante o lóbulo começa a fechar. E neste ponto no círculo, há uma distância padrão? Creio que não. Mas daí fica dificil nós sabermos exatamente onde começa o fechamento dos 60º. O gráfico trabalha com grandesas, mas neste ponto passa para a suposição. Ou há um consenso quanto a esta distância? Acho que não, pois um lóbulo de irradiação em 2.4 ou em 7.150mhz por exemplo, se na especificação das duas antenas disserem que é 60º, os lóbulos serão iguais, só que uma para 2.4ghz e a outra para 7.150mhz.
    No meu caso que uso vários pontos de distribuição, raramente vou ter alguém a 1 km.
    Daí sim, nestes clientes a uma distância considerável, nem os 60º vai atender, mas sim o perfeito apontamento onde o lóbulo ao ir fechando já cobrirá 5 ou 10º.
    Nâo sei se me fiz entender nesta relação entre lóbulo e alcance. Mas parece que não existe nenhuma relação.
    Se eu estiver errado, por favor me corrija.

  14. #14

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Zé, vai depender do que voce considerar distante ou perto.
    Aqui eu tenho clientes com 500 , 600 metros e estão conectados praticamente em 90º.
    O que eu vejo é que com 6 não há como evitar a sobreposição forte dos canais.
    Com 4 ainda há mas bem pequena é a sobreposição.
    E não adianta colocar um vertical e outro horizontal na torre, pois daí sim, o perto é perto mesmo e nestas distâncias onde estão montados sermpre haverá uma interferência entre um e outro.
    Na verdade eu não entendo bem os lóbulos de irradiação. Quando digo não entendo é na questão de distâncias. O lóbulo é feito em cima de uma antena isotrópica, etc etc etc...Tudo aquilo que já sabemos.
    Mas e os círculos que compoem o lóbulo? Estes 60º são medidos lá num dos círculos quase externo. Deste ponto em diante o lóbulo começa a fechar. E neste ponto no círculo, há uma distância padrão? Creio que não. Mas daí fica dificil nós sabermos exatamente onde começa o fechamento dos 60º. O gráfico trabalha com grandesas, mas neste ponto passa para a suposição. Ou há um consenso quanto a esta distância? Acho que não, pois um lóbulo de irradiação em 2.4 ou em 7.150mhz por exemplo, se na especificação das duas antenas disserem que é 60º, os lóbulos serão iguais, só que uma para 2.4ghz e a outra para 7.150mhz.
    No meu caso que uso vários pontos de distribuição, raramente vou ter alguém a 1 km.
    Daí sim, nestes clientes a uma distância considerável, nem os 60º vai atender, mas sim o perfeito apontamento onde o lóbulo ao ir fechando já cobrirá 5 ou 10º.
    Nâo sei se me fiz entender nesta relação entre lóbulo e alcance. Mas parece que não existe nenhuma relação.
    Se eu estiver errado, por favor me corrija.
    Pois é, 1929. Quanto maior a potência do AP, maior será o campo de irradiação ao redor da unidade.

    Veja a informação de 3dBm lá no datasheet que te passei. Pelo que entendi aquele gráfico foi gerado com 3dB de potência (me corrijam se estiver errado, pois agora estou no modo achômetro).

    De farra (para testes) eu já cheguei a concectar com 1.5 Km de distância a 90 graus da unidade. O sinal era fraquinho, mas conectou.

    Realmente, muitos rádios juntos vai bagunçar a RF ao redor da estação. O ideal é um bullet conectado a uma omni, só que daí fica limitado a 25 clientes.
    Talvez com o bullet M operando em 802.11 a/b/g resolva o problema dele, pois o bullet M aceita até 100 clientes (só não ficou claro se é com airMAX ligado ou desligado esse acréscimo de número de clientes).

    Abraço,

    ZéAlves



  15. #15

    Padrão Re: NanoStation2 Setorial

    É isso mesmo companheiro. Estamos aqui na espectativa da Linha M.
    Acho que não vou esperar muito mais. O bullet2M já está homologado.
    Estou pensando em colocar ele numa omini da pluton, aquela de slot. Eu já tenho uma destas numa rb. É um show de irradiação. Só o preço que desanima, e o peso. 7kg. Levantar isso e colocar lá na ponta da torrre, é um parto, pois ela fica presa só pela base que é bem reforçada.
    Só queria saber de quem já usa o Bullet2M se há realmente aumento de clientes sem ativar o airmax. Pois os clientes continuarão com o tradicional.
    Mas na questão do lóbulo, aqueles circulos na verdade parece que não tem nenhuma relação com distâncias. É um gráfico amplamente aceito na comunidade científica para representar o ganho de uma antena, mas é a primeira vêz que vejo um gráfico onde nem todos os elementos são mensuráveis, como o caso dos círculos. Pode notar que de um determinado círculo em diante o lóbulo começa a estreitar. Mas em que distância isso ocorre? Ninguém sabe.